Mostrando postagens com marcador Hidrolato. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Hidrolato. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Comparação | Tee Tree Water da Lush x Hidrolato da Herbia


Algumas pessoas podem estar pensando: "Eliana, você está comparando laranja com abacaxi!", mas como pode ser observado ao longo do post, a comparação é válida porque a proposta destes produtos é similar, ambos são pautados na aromaterapia e a comparação pode ajudar quem está indeciso.


Primeiro, vamos à descrição de cada um:


"A Água Floral Orgânica Herbia de Tea Tree tem excelente propriedade antisséptica. É indicado para tratar peles oleosas e com acne, pois tem efeito cicatrizante e revigorante. Pode ser usado na limpeza de pele, alívio de queimaduras, tratamento de lesões e infecções gerais como micose ou herpes. Cabelos oleosos e com caspa, também podem ser lavados com a água floral."

Preço: R$27,90 (200 ml)


"É adstringente e auxilia na emoliência da pele, diminuindo a oleosidade e estimulando a circulação. É um grande aliado para esteticistas no momento de extração de cravos e acnes, substituindo emolientes sintéticos e químicos. No ambiente pode ser borrifado para relaxamento da mente e indução do sono. Borrifar no travesseiro antes de dormir garante uma noite de sono mais tranquila."

Preço: R$27,90 (200 ml) 




"Mantenha a pele limpa e refrescada. O tea tree possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e antimicrobianas, que ajudam a afastar as bactérias causadoras das acnes. A toranja é rica em vitaminas e também funciona como um adstringente leve, enquanto o junípero é antisséptico e ajuda a conservar a pele limpa e revigorada. Use a qualquer hora do dia para manter a pele renovada ou use na limpeza facial e na remoção da maquiagem."

Preço: R$66,50 (250g) ou R$33,20 (100g)



Como eu tenho usado:

1) Como "água termal"
Tem feito muito calor e a minha pele fica oleosa ao longo do dia. O ideal seria poder lavar o rosto e reaplicar protetor solar e maquiagem. Na prática, a maquiagem permanece no meu rosto por mais de 8 horas por dia. Nesse meio tempo, borrifo diretamente no rosto, espero secar mas sem esfregar, como se fosse uma água termal. Dessa forma, devido às características antibacterianas do tea tree, ambos os produtos evitam a formação de cravos e espinhas e deixam a pele mais "fresquinha", sem precisar retocar o pó, que no caso não beneficiaria a pele em nada, apenas daria efeito matificante.

2) Como tônico
Após a limpeza da pele com sabonete, aplico em um algodãozinho no rosto, fazendo movimentos circulares. Embora ambos sejam destinados a essa função, na minha pele nenhum deles foi suficiente para controlar a oleosidade e evitar o aparecimento de cravos e espinhas. Eu preciso de algo mais potente. Nesse caso, o que funciona melhor pra mim é misturar no algodão/toalhinha: vinagre de maçã + 3 borrifadas do hidrolato ou tônico da Lush. O cheiro não é dos melhores, mas essa combinação é excelente para a minha pele.

3) Refrescar o corpo
No final do dia, tenho usado no pescoço e no colo para refrescar e sinto que tanto os hidrolatos como o toner da Lush conseguem refrescar e "desinfetar" a pele. Eu gosto dessa sensação de refrescância que ambos dão.

4) Misturar no desodorante de cristal
Ao invés de molhar a pedra hume (desodorante de cristal de alúmen de potássio) com água apenas, borrifo com o hidrolato na pedra antes de passar nas axilas. Como o tea tree tem propriedades antissépticas, ele melhora um pouco a eficácia do cristal como desodorante.


Cheiro:
Nenhum deles é super forte nem super cheiroso. Ambos são suaves e lembram bastante o tea tree, que não é muito bom como a lavanda ou a rosa, na minha opinião.


Considerações finais:

Na minha opinião, são dispensáveis na rotina de cuidados faciais e eu vejo estes produtos mais como frescurinhas que possuem suas vantagens e facilidades. O ideal seria tomar banho e lavar o rosto com mais frequência, mas na prática nem sempre é possível e esses produtos ajudam no calor, principalmente quem tem a pele propensa à acne e transpira bastante.

O toner da Lush é água com adição de óleos essenciais, contém perfume e parabeno, enquanto o hidrolato é o resíduo da produção de óleos essenciais, acrescido de preservativos sintéticos não possivelmente tóxicos: benzoic acid e dehydroacetic acid. Na prática, quem tem mais experiência com óleos essenciais teria como fazer um DIY do toner da Lush caseiro (OE de Junípero + Grapefruit + tea tree diluídos em água. Como não vai ter conservante, a validade será reduzida), mas o hidrolato não teria como fazer. Além disso, o preço do hidrolato da Herbia é mais convidativo que o da Lush.

Obs: nem todo hidrolato é igual. Já testei os hidrolatos da Bioessência e continuo preferindo os da Herbia.

Obs: existem outras comparações que podem ser feitas com o Eau Roma Water da Lush e os hidrolatos de rosa e lavanda, por exemplo, mas eles funcionam melhor em peles sensíveis e normais/secas, que não é o meu caso.

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Sublime - Ritual Box de Junho: Spa moment


Para quem não conhece, a Ritual Box é um serviço de assinatura mensal de cosméticos cruelty free, veganos e preferencialmente naturais e orgânicos. Cada mês a caixa é enviada à assinante obedecendo a um ritual de cuidados ou um tema determinado. Para mais informações, visite o site da Sublime.

Neste mês a Sublime Rituais caprichou e selecionou cosméticos com o tema "Spa Moment". A escolha dos produtos foi pensada em um ritual de limpeza de pele facial e corporal, aliada à aromaterapia proporcionada pelos óleos essenciais presentes nos produtos. 

De todas as caixas que eu recebi da Sublime, essa foi a que eu mais me identifiquei e gostei dos produtos, principalmente porque eu tenho a pele facial oleosa e sensível. Por essa razão, eu estou sempre buscando por produtos muito específicos, que exercem função de remover oleosidade e ao mesmo tempo não agredir a pele.

Para começar, começo falando sobre o produto que mais me surpreendeu:

Sabonete de Eucalipto, Cedro, Limão Siciliano e Petit Grain da Boa Saboaria


A BOA é uma saboaria artesanal a qual fabrica sabonetes vegetais naturais, sem sulfatos, sendo a maioria deles vegano (alguns contém cera de abelha e própolis). 

Vale a pena citar a descrição deste sabonete porque eu senti exatamente isso:
Usando somente óleos naturais essenciais que têm o poder de restaurar o equilíbrio e a harmonia de nossos corpos, mente e emoções, trazemos para nós, o espírito e a alma das plantas, na forma mais concentrada de energia vegetal. Eles entram nas fórmulas da BOA, porque além de serem poderosos anti-sépticos, antibióticos e rejuvenescedores para a pele, suas fragrâncias naturais atuam de forma sutil no centro do nosso cérebro, trazendo surpresas e um êxtase silencioso pro nosso dia.
A fragrância cítrica e refrescante é deliciosa, perfuma o banheiro e deixa uma sensação de bem estar, muito agradável.

O sabonete limpa bem a pele sem ressecar e ainda dá uma leve hidratada devido à presença de óleo de amêndoas e azeite de oliva. Por esse motivo, não deixou a sensação de pele repuxando ou deu efeito rebote. A ausência de sulfato faz desse sabonete ser ideal também para peles sensíveis. 

Usei tanto no rosto como no corpo e percebi que ele funciona para ambos. Notei como ele foi capaz de cicatrizar e secar mais rápido machucadinhos e espinhas. Isso é graças à argila verde e aos óleos essenciais.

Cortei ao meio para usar no rosto e corpo. Ao cortar o sabonete em pedaços menores, economiza-se bastante, já que ele não fica inteiro derretendo em contato com a água.

Junto com o sabonete, veio uma bucha vegetal e eu gostei de usá-la nos pés.

Quem gosta de sabonetes artesanais, vale a pena experimentar!


O preço é bem carinho, mas levando em consideração os seus benefícios e que são sabonetes artesanais e naturais, possuem matéria prima de qualidade e demoram cerca de 40 dias para ficarem prontos (pelo processo cold press), acho que de vez em quando, num sábado de tarde ou num banho depois de um dia sem graça, é muito interessante.

Os outros sabonetes da marca também são tentadores: http://www.saboariaboa.com.br/

Água Floral Orgânica | Hidrolato de Lemongrass da Herbia e Argila verde da Terramater 

 

Eu já falei sobre o hidrolato de Tea Tree neste post, mas o de Lemongrass foi novidade pra mim. Ele possui um cheiro suave de chá (capim limão). O hidrolato contém o resíduo da fabricação de óleo essencial (no caso, capim limão e melaleuca), no qual são preservados basicamente os mesmos benefícios dos OEs. A diferença entre um hidrolato e um óleo essencial é que o hidrolato é bem menos concentrado. Dessa forma, o considero mais fácil de usar, principalmente em quem não tem o hábito de usar óleos essenciais.

Tanto o Lemongrass (capim limão) como o Tea Tree (melaleuca) são considerados benéficos à pele, principalmente as oleosas e com tendência a acne, já que são antissépticos, adstringentes, fungicidas e anti-inflamatórios. Pode ser usado como:

- tônico adstringente (borrifar em algodão ou toalhinha),
- borrifado diretamente no rosto ou no corpo;
- misturado à argila para máscara facial (até formar uma pasta homogênea);
- misturado à água para escalda pés (para matar os fungos!), 

Eu já experimentei hidrolatos de outras marcas, como o da Bioessência, mas o da Herbia é imbatível, na minha opinião.


Já comentei aqui no blog bastante sobre a argila verde. Ela é um produto que sempre salva a vida. Quando a pele tá um caos, sobrecarregada de maquiagem, oleosidade, sujeira, poluição, cravinhos e espinhas... é só lavar bem e aplicar a máscara de argila verde para que a pele volte a ter dignidade novamente. E é super importante hidratar bem a pele depois para evitar o efeito rebote.

Eu tenho um pacote de 1 kg que comprei por R$10 e não vi diferenças de resultados entre essa argila em sachê da Terramater. Pelo que pesquisei, o que difere entre elas é a forma de extração da argila e sua origem. A orgânica é proveniente de solos que não sofreram a ação de agrotóxicos.

Preço: Argila - R$8 e Hidrolato - R$28

Creme Esfoliante Corporal Andiroba com Lavanda, Alecrim e Sementes de Apricot da Arte dos Aromas



Achei o esfoliante orgânico da Arte dos Aromas bastante eficiente em remover células mortas da pele e ativar a circulação do corpo. Ele possui uma concentração ideal de grânulos obtidos da casca da semente de andiroba. Ao mesmo tempo, a manteiga de cacau e a aloe vera presentes na composição, deixam a pele macia e levemente hidratada, sem ficar oleosa. O cheiro é cítrico e refrescante proveniente dos óleos essenciais de lavanda, laranja, limão, alecrim e capim limão.


Por mais que eu adore testar esfoliantes corporais, eu AMO fazer os meus próprios esfoliantes a base de pó de café (pode ser a borra) e óleo de coco (o cheiro de café com coco é sensacional!), ou açúcar, óleo vegetal e óleo essencial de hortelã. Eles deixam a pele do corpo um pouco oleosa, mas eu não ligo.

Por essa razão, esse é o único produto da box que eu talvez não compraria, já que eu consigo fazer esfoliantes caseiros e economizar $. Mas quem não quer fazer em casa e procura por esfoliantes corporais ecológicos (sem micropartículas de polímero que são altamente poluentes), essa é uma opção.

Preço do esfoliante: R$39 por 188g


A revistinha que veio esse mês, a "Sublime Mag", contou com receitinhas árabes veganas maravis e super fáceis de fazer! Olha só esse falafel:



Na minha opinião, a caixa desse mês compensou o valor pago e foi mais proveitosa para quem tem pele mista/oleosa/acneica e curte uma aromaterapia. Para completar o momento spa, achei que faltou um óleo corporal de banho. Mas de qualquer forma, fiquei muito satisfeita com os produtos.

Preço total dos produtos desse mês: R$94
Preço da Ritual Box mensal: R$85 | trimestral: R$82 | semestral: R$79


A assessoria da Sublime Rituais me enviou a caixa para teste. A resenha dos produtos foi feita baseada na minha opinião sincera e o resultado na minha pele. O resultado pode variar de acordo com o tipo de pele de cada um.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Resenha: Hidrolato de Tea Tree da Herbia para peles oleosas e/ou acneicas


Descobri há pouco tempo o que é o hidrolato e vou explicar rapidamente aqui para quem se interessa por produtos naturais e orgânicos. Hidrolatos (também chamados de hydrosol, essential water, herbal distilate ou floral water em inglês) são subprodutos da produção de óleos essenciais obtidos através da destilação de plantas aromáticas.

Geralmente o pH dos hidrolatos varia de 5 a 6, fazendo com que possam ser usados diretamente na pele, como tônicos faciais, misturados em argila para máscaras, spray corporal etc. Os óleos essenciais quando aplicados diretamente na pele podem causar irritação por terem alta concentração. No entanto, o hidrolato possui as mesmas características dos óleos essenciais, mas com baixa concentração.

O tea tree (Melaleuca alternifoliaé especialmente indicado para peles oleosas e/ou acneicas. Vários estudos científicos indicaram o tea tree como uma alternativa ao benzoyl peroxide (um ácido eficaz contra acne). Alguns estudos a respeito das propriedades do OE de tea tree na pele são: esse, esse, esse e esse. Uma das vantagens é que o tea tree não provoca os efeitos colaterais que esses ácidos geralmente provocam (irritação, vermelhidão, descamação e ressecamento excessivo da pele). É uma alternativa mais natural e cruelty free (infelizmente esses ácidos em gel para acne são medicamentos e pertencem à laboratórios que testam em animais). Acho válido investir em alternativas naturais - e muitas delas são eficazes - quando se quer evitar cosméticos não-veganos. 

* Observação: alguns óleos essenciais são contra-indicados em casos de: alergia, gravidez, pressão alta, epilepsia, ferimentos abertos, diabetes, erupções cutâneas.



As formas de uso que eu experimentei até agora foram:

- Como solução na máscara de argila verde



Misturo 1 colher de argila verde com 1 colher de hidrolato mais 1 colher de água ou chá pronto.
Ambos ajudam na cicatrização de espinhas, diminuição de cravos, ativar a circulação e remoção de oleosidade. Deixo a máscara agir por 10-15 minutos e enxáguo. É importante hidratar bem a pele em seguida.

- Como tônico adstringente
Não borrifo na pele, mas em um algodãozinho. Achei que borrifar diretamente irrita um pouco a pele. Não é tão eficaz em remover resíduos de maquiagem ou sujeira na pele, mas remove oleosidade. Aplico ao acordar. Também misturei no meu tônico caseiro e ficou maravilhoso!! Gostei tanto que nem quero usar outro. Ah, e usar geladinho é excelente para fechar os poros. Receita nesse post.

- Spray para desodorizar os pés
O tea tree tem ação bactericida e fungicida. Por essa razão eu aplico depois do banho com os pés limpos e evito proliferação de fungos e bactérias.

- Secativo de espinhas
Olhando a composição de alguns secativos naturais de espinhas, vi que o OE de tea tree era o agente principal deles junto com a lavanda. A vantagem dele é que não provoca ressecamento em volta da pele como o ácido salicílico, por exemplo.
Apesar de poder usar o óleo essencial de tea tree na região da espinha com uma haste de algodão, o hidrolato é uma alternativa mais suave para quem tem pele sensível e também ajuda a cicatrizar. Eu não tenho problemas com o OE, então eu ainda prefiro usá-lo quando tenho alguma inflamação/espinha.

O hidrolato da Herbia custa R$22,90 no site da Herbia.

A assessoria da Herbia me enviou o hidrolato para teste. A resenha foi feita baseada na minha opinião sincera e o resultado na minha pele. O resultado pode variar de acordo com o tipo de pele de cada um.