Mostrando postagens com marcador Sombras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sombras. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 22 de março de 2017

Novidades | Maquiagens Veganas Nacionais

A preferência pela maquiagem vegana é um reflexo da mudança de pensamento no qual tenta-se escolher o que consumimos de forma mais responsável. Essa tendência vem se expandindo globalmente conforme se cria a consciência de que os animais não devem ser explorados para fins cosméticos, seja em testes ou como matéria prima.  

Para uma maquiagem ser vegana, é preciso que a empresa não realize ou financie testes em animais e também não possua ingredientes de origem animal, tais como: lanolina (retirada do sebo de carneiros), estearatos e glicerina oriundos de gordura animal, cera alba (cera de abelha), colágeno (retirado da cartilagem de animais), carmine (insetos esmagados) etc. Algumas marcas ainda vão além e produzem maquiagens orgânicas (cuja parte da matéria-prima é proveniente de cultivo livre de agrotóxicos e são consideradas sustentáveis, além de desenvolvidas com ingredientes naturais.


Veja os últimos lançamentos de maquiagens veganas no Brasil para todos os tipos de bolsos e gostos que vão fazer os olhos (e a pele) de apaixonadas por maquiagens brilharem.



BAIMS


(Baims/Divulgação)

A Baims é uma empresa que veio da Alemanha e possui maquiagens não só veganas, como naturais e orgânicas. As embalagens são feitas em bambu e evita-se o uso de plástico. Os pincéis possuem cerdas sintéticas e são feitos com alumínio reciclado. Os produtos possuem certificação orgânica, vegan e cruelty free. É vendida na loja virtual e em algumas lojas físicas. 



BIOZENTHI



(Biozenthi/Divulgação)

A Biozenthi lançou uma linha de maquiagens veganas e hipoalergênicas composta por batons líquidos matte, bases e protetores solar e pode ser comprada na loja virtual da marca.


SIMPLE ORGANIC


(Simple Organic/Divulgação)

A marca Simple Organic foi lançada no SPFW e já iniciou a pré-venda de maquiagens naturais e orgânicas, sendo grande parte delas veganas (alguns itens possuem cera alba), no site da marca.



ORGANELA


Todas os itens de maquiagem da marca são veganos, naturais e certificados orgânicos. Podem ser comprados na loja virtual da Organela.


ARTE DOS AROMAS



A empresa é conhecida pelos cosméticos para peles e tem alguns produtos com certificação orgânica. Recentemente foram lançadas 4 cores de batons e podem ser encontrados na loja virtual da Arte dos Aromas. 


DONA ORGÂNICA

(Divulgação)

A Dona Orgânica veio da Alemanha e além de serem veganas (com exceção dos batons Stick), as maquiagens possuem ingredientes orgânicos e as embalagens possuem uma pegada sustentável, feitas em bambu, evitando-se o uso de plástico. Podem ser compradas em lojas virtuais e algumas lojas físicas.

FACE IT



(Cabéra / Clicio Barroso/Divulgação)

A Face It produz batons veganos certificados pela PETA com formulações naturais, focando em qualidade e pigmentação. Podem ser encontrados no site da empresa.



MACRILAN


A Macrilan não é totalmente vegana, já que alguns pincéis são feitos com pelo animal, mas recentemente lançou a linha de pincéis profissionais MAX, que possui todas as cerdas sintéticas. O preço de cada pincel é bastante acessível e pode ser encontrado em perfumarias e diversas lojas virtuais.



(Divulgação/Maquiadoro)



OH! MARIA



(Divulgação)


O site da marca ainda está em construção desde muito tempo, mas é possível ver que alguns itens de maquiagens já possui a menção de "formulado sem derivados de animais". Caso queira receber atualizações, deixe o seu e-mail na caixa de novidades do site.




KIKO MILANO




A marca italiana Kiko Cosmetics chegou ao Brasil com preços acessíveis e está para iniciar a venda online no site. De acordo com o site Cruelty Free Kitty, a marca afirmou que não realiza testes em animais (seguindo as diretrizes da União Européia) e não vende na China (onde os testes de cosméticos em animais são exigidos). No FAQ do site, a empresa afirma que ainda utilizam cera de abelha, lanolina, carmine e alguns pincéis de cerdas de pelo animal. No entanto, a alternativa vegetal/sintética sempre é priorizada e basta ler a lista ingredientes no site para se certificar quando um item é vegano (quando não possui estes ingredientes). 

Pelo que pude entender, os esmaltes, lápis labiais, lápis de olhos, algumas sombras da linha Smart Colour, base em pó, corretivos e batom líquido são alguns exemplos de itens sem ingredientes de origem animal.



HOT MAKEUP



A marca chegou ao Brasil há poucos meses e pode ser encontrada em lojas virtuais como Sephora e Beleza na Web. Nem tudo é vegano, mas os produtos que são veganos estão indicados no site internacional da empresa com o selo da PETA de "vegan and cruelty free".




AMETSA



Os produtos possuem certificação de cruelty free da PETA e com exceção do batom de cor "Fátima", que contém cera de abelha, todas as outras cores são veganas segundo o SAC. Podem ser comprados no site da Ametsa.


HERBIA


 (Lohasstore/Divulgação)
                                                                    
A Herbia produz cosméticos orgânicos e totalmente veganos. Recentemente foram lançados batons com acabamento matte e máscara de cílios. 

Podem ser encontrados na loja virtual Lohas Store.


CATIVA NATUREZA


A Cativa produz cosméticos orgânicos, com certificação IBD e totalmente veganos. Recentemente foi lançada uma linha completa de maquiagem com máscara de cílios, batons, base, corretivo, pó combacto, blush, delineador, bronzer, iluminador e uma paleta de sombras. 

Podem ser encontrados na loja virtual da Cativa.


NEGRA ROSA


A Rosangela do blog Negra Rosa criou uma linha de bases líquidas voltada para peles morenas e negras, cruelty free e sem ingredientes de origem animal. Atualmente somente as bases são veganas, mas há a vontade em veganizar os outros produtos.

As bases podem ser encontradas na loja virtual da marca. 

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Resenha | Sombras veganas da Makeup Geek


Provavelmente quem assistia vídeos de tutoriais de maquiagens no passado deve se lembrar da Marlena do canal Makeup Geek. Ela lançou uma linha de maquiagens e a qualidade das sombras é aclamada no meio especializado. A maioria delas é vegana, mas alguns itens ainda contém carmine (cochonilha) e estão listados em vermelho abaixo.

De acordo com o site da marca (https://www.makeupgeek.com/makeup-geek-cruelty-free-and-vegan-info/):

"Makeup Geek is proud to be a cruelty-free brand! We are committed to providing high-quality cosmetics that are animal friendly. You can trust that our labs, manufacturers, and ingredient suppliers DO NOT test on animals. We have discussed cruelty-free certification with PETA, and while we meet their requirements for certification as a brand, we’re unable to use PETA’s cruelty-free bunny logo because we sell other brands that are not certified as cruelty free.

Transparency is important to us, and we want you to know that ALL Makeup Geek products are cruelty free and MOST Makeup Geek products are vegan.

Cruelty Free vs. Vegan: What’s the difference?


Cruelty Free = No Animal Testing
Vegan = No Animal Ingredients or Byproducts

Animal byproducts like milk, lanolin, carmine, honey, and royal jelly are commonly used in cosmetics. Some of our products include carmine (red pigment derived from insects), which prevents them from being designated as vegan. The aforementioned products are:

Blushes in the shades First Love and Romance contain Carmine

Eyeshadows in the shades Americano, Beaches and Cream, Bitten, Carnival, Cherry Cola, Chit Chat, Concrete Jungle, Cosmopolitan, Country Girl, Cupcake, Curfew, Desert Sands, Drama Queen, Duchess, Fashion Addict, Hot Pants, Mango Tango, Morocco, Motown, Pillow Talk, Poppy, Razzleberry, Rebel, Simply Marlena, Sin City, Sorbet, Taboo, Tuscan Sun, Twilight, Unexpected, Unicorn, Vintage, Wild West and Wisteria contain Carmine.


Duochrome Eyeshadows in the shades Phantom, Ritzy, Blacklight, Secret Garden, Mai Tai, Karma, and Havoc contain Carmine.

Makeup Geek X MannyMUA Palette – the shades in Aphrodite, Beaches & Cream, Cosmopolitan, and Mars contain Carmine

Duochrome Pigments in the shades of Wild Fire and Hologram contain Carmine.

Full Spectrum Eye Liner Pencils – the shades of Orchid and Royal contain Carmine.

Sparklers in the shades of Zodiac and Halo contain Carmine.

Foiled Eyeshadows in the shades Center Stage, Caitlin Rose, Whimsical, Daydreamer, High Wire, and Masquerade contain Carmine.

Contour Powders – all our Contour Powders are carmine free and vegan.

Pigments – all our current loose pigments are all Carmine-free :)

The Makeup Geek staff are not vegan experts, and do not claim to be. To ensure that our vegan products are properly represented as such, we’ve worked with many authorities in the cosmetic industry to have our complete ingredient decks reviewed for accuracy. We can confirm that the Octyldodecyl Stearoyl Stearate and Caprylic/Capric Triglyceride ingredients we use are both synthetic and NOT animal based.
"

__

Eu comprei 5 sombras mattes veganas mais neutras e estou completamente apaixonada por elas: Peach Smothie, Frappé, Barcelona Beach, Bedrock e Corrupt.


As sombras são pigmentadas e macias. Algumas tem a textura mais "amanteigada" e esfumam muito bem. A Peach Smothie é uma cor de transição perfeita e a Corrupt é considerada a sombra preta mais pigmentada. Cada uma custa US$6,00 (cerca de R$24,00).


Peach Smothie e Barcelona Beach no côncavo, Bedrock na pálpebra e Corrupt no canto externo

Peach Smothie, Frappé e Barcelona Beach no côncavo e Corrupt para delinear


Comparação entre a Corrupt e a Bulletproof da Sugarpill (resenha aqui):



Elas não possuem ímã, tem tamanho padrão de sombras e se encaixam em paletas vazias como a da Contém 1g (que é magnética):



Composição:

Mica, Isoeicosane, Polyisobutene, Calcium Aluminum Borosilicate, Calcium Sodium Borosilicate, Boron Nitride, Kaolin, Polyethylene, PTFE, Nylon-12, Magnesium Stearate, Zinc Oxide, Silica, Synthetic Wax, Lauroyl Lysine, Hydrogenated Lecithin, Methicone, Dimethicone, Iron Oxides CI 77491, CI 77492, CI 77499, Chromium Hydroxide Green CI 77289, Ultramarines CI 77007, Titanium Dioxide CI 77891, Bismuth Oxychloride CI 77163, Manganese Violet CI 77742dc Black No. 2 CI 77266, C13-16 Isoparaffin, C12-C14 Isoparaffin, C13-C15 Alkane, Carmine CI 75470*, Chromium Oxide Greens CI 77288, Ferric Ammonium Ferrocyanide CI 77510, Ferric Ferrocyanide CI 77510, Blue 1 Lake CI 42090, Yellow 5 Lake CI 19140, Red 6 Lake CI 15850, Tin Oxide, Zinc Stearate.

*Nem todas as sombras contém carmine (ver acima).



Lojas internacionais que enviam para o Brasil (tenha em mente que você pode ser taxado pela RFB e/ou esperar mais de um mês de entrega dos Correios):

quinta-feira, 17 de março de 2016

Resenha | Duo de sombras matte da Alva


A Alva é uma marca alemã da qual já falei várias vezes no passado ( veja aqui ) . A empresa tem o foco na qualidade dos ingredientes utilizados nas formulações, sendo estes naturais, orgânicos certificados pela Ecocert e evitam o uso de ingredientes que possam causar alergias em peles mais sensíveis. A linha de maquiagem é completamente vegana.


O duo de sombras na cor "Olive" faz parte da coleção matte, junto com outra paletinha de sombras opacas, a "Brown" (swatches nesse post), três batons com acabamento matte e 2 pós compactos baked sem brilho. As embalagens dessa linha são produzidas com materiais mais sustentáveis e ao mesmo tempo resistentes,.


Ao fazer o swatch, a primeira impressão é de que as cores são pigmentadas e não esfarelam. A textura é aveludada e fácil de aplicar e esfumar no côncavo. Aliás, sombras com acabamento matte são geralmente mais difíceis de trabalhar, principalmente quando não possuem boa qualidade.



 As cores possuem subtons frios, tendendo para o acinzentado. Achei que elas são a cara do outono!

sem flash

Para essa maquiagem super simples, usei o verde claro na pálpebra e um marrom terroso no côncavo esfumado com o verde escuro. Concentrei também o verde escuro no cantinho externo.

com flash

Essas sombras são bastante versáveis e podem ser usadas tanto em uma maquiagem mais básica, como em variações mais trabalhadas e com brilho. Para essa abaixo, usei um pigmento verde-água-sereia por cima da maquiagem feita acima:


A duração delas é excelente nas minhas pálpebras oleosas, mas eu sempre uso um primer de olhos ou um corretivo sequinho, não só para esse tipo de sombra, mas com todas.


Composição (INCI): Zea Mays Starch, Squalane, Zinc Stearate, Tocopherol, Glyceryl Caprylate, Butyrospemum Parkii Butter, Prunus Armeniaca Kernel Oil, Silica, Persea Gratissima Oil, Pongamia Glabra Seed Oil, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Yeast Polysaccharides, Cl 77891, CI 77491, Cl 77492, Cl 77499, Cl 77007, Cl 77742, CI 77288, Cl 77510. Quantidade: 4g

O preço do duo é R$107,90 na loja virtual da Alva. Infelizmente é bem salgado, mas está na faixa de preços das sombras importadas. Ela possui formulação orgânica, limpa e a qualidade não deixa a desejar.



Produto enviado pela assessoria da empresa. As opiniões no post são 100% sinceras e refletem as minhas experiências.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Sombra mineral Dourada da Bioart x sombra Ouro da Koloss



A Carla da loja Veganita me enviou essas 2 sombras em pó e sugeriu que eu fizesse uma comparação. Ela disse que meu blog era democrático, já que abrangia produtos para diferentes bolsos e essas sombras eram bem parecidas, mas com a diferença de preço e composição.

(Aliás, o veganismo é assim democrático: você pode viver de orgânicos, gourmet e industrializados caros ou pode viver muito bem à base de alimentos in natura baratos da feira).

A sombra da Bioart é a Dourada, uma cor mais alaranjada, enquanto a Ouro da Koloss é um amarelo mais frio. Para comparação, apliquei sobre uma base preta (lápis de olho preto):

Comparação sem flash x com flash

A textura delas é muito parecida e ambas tem boa duração quando aplicadas sobre um primer de sombras. Aliás, o uso de um primer de olhos aqui é importantíssimo.

Eu uso maquiagem mineral em pó solto desde 2008 (é uma das melhores coisas para a minha pele) e não tenho problemas em usar e manusear. Mas por serem sombras em pó solto, elas podem fazer bastante sujeira e até vazar se transportadas sem cuidado na necessaire. Eu prefiro aplicá-las com o pincel de cerdas sintéticas umedecido e depois faço o acabamento com a sombra em pó seca dando batidinhas, sempre tomando o cuidado de não deixar cair no rosto.

Sombra Dourada da Bioart (com flash)


Comparação de sombras (sem flash)


  • Composição

Sombra Bioart:
**Argilla/Montmorillonite/Kaoli/Mica, *Tapioca Starch, ***Titanium Dioxide, CI 77019/CI 77891/CI77861, CI/77019/CI77491/2 (Iron Oxides), ***Mica/Titanium Dioxide/Iron Oxides.
* Ingredientes Naturais
** Ingredientes de processos orgânicos

Sombra Koloss: 
Talc, Methylparaben. Pode conter: CI 77891, CI 77019, CI 77492.

  • Preço
Sombra Bioart: R$40

Sombra Koloss: R$12


As cores são lindas e ambas tem desempenho muito similar. Se você prestar atenção, os minerais dos pigmentos usados são os mesmos (mica: CI 77019, óxido de ferro: CI 77492 e dióxido de titânio: CI 77891). A diferença no preço é expressiva, mas a sombra da Bioart é totalmente natural, indicadas para peles sensíveis, não contém parabenos e talco, que são ingredientes polêmicos e podem causar alergia a certas pessoas. Cabe a cada um colocar na balança o preço x composição.

sábado, 21 de novembro de 2015

Resposta do SAC | Maquiagens da Vymana / Nação Verde



Para quem não sabe, a Nação Verde é uma rede de lojas em várias cidades do Brasil voltada para a alimentação natural. A lista de localidades pode ser vista neste link. Nesse mês a rede lançou uma linha de maquiagem, a "Vymana Make up".

As embalagens são muito bonitas, existe uma preocupação em usar ingredientes naturais/orgânicos a preços relativamente mais acessíveis, mas o que mais me chamou a atenção foi a menção de "vegano" na descrição das maquiagens. No entanto, verifiquei que havia cera de abelha na descrição do site e há uns 15 dias eu postei na página do blog no Facebook sugerindo que enviássemos e-mails solicitando que corrigissem as descrições. Enviei um e-mail questionando e essa foi a resposta que eu recebi:



Desculpados pelo erro! :)

---


Fui na loja aqui em BH, vi as composições e fiz alguns swatches. Me desculpem pela qualidade das fotos, ficou ruim por causa do meu celular (que está todo detonado), mas acho que dá pra ter uma ideia. Não fiz amostrinha das bases, corretivos e bb creams para não induzir ninguém ao erro.

As embalagens são em papel (creio que se deve ao apelo ambiental) e não são muito resistentes. As sombras e os blushes são lindos e extremamente pigmentados, achei o primer um pouco oleoso pra mim e só tem um batom matte/acetinado (que é lindo), os outros tem acabamento brilhante, meio "frost" ou translúcido. O corretivo me pareceu ser bem sequinho. Não sei dizer sobre a duração.


 duo de sombras preto brilho/branco, pó claro, blushes: ruby (matte), rosa claro (matte) e bronze (tem brilho e é na verdade mais escuro que na foto)

gloss rosa e batons


Achei as composições bem "limpas"!

Rímel:



BB Cream FPS 30 (R$67,50):

SALVIA SCLAREA (CLARY) FLOWER/LEAF/STEM WATER, TITANIUM DIOXIDE, OCTYLDODECYL STEAROYL STEARATE, LAURYL OLIVATE, WATER, PROPANEDIOL, SUCROSE PALMITATE, GLYCERYL STEARATE, CETEARYL ALCOHOL, ZINC STEARATE, FRAGRANCE, GALACTOARABINAN, IRON OXIDES, POTASSIUM PALMITOYL HYDROLYZED WHEAT PROTEIN, POLYGLYCERYL-2 CAPRATE, MAGNESIUM ALUMINUM SILICATE, OLEIC/LINOLEIC/LINOLENIC POLYGLYCERIDES, EUTERPE OLERACEA FRUIT OIL, ORBIGNYA OLEIFERA (BABASSU) SEED OIL, TOCOPHEROL, BENZYL ALCOHOL, SQUALANE, SIMMONDSIA CHINENSIS (JOJOBA) SEED OIL, ALUMINA, SUCROSE STEARATE, STEARIC ACID, MICROCRYSTALLINE CELLULOSE, IRON OXIDES, CELLULOSE GUM, GLYCERYL CAPRYLATE, DEHYDROACETIC ACID, IRON OXIDES, CELLULOSE,

Batom (R$36,00):

RICINUS COMMUNIS SEED OIL (RICINUS COMMUNIS (CASTOR) SEED OIL), HYDROXYSTEARIC/LINOLENIC/OLEIC POLYGLYCERIDES, OLIVE OIL DECYL ESTERS, CI 77891 (TITANIUM DIOXIDE), PRUNUS ARMENIACA KERNEL EXTRACT (PRUNUS ARMENIACA (APRICOT) KERNEL EXTRACT), HYDROGENATED OLIVE OIL STEARYL ESTERS, COPERNICIA CERIFERA CERA (COPERNICIA CERIFERA (CARNAUBA) WAX), LAURYL OLIVATE, PARFUM (FRAGRANCE), CI 77007 (ULTRAMARINES), CI 77491 (IRON OXIDES), EUTERPE OLERACEA FRUIT OIL, TOCOPHEROL, ORBIGNYA OLEIFERA SEED OIL (ORBIGNYA OLEIFERA (BABASSU) SEED OIL), SQUALENE, LIMONENE, LINALOOL,

Corretivo (R$37,20):

MICA, CI 77499 (IRON OXIDES), ZEA MAYS STARCH (ZEA MAYS (CORN) STARCH), ZINC STEARATE, TOCOPHEROL, SQUALANE, BENZYL ALCOHOL, ORBIGNYA OLEIFERA SEED OIL (ORBIGNYA OLEIFERA (BABASSU) SEED OIL), EUTERPE OLERACEA FRUIT OIL, DEHYDROACETIC ACID, LAUROYL LYSINE,

Base (R$49,70):

SALVIA SCLAREA FLOWER/LEAF/STEM WATER (SALVIA SCLAREA (CLARY) FLOWER/LEAF/STEM WATER), CI 77891 (TITANIUM DIOXIDE), OCTYLDODECYL STEAROYL STEARATE, LAURYL OLIVATE, PROPANEDIOL, SUCROSE PALMITATE, CI 77492 (IRON OXIDES), CETEARYL ALCOHOL, GLYCERYL STEARATE, CI 77491 (IRON OXIDES), PARFUM (FRAGRANCE), GALACTOARABINAN, POTASSIUM PALMITOYL HYDROLYZED WHEAT PROTEIN, MAGNESIUM ALUMINUM SILICATE, EUTERPE OLERACEA FRUIT OIL, OLEIC/LINOLEIC/LINOLENIC POLYGLYCERIDES, TOCOPHEROL, ORBIGNYA OLEIFERA SEED OIL (ORBIGNYA OLEIFERA (BABASSU) SEED OIL), BENZYL ALCOHOL, LIMONENE, CI 77499 (IRON OXIDES), MICROCRYSTALLINE CELLULOSE, CELLULOSE GUM, CITRONELLOL, LINALOOL, GERANIOL, DEHYDROACETIC ACID, CELLULOSE,

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Resenha | Duo de sombras Smoky Black da Alva


Aproveitei que uma loja aqui em BH colocou as maquiagens da Alva em promoção há mais tempo e comprei este duo de sombras na cor "Smoky Black". Eu já fiz a resenha do duo na cor "Gold" e já amava a pigmentação e o brilho das sombras, que embora sejam cintilantes, não possuem partículas de brilho.

Eu considero esses duos de sombras extremamente pigmentados e fáceis de usar. Acredito que quem não tem muita habilidade em se maquiar, não terá muita dificuldade para conseguir esfumar as sombras e conseguir fazer uma maquiagem legal com elas.

A textura das sombras é muito macia, quase cremosa e muito parecida com a textura das sombras da Urban Decay. Já quando à duração, recomendo o uso de um primer.

A paletinha é pequena, mas para ser levada na bolsa/necessaire eu recomendaria colocar em um compartimento protegido. Primeiro porque as sombras podem quebrar com o impacto e também eu não acho o plástico muito resistente.



Cores: chumbo/grafite e branco cintilante

Para fazer essa maquiagem, usei a cor branca no canto interno até o meio da pálpebra e a cor grafite no canto externo, mesclando as duas cores. Fiz o mesmo na linha dos cílios inferiores. Esfumei com uma sombra marrom opaca no côncavo. Finalizei com lápis preto e máscara. Demorei menos de 5 minutos para fazer isso porque as sombras são super fáceis de pigmentar e esfumar. Esforço quase zero!




Para essa, usei a sombra grafite concentrada em toda a pálpebra e a branca no cantinho interno. Finalizei com delineador, lápis preto e máscara:


Geralmente essas cores são bem comuns e podem não ser interessantes para quem já tem bastante maquiagem, principalmente porque esses duos de sombras são caros. No entanto, quem é iniciante e busca por maquiagens veganas, naturais, orgânicas e hipoalergênicas de qualidade, acho que pode valer a pena investir. E se encontrar na promoção, compensa também!





Ingredientes: Mica, Zea Mays (Corn) Starch, Octyldodecyl Stearoyl Stearate, Zinc Stearate, Dehydroacetic Acid (And) Benzyl Alcohol, Ricinus Communis (Castor) Seed Oil, Yeast Polysaccharide, Chamomilla Recutita (Matricaria) Extract, Vitis Vinifera (Grape), Triticum Vulgare (Wheat) Germ Oil, Camelina Sativa Seed Oil, Macadamia Ternifolia Seed Oil, Oenothera Biennis (Evening Primrose) Oil, Beta Vulgaris (Beet) Root Extract. May Contain: Beetroot, CI 77891, CI 77491, CI 77492, CI 77499

Preço:

R$80 na loja oficial da Alva Brasil ou

12 libras na loja virtual da Alva na Inglaterra (entrega no Brasil e se deixar um review no site, ganha 15% de desconto!
http://www.alvanaturalskincare.co.uk/eyes/196-creamy-collection-duo-eye-shadow-c3-smoky-black-3g-4013640087177.html)


sexta-feira, 1 de agosto de 2014

7 formas de intensificar a cor das sombras

Já se deparou com uma sombra de cor linda mas com pigmentação meh? Neste post eu mostrarei vários artifícios que podem intensificar as cores de sombras, tornando-as mais vibrantes.

Para demonstrar, usei as sombras "Screaming Purple" da The All Natural Face e a sombra marrom taupe (3ª da esquerda para a direita) da paletinha Brownstone da Elf (resenha aqui) sobre bases diferentes. Veja como as cores ficam mais intensas:

Screaming Purple da TANF

sombra marrom da paleta Brownstone da Elf

O que pode ajudar:

Primer | lápis branco | lápis preto | Pixie Epoxy | corretivo | sombras cremosas

1. Pincel umedecido com água, gel puro de aloe vera ou glicerina vegetal
Basta molhar o pincel e retirar o excesso. Depois é só aplicar o pincel na sombra para "pegar produto" e pressionar sobre a pálpebra sem esfregar. Expliquei aqui que dá certo para delineadores em pó também.

2. Primer
Geralmente um bom primer consegue potencializar a cor da sombra, além, é claro de aumentar a durabilidade. Tenho usado ultimamente o mineral da Elf e o da The All Natural Face. Adoro os 2.

3. Lápis branco cremoso
O lápis precisa ser cremoso e tende a deixar um fundo mais claro. Fica melhor com sombras claras. Esse jumbo/Diva Stix da TANF eu preciso esquentar no dedo para espalhar bem.

4. Lápis preto cremoso
Funciona bem para escurecer e deixar um fundo escuro nas sombras. Os lápis também aumentam a fixação e a duração das sombras. Quanto mais cremoso e pigmentado, melhor. Usei o da Alva.

5. Pixie Epoxy
Esse produto sensacional é da marca vegana Fyrinnae. Ele é meio chatinho de usar, mas não tem como não se apaixonar por ele. Ele deixa qualquer sombra super pigmentada e com acabamento metálico. O inconveniente mesmo é que ele atrapalha a esfumar a sombra.




6. Sombra cremosa
Escolha uma sombra cremosa com cor semelhante a da sombra em pó. Algumas funcionam também como primer, como as bases da NYX ou as sombras cremosas da Elf.

7. Corretivo
Geralmente eu uso corretivo em último caso, quando não tenho primer em mãos. Ele aumenta a fixação e a pigmentação da sombra, mas dependendo do corretivo, pode acumular nas dobrinhas da pálpebra.



Dica: primers e fixadores de sombras são amigos! Não costumo usar sombra sem algum deles. Por melhor que a sombra seja, sair com sombra sem primer é pedir pra sombra acumular nas dobrinhas. Sem contar na duração que diminui bastante!

Para todos esses artifícios, recomendo NÃO aplicar no côncavo. É a região que costumamos esfumar a sombra e como a função é potencializar a cor, ele vai deixar o esfumado mais escuro e mais concentrado do que deveria, e a ideia do esfumado é justamente uma passagem de cor mais apagada. Se for passar o primer na pálpebra inteira o ideal é passar uma sombra clara ou um pó em cima para o esfumado deslizar melhor.

Opções veganas nacionais:- primer fix da Tracta/Farmaervas
- sombras cremosas da Phebo
- potencializador de sombra/glitter da Catharine Hill
- lápis superpreto da Contém 1g
- Primer de olhos da Contém 1g (o primer fix contém lanolina!)
- lápis bege Duda Molinos (mas não é muito cremoso)