Mostrando postagens com marcador Sapatos Veganos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Sapatos Veganos. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Favoritos de inverno: cosméticos, comidas, bota etc

Amo frio e como algumas pessoas me pediram, seguem os meus favoritos de inverno. Tudo vegano e cruelty free!

Obs: Me desculpem a falta de posts, mas a minha câmera estragou! A qualidade das fotos está bem ruinzinha porque são de celular. 

1. Bota meia pata da Amaro

Comprei a bota há pouco tempo e estou amando! A bota é linda e super confortável. O material é todo sintético e tem 12 cm de salto (como sou bem baixinha, já acostumei a usar saltão). Comprei na loja virtual da Amaro (nem tudo da marca é sintético! Tem que ler a descrição).


Encontrei também uma bem parecida na loja Mistore (segundo o SAC, todos os sapatos são sintéticos).





2. Sopa de abóbora (usei a de pescoço)


Acrescento 1 xícara de água, 1 batata, 1 cenoura, lasca de gengibre, pitada de sal e curry. (Opcional: 2 colheres de chá de nutritional yeast ou levedo de cerveja em pó). Cozinho até ficarem macios e bato no liquidificador com um fio de azeite.






3. Cappuccino com Café Caramello de baunilha

Esse creme de café tem sabor baunilha e possui apenas café, água, açúcar e extrato de baunilha na composição. Fica maravilhoso se batido no liquidificador com leite de soja ou leite de aveia e um pouco de café pronto. Dá pra fazer gelado com gelo (tipo frappuccino) ou quente. Opcional: pitada de canela e noz moscada. Nem todos os sabores são veganos, tem que ler o rótulo. 





4. Produtos de cuidados com a pele do rosto


Passei a acrescentar algumas gotas de gel de aloe vera da Livealoe (custa cerca de R$20 por 210 ml) e D-pantenol da Salon Opus (custa R$10 por 60 ml) no meu tônico facial caseiro de vinagre (receita nesse link) e a minha pele está ficando mais hidratada e macia. Ambos são ingredientes hidratantes e regeneradores, tendem a reter a umidade da pele e acelerar o processo de cicatrização. Também adiciono nos meus hidratantes de cabelo! 


Como hidratante facial noturno, uso o creme 24h da Alva há anos e amo! Resenha nesse link.


Quando estou com muita preguiça de lavar o rosto ou em viagens, tenho usado os lenços umedecidos da Asepxia (é uma marca cruelty free, mas atenção: nem todos os produtos da marca são veganos. Os sabonetes contém sebo e algumas maquiagens contém cera de abelha). Ele deixa a pele limpa e macia, além de evitar o aparecimento de cravos e espinhas devido aos ácidos salicílico e glicólico. Estou gostando muito, mas só uso raramente. Custa cerca R$25 e vem 25 lenços.





5. Batons Tootsi e Limbo da Colourpop e Confident da Lush


A loja da Colourpop passou a enviar para o Brasil e comprei alguns batons veganos: o Tootsi matte em bastão (um rosa queimado acinzentado) e o Limbo, matte líquido marrom bem escuro. Custaram 6 dólares cada. A lista dos produtos veganos está descrita no FAQ. A dica para aplicar o batom líquido é retirar o excesso de produto do aplicador e passar uma camada bem fina. 


O batom Confident da Lush tem uma cor de vinho linda e possui acabamento metálico. Dura bastante tempo na boca e hidrata os lábios. De vez em quando as maquiagens entram em promoção, mas atualmente o batom custa R$76.





Tootsi, Confident e Limbo

6. Corretivo em bastão 1- claro da Vymana


Lembro de ter comprado esse corretivo no verão e não ter gostado. Desde o último mês eu voltei a usar e passei a gostar! Ele tem cobertura alta e fica bem pesado na pele. No verão, senti que aumentava o aparecimento de cravos na pele quando usava. Mas agora que está bem frio, não senti mais isso. Se alguém quiser a resenha completa, só pedir nos comentários! Acredito que quem tem pele oleosa (sem tendência a acne) vá gostar porque ele é bem sequinho. Comprei na loja da Nação Verde em BH por cerca de R$37.



7. Hidratante e sabonete em barra

Fiz um post recente com meus sabonetes líquidos favoritos nesse link. Para quem procura por uma opção em barra e mais acessível, o sabonete vegetal da Davene não é propriamente super hidratante, mas também não resseca a pele. Custou R$1,70 a barra!

O hidratante de cupuaçu da Riquezas é maravilhoso. Hidrata muito, deixa a pele macia e é rapidamente absorvido. Tem sempre um produto da Riquezas da Terra nos meus posts, mas é porque eu amo a marca, os produtos são ótimos. Infelizmente a loja virtual ainda não está disponível e assim que voltarem eu aviso. Outro hidratante que vale a menção é o Sapien Woman da Surya. Ele é super cheiroso, docinho e mega hidratante.



quarta-feira, 30 de março de 2016

Respostas do SAC | Empresas de sapatos

Fonte

Se você está a procura de sapatos formais ou casuais, pode parecer desafiador encontrar opções sem couro de origem animal. Mas uma vez que você se familiariza com empresas de calçados veganos e aprende quais os materiais que deve se atentar, fica fácil encontrar sapatos livres de crueldade. Basta ter cuidado porque os sapatos podem ter a parte externa em couro sintético ou tecido, mas a sola interior (palmilha) pode ser feita de couro ou até pele de ovelha. Infelizmente no Brasil o material utilizado nos sapatos não está impresso no sapato nem mesmo está claro na caixa. Pesquisar antes de sair às compras é melhor do que confiar em vendedores de lojas, já que o material pode enganar e o preço não é indicativo do material (existem sapatos em couro baratos e sapatos em material sintético caros)

Existem empresas de sapatos que declaram publicamente ser totalmente veganas (não utilizam couro de origem animal) como a Vegano Shoes, Ahimsa, Insecta, King 55 e N. Gui Design Studio. No entanto, a maioria delas vende apenas em lojas virtuais.

Para facilitar a busca, questionei aos SACs de empresas de sapatos que podem ser encontrados em lojas físicas, levando-se em conta se é ou não usado couro animal para a produção dos sapatos. Encorajo a todos que enviem e-mails às empresas mostrando que há um público interessado em comprar calçados isentos de couro ou qualquer material de origem animal.

A minha pergunta para todas foi:


"Bom dia!
Gostaria de saber se a EMPRESA utiliza couro de origem animal na confecção dos sapatos. Caso positivo, a empresa oferece algum sapato em material sintético adequado para veganas e totalmente isento de couro de origem animal?
Obrigada! "

Respostas:


1. VIA MARTE



Quando questionei sobre o material dos pelos presentes nas botas (lembrando que o uso de pele foi proibida pela Lei nº 16.222/2015 em São Paulo), essa foi a resposta:


2. CRYSALIS




3. LUIZA BARCELOS



4. BEIRA RIO / VIZZANO / MOLECA / MODARE





5. DAKOTA



6. DI CRISTALLI

 




7. CARRANO



8. ANACAPRI



9. AREZZO


Obs: Post com a conversa completa nesse link.


10. PICCADILLY


___


Resumindo: 



Não utilizam couro de origem animal: Di Cristalli, Crysalis, Vizzano, Piccadilly, Beira Rio, Moleca e Modare.

Oferecem modelos tanto em couro como em material sintético: Via Marte, Dakota e Anacapri e Arezzo.

Utilizam couro de origem animal em todos dos calçados: Luiza Barcelos, Carrano.

Não me responderam: Usaflex, Schutz e Santa Lolla


terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Sapatilhas fofas da Estilo Menina

Fonte: Instagram

A dica é da leitora Luiza (obrigada, Luiza!), que ganhou de presente a sapatilha fofíssima da Estilo Menina e quis confirmar com a empresa de que ela era totalmente isenta de couro. Essa foi a resposta dada pela empresa:



Eu não conhecia a marca e adorei saber que temos mais essa opção de sapatilhas veganas! Ia ser ótimo se a empresa incluísse a informação direitinho do material sintético utilizado nas sapatilhas no site. Eu ainda não tive a oportunidade de experimentar, mas encontrei outro modelo de sapatilha no blog Mundo de Jess e a Jess contou nesse post que era super confortável também.

Esses são os modelos que eu achei os mais legais da coleção "Meu Melhor Amigo". É uma estampa mais fofa que a outra!





O preço varia de R$119 a R$149. Me parece que no ano que vem, terá reposição do estoque com mais numerações disponíveis. Além dessa, há outras coleções, vale a pena conferir no site:

http://www.estilomenina.com.br/
https://www.facebook.com/EstiloMenina
https://www.instagram.com/estilomeninaoficial/
http://loja.estilomenina.com.br/

sábado, 7 de novembro de 2015

Resposta do SAC | Arezzo



Há alguns dias eu li um post da Alana (@theveggievoice) dizendo que na Arezzo  cerca de 50% dos calçados já não eram feitos mais em couro, de acordo com o que ela ouviu das vendedoras em uma loja física. O problema, a meu ver, é que mesmo quando um sapato possui a parte externa toda em tecido ou material sintético, a palmilha pode ser feita a partir de couro de origem animal, ou até as tiras com as fivelas. Eu também não acho confiável se basear no olfato, já que o cheiro de couro pode estar mascarado.

Para tirar essa dúvida, resolvi enviar um e-mail ao SAC da Arezzo questionando quais eram os calçados isentos de couro de origem animal.

Obs: Eu tenho certa antipatia pela Arezzo desde aquela coleção de inverno de 2011 ("Pelemania"), quando tentaram vender pele de coelho e raposa nos calçados e bolsas e, depois de muito auê, se viram obrigados a recolher a coleção do mercado (leia mais aqui). Portanto, não estou com a intenção de divulgar a marca neste post, mas apenas mostrar que confiar nas vendedoras e no olfato pode não ser uma boa ideia.

Resposta do SAC (Atendimento Arezzo <atendimento@arezzo.com.br>):




Minha resposta:





 Como pode ser observado pela resposta, as opções são bem restritas e o carro-chefe da Arezzo ainda é o couro de origem animal. Mas uma coisa eu concordo com a Alana, devemos pedir por opções, enviar e-mails cobrando e tentar mudar a mentalidade das empresas por meio de nosso boicote para que produzam sapatos sem o uso de couro.


Para outras opções de bolsas e calçados isentos de couro de origem animal, ou para entender por que não usar couro, veja o post: Couro, Couro Sintético e Couro Ecológico


sábado, 13 de junho de 2015

Resenha - Bota da Vegano Shoes


Não sei se vocês viram, mas a Vegano Shoes lançou recentemente 3 modelos de botas de cano longo (preta lisa, café lisa e preta matelassê) em material sintético muito similar ao couro, livre de origem animal.

Há alguns dias eu postei no meu Instagram a foto da bota que eu tinha comprado na Loja virtual da Vegano Shoes e vi que algumas pessoas se interessaram em saber as medidas, se a bota era confortável etc.

Fiz a compra no dia 5 de maio e no dia 18 ela foi postada nos Correios. Demorou um pouco pra chegar, mas acredito que agora os pedidos estão sendo postados com mais rapidez.

A bota é realmente muito bonita e eu me surpreendi com a qualidade do material.


Eu calço 34 e a medida da palmilha é de 23,6 cm (no site tem as medidas para todos os números).
O salto tem 3 cm.

A medida da circunferência do cano na altura da panturrilha é cerca de 37 cm, como mostrado na foto acima. Ela possui um elástico pequeno e ainda assim ficou bem justinha. Isso dificulta por exemplo de usar uma meia mais grossa ou uma legging. Dessa forma, quem possui panturrilha grossa, pode não servir. Nesse caso, a Vegano Shoes enviou uma mensagem no meu IG e ofereceu fabricar botas por encomenda de medidas personalizadas. Basta entrar em contato pelo e-mail: sac@veganoshoes.com br.


Já usei algumas vezes e em nenhuma delas tive problemas. Ela é acolchoada com espuma por dentro e o bico não é fino.

Eu adorei a compra e achei que valeu o preço pago (R$169,90 - 10% desconto do clube do Vista-se), que é equivalente ao preço de botas de couro sintético de outras marcas, como Piccadilly e Vizzano.

Além de ética, bonita, resistente e confortável, vem com uma plaquinha de "Vegano", ideal pra mostrar para aquele(a) chato(a) que, se achando o espertalhão, diz que o seu veganismo é uma farsa porque achou que o seu sapato é de couro.


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Sapatilha vegana da Ahimsa


Há alguns dias eu comprei a sapatilha preta da marca Ahimsa, já que ela estava com um preço muito acessível (R$51 e frete grátis via sedex!) e eu estava precisando de sapatilhas básicas para usar no dia a dia. 

A Ahimsa é uma empresa brasileira que produz calçados veganos femininos e masculinos, além de bolsas, mochilas e carteiras, de forma sustentável. Os principais materiais utilizados são o algodão reciclado e garrafa pet reciclada. 

sapatilha arama


Quanto à essa sapatilha (chamada Arama), achei o design simples, porém bonita no pé. Ela é básica e confortável. Por ser feita em algodão e não em polímero ou couro, ajuda o pé a 'respirar'. 

Nos primeiros dias de uso, tive a impressão de que ela ainda estava sendo 'moldada' pelo pé. O meu pé é relativamente fino, mas senti apertando no dedo mindinho e no calcanhar. É importante lembrar que a temperatura aqui chegou a 37 graus (aff) e geralmente o calor faz o pé ficar inchado, mesmo. Mas depois de uns 2 dias que usei o dia inteiro, andando bastante, ela não me incomodou mais.

A qualidade é muito boa, acredito que ela vai durar bastante. No entanto, ela suja com mais facilidade que sapatilhas feitas em couro sintético e verniz, por exemplo. Pra resolver esse problema, passo um paninho úmido.


Um detalhe importante: normalmente eu calço 34, mas escolhi a 35, conforme as orientações no site. Ela tem a fôrma com uma numeração abaixo do normal.


Além da preta, tem nas cores cinza e vermelho. A Litza do blog Moda Verde mostrou a sapatilha vermelha nesse post.

Adorei a proposta da Ahimsa e estes são os produtos que já entraram pra minha wishlist imaginária:


quarta-feira, 23 de julho de 2014

Botas Over Knee de couro sintético

Confesso que quando vi a Luisa Mell usando a bota vegana da estilista Stella McCartney no programa "The Noite", fiquei curiosa e fui atrás da bota. Mas como eu já previa, o preço era absurdamente fora do meu orçamento (> US$1000 dólares).

Divando!

Fonte: Bol

As botas "over knee" ou "over the knee", como o nome diz, ultrapassam os joelhos em uma versão com o cano mais longo que o tradicional. São sexys, ousadas e cheias de personalidade.

Ficam lindas e combinam com calças justinhas, leggings, shorts, saias etc.

O legal é que agora muitas estão com preço em promoção! 

Deixo aqui as opções veganas, feitas em material 100% sintético, isentas de couro animal e com preço acessível:

1. Vizzano - R$179,99 | 2. Crysalis - R$249,99 | 3. Piccadilly - R$215,00 | 4. Posthaus - R$149,99
5. Di Cristalli - R$129,90

Com exceção da Posthaus, que é uma loja virtual, todas as marcas citadas acima produzem todos os calçados apenas em material sintético!

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Sandália Lótus da Vegano Shoes


Eu já comentei sobre a Vegano Shoes nesse post e expliquei os motivos de eu gostar tanto da marca e porque tento prestigiá-los sempre que possível. Meu namorado também é fã da trekking/hiking boots Braquiossauro. Ele usou uma da Timberland (que é feita de couro bovino) por anos até rasgar e ficou muito feliz de achar uma botinha substituta vegana e nacional.

Recentemente eu fiz umas comprinhas na Vegano Shoes e eles me mandaram de presente essa sandália linda, a Lótus! Acho legal eles investirem em designs mais modernos e séquicis!

A sandália Lótus tem salto de 10 cm, é muito confortável e não machucou meu pé.

Por ter bastante brilho e tiras douradas, dá para usar em festas de formaturas, casamentos e baladinhas.


Ela tá na promoção por R$69,90, mas normalmente o preço é R$129,90.

Quem possui o cartão de sócio do Vista-se ganha mais 10% de desconto.
Obs: por algum motivo, quando digitamos o código de desconto, dá erro no navegador do Google Chrome. Segundo resposta do SAC, outros navegadores funcionam ok (Firefox, IE etc).



Eu mostrei no meu Instagram a foto da sapatilha de bolinhas vermelhas da Vegano Shoes, simplesmente fofa!

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Sapatilha Vegano Shoes

<3


A Vegano Shoes foi lançada recentemente e é uma empresa de calçados veganos, cujos processos e matérias-prima usados na confecção são rastreados para assegurar que não haja exploração animal (e nem humana) envolvida. Além disso, a empresa se preocupa em selecionar materiais que sejam mais fáceis de serem degradados após o uso.

A sapatilha que comprei foi a azul. Com o desconto de 10% do clube do Vista-se saiu por R$55 mais o frete. Achei o preço super digno!!

O material externo é todo feito de borracha e poliuretano (polímero) e por dentro é um material macio em tecido. Usei esses dias e achei muito confortável, não me machucou em nada, nem no dedinho, nem no calcanhar. Ah e notei que é o tamanho é um tiquinho menor, mas depois de um certo tempo cedeu um pouco e ficou certinho, o que é normal. Arrependi de não ter comprado a preta também, mas enfim..

Já falei neste post sobre as marcas de calçados que só trabalham com material sintético.

Gosto muito de valorizar empresas que citam claramente que são veganas, ao invés de comprar produtos que sejam "por acidente" veganos. Prefiro valorizar empresas assim.

Como a empresa é nova, ainda há poucos modelos lançados. Tem modelo masculino também. Dia dos pais tá aí!!



Vieram umas sementes de alface na etiqueta. Já plantei algumas no meu vazinho!