Mostrando postagens com marcador Comida de rua. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Comida de rua. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 13 de abril de 2016

Onde tomar sorvete vegano em BH


Fonte

Em Belo Horizonte não é mais possível comprar os sorvetes da Tofutti, mas a boa notícia é que não faltam opções para quem é vegano. Questionei os SACs de algumas sorveterias que oferecem sorvetes veganos em BH e selecionei os meus preferidos neste post.

É importante lembrar que 0% lactose não significa que um sorvete seja isento de leite ou gorduras de origem animal. As casquinhas também podem conter leite na composição. Para ter certeza, o mais confiável é perguntar ao SAC e confirmar com o atendente no local.


1. LULLO GELATO



Os sorvetes italianos ou gelatos da Lullo são os mais saborosos de BH, na minha opinião. Os sabores veganos são: manga, maracujá, framboesa, amora, morango, limão siciliano e chocolate vegano. Eles estão indicados com uma bolinha verde na plaquinha (ver foto abaixo).




Endereço: Rua Antônio de Albuquerque, 617 - Savassi

Telefone: (31) 3656-0625

Site: http://www.lullo.com.br/

Página do Facebook:  https://www.facebook.com/lullogelato

Preço: R$10 o pote pequeno (foto), R$12 o médio e R$15 o grande. 


2. EASY ICE



A Easy Ice é uma sorveteria com inúmeras opções de sorvetes veganos - os sorbets, além do tradicional açaí. 

Quando perguntei se os sorbets eram isentos de ingredientes de origem animal, essa foi a resposta:


Endereços: BH Shopping, Pátio Savassi, Shopping Cidade e Rua Professor Moraes, 476 - Funcionários 

Telefone: (31) 3347-0861
Site: easyice.com.br

Página do Facebook:  https://www.facebook.com/Easyice/

Preço: pelo kg


3. SORVETERIA UNIVERSAL


A Sorveteria Universal é bastante antiga na cidade e de vez em quando oferece sorvetes em food trucks por diversas regiões de BH. 

Endereço: Av. do contorno, 1855 - Floresta

Telefone: (31) 9220-5990
Site: http://www.sorveteriauniversal.com.br/

Página do Facebook:  www.facebook.com/sorveteriauniversalbh/

Preço: pelo kg



4. INVENTIVA





A Inventiva separou um freezer inteiro somente com sorvetes veganos, os quais estão indicados com "0% lactose" nas placas. Alguns são à base de leite de soja, como o Choco Soja e o Banana Soja. A calda de chocolate também é isenta de ingredientes de origem animal. Os sorvetes não contém mono e diglicerídeos, gordura hidrogenada, corantes ou conservantes.


Endereço: Rua Grão Pará, 553, Santa Efigênia.

Telefone: (31) 3241-2342

Facebook: https://www.facebook.com/inventivasorvetes

Preço: R$ 62,90 por kg


5. GOCCIA DI LATTE



É uma gelateria italiana com sorvetes deliciosos. Não contém mono e diglicerídeos, gordura hidrogenada, corantes ou conservantes.


Não consegui contato via online, mas perguntei pessoalmente ao proprietério, o qual me disse que os sorbets são todos veganos - manga, amora, figo, papaya, melão, maracujá e limão siciliano. É preciso confirmar os demais sabores com o atendente, que podem variar a cada dia.

Endereço: Av. Álvares Cabral, 1039 - Lourdes

Telefone: (31) 9814-8614

Site: http://www.gocciadilatte.com.br/

Preço: R$10 o pote pequeno, R$12 o médio e R$15 o grande. 


6. ALESSA



Endereço: Rua São Paulo, 2112 - Lourdes

Telefone: (31) 3292-2588

Facebook: https://www.facebook.com/AlessaGelato

Site: http://www.alessagelato.com.br/

Preço: 
R$10 o pote pequeno, R$12 o médio e R$15 o grande. 




Além desses lugares, há opções veganas também para comprar: 

- Le Sorbet - 11 opções picolés veganos, exceto o de banana com mel e o de Nutella. 
Onde comprar em BH: http://www.lesorbet.eco.br/

- La Naturelle 
Os sorbets são veganos e orgânicos.
Onde comprar em BH: http://www.lanaturelle.com.br/loja/loja/listaLojas/MG/Belo%20Horizonte

- Sorveteria Pinguim Av. Brasil c/ Rua Timbiras (os sorvetes veganos estão indicados em uma plaquinha)


Obs:  A lista está em construção, já que a cada dia que passa, surgem mais opções. 


Por que não consumir leite? 

Em um copo de leite há tanto sofrimento quanto em um pedaço de carne. A vaca para produzir leite precisa estar constantemente grávida, o que significa que vai ser preciso arrumar um destino para o bezerro toda vez que se quiser produzir leite. E esse destino é sempre o abatedouro. O bezerro também será separado de sua mãe logo quando nascer para que não beba parte do leite. Os animais não deveriam ser considerados produtos ou objetos para uso humano. Mesmo em produções caseiras pequenas e para uso próprio, os animais são comprados, explorados e mortos no final – até o momento nunca ouvi falar de alguém que enterrasse uma vaca de velhice.

sexta-feira, 4 de março de 2016

3 ideias de marmitas veganas fáceis de fazer

Quem costuma ficar o dia inteiro fora de casa sabe como pode ser difícil encontrar um almoço com muitas opções veganas saudáveis disponíveis. Além disso, é muito mais barato criar o hábito de preparar e levar lanches e marmitas de casa.

Uma das coisas que me ajudou muito foi comprar uma marmiteira elétrica, dessas que aquecem a água. Ao invés de colocar a comida na vasilha de plástico que vem na marmiteira eu prefiro usar uma de vidro porque acho que o gosto e o cheiro ficam muito melhores e são mais fáceis de lavar. Se não tiver uma geladeira disponível, transporte a marmita em bolsas térmicas para evitar que a comida azede e estrague.



1. Salada de macarrão

A grande vantagem da salada de macarrão, além de ser uma delícia, é a praticidade, não precisa aquecer para comer. Para fazer é só cozinhar macarrão, pode ser parafuso ou pene (escolha uma massa sem ovos) e misturar com os legumes que tiver na geladeira. A minha levou macarrão parafuso de arroz (esse é da marca Urbano - massa sem ovos), grão de bico, abacate, tomate, pepino e pimentão. Temperei com limão, azeite, sal, ervas finas e pimenta preta.



2. Sopa estilo missoshiro com bifum

Como o bifum (macarrão de arroz) cozinha apenas em 1 minuto com água quente, é possível levá-lo desidratado, juntamente com outros alimentos secos e temperos, bastando acrescentar água fervente antes de comer. Nesse caso, é preciso usar uma marmiteira para ferver água. O vidro para levar pode ser reaproveitado de óleo de coco ou azeitona. Outra ideia é o pote de vidro com tampa hermético.

Existem várias receitas de sopa instantânea de bifum por aí. Para a minha eu usei bifum, alga nori picada, cenouras, tofu defumado, lascas de gengibre, missô (pasta de soja fermentada), limão e shoyu.



3. Sanduíches

Outra opção super prática é levar sanduíches: pão de forma integral com hommus (pasta de grão de bico, tahine, limão e sal), alface e tofurky. Pode manter em geladeira e comer frio. Também gosto de fazer sanduíches com o presunto vegano da Goshen assado ou com hambúrguer de arroz com feijão. A receita que eu faço no olhômetro é: bater no processador arroz e feijão cozidos, depois mistura com shoyu, temperos e farinha até desgrudar da mão. Modelar em forma de hambúrguer e grelhar na frigideira até dourar. Fica muito bom!



terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ogrando em São Paulo | Stuzzi, Jedi's e Loving Hut

Já mostrei alguns lugares de onde ograr "veganamente" em São Paulo nessenesse e nesse post, lembram? Vou indicar agora mais algumas opções veganas que eu conheci, gostei muito e valem a pena conferir.


1. Jedi's 


O Jedi's é um restaurante temático inspirado em Star Wars. A decoração é toda pensada nos pequenos detalhes: de lightsabers na parede à imagens dos personagens nos banheiros (Princesa Leia no feminino, Luke no masculino e Yoda no banheiro para cadeirantes). Achei que ficaram faltando imagens dos fofos dos Ewoks (eles são tão underrated...), mas ainda sim, a experiência de conhecer o lugar foi muito interessante.

Há 2 opções de hambúrgueres veganos:

355 Vegano Vader – R$ 34,90
(Maionese vegana Yoda, shitake, hambúrguer de soja e alface à Juliana)


356 Vegano Yoda – R$ 34,90
(Maionese vegana Yoda, tomate, hambúrguer de soja e brotos de rúcula)


O restaurante é pequeno, por isso costuma lotar nos finais de semana.




Hambúrguer "Vegano Yoda" - pão integral com grãos de quinoa, maionese vegana de ervas, alface, shimeji e hambúrguer de soja com legumes (parecido com aqueles vendidos unitários da Ecobrás e da Samurai)


Selfie mangolona no banheiro feminino com a Princesa Leia (bem diferente!) e uma delícia de hambúrguer vegano.

Que a força vegana esteja com você!

Endereço: Rua Verbo Divino, 1194, Chácara Santo Antônio (próx. metrô Granja Julieta)
Segunda à Domingo: 11:00-00:00
Telefone: (11) 2387-2552 / 2387-2553
https://www.facebook.com/jedisburgeregrill


2. Stuzzi


A Stuzzi é uma sorveteria (ou gelateria italiana) com várias opções veganas. A recepção ao público vegano é tão grande, que lá é mantido um quadro informando que são "vegan friendly", no qual o símbolo de "V" em frente ao sorvete, significa que é vegano, ou seja, sem leite ou qualquer outro ingrediente de origem animal. Ia ser bom demais se um dia "veganizassem" todos os sabores.




Veganos: Morango, Mix de castanhas, Chocolate Tanzânia, Chocolate com amêndoas e Pistache

Chocolate com amêndoas - símbolo com indicação de vegano

Preço: R$12 por 2 bolas

Todos os sabores são maravilhosos, mas o de pistache é simplesmente perfeito!


Rua Zacarias de Góis, 1419 - Campo Belo (próximo ao aeroporto de Congonhas)
Telefone: (11) 4329-2103
Obs: Há também uma unidade no Vila Madalena.
http://www.stuzzi.com.br/
https://www.facebook.com/stuzzicomelitalia

3. Loving Hut


O Loving Hut é uma cadeia de fast food internacional, sendo esta em São Paulo, uma das 3 unidades no Brasil (tem outra em Goiânia!). O restaurante é totalmente vegano e funciona como buffet: livre à vontade (R$32) ou R$40 o kg.

Uma das coisas mais legais é que há comida de todo tipo e para todos os gostos: yakissoba, sushis, pão de queijo, bolinhos fritos, cogumelos, esfihas, pastéis e muita salada.



Strogonoff, tofu, bolinho de batata doce e bolinho de mandioca <3


Rua França Pinto, 243 Vila Mariana
Terça a Sexta 11:30 - 15:00 | Sábado e Domingo 12:00 - 15:30 | Fechado às Segundas
Telefone: (11) 5082 2267 / 2385 2125
Quem estiver na galeria do rock pode dar uma passadinha na loja Art Vegan e experimentar doces e salgados veganos. Além de comidinhas, lá tem a venda roupas com mensagens veganas, livros e produtos de higiene

As trufas são um caso de amor antigo, desde a época que pertencia à Genevy.

Preço: R$3,00


Avenida São João, 439 - 3º Andar - Loja 429 - Galeria do Rock
Telefones: (11) 3333-6576 e 3222-6702
Horário de funcionamento - de 2ª à sábado das 10:00h às 18:00h.

Qual é o melhor lugar para ograr veganamente em São Paulo? 

sábado, 4 de julho de 2015

Opções veganas da Lucy Sanduicheria em BH

Aqui no blog eu sempre mostro opções de sanduíches veganos na cidade. Pra mim não tem comfort food melhor que hambúrguer e sempre que conhecer um novo e gostar, tentarei mostrar aqui no blog.

Conheci ontem mais um restaurante com opções veganas em Belo Horizonte, a Lucy Sanduicheria. O local foi inaugurado no final do ano passado, já oferecendo um sanduíche artesanal vegano. Há algumas semanas lançaram mais um no cardápio atendendo a solicitações de vegs. Segundo uma das responsáveis, a Mônica: "confesso que me impressionei muito positivamente com o público vegetariano e vegano de BH, não tinha conhecimento de que era tão extenso!" 

No cardápio tem as fotos de todos os sanduíches e o nome de cada sanduíche é inspirado em um filme, já que antigamente lá funcionava uma locadora de filmes.


Os 2 sanduíches veganos são o "Na Natureza Selvagem" (Into the Wild) e o Machete. Curiosidade: o compositor da trilha sonora do filme Into the Wild, Eddie Vedder, é vegetariano!

Multiplica!

Pedimos um sanduíche de cada e mais um acréscimo de fritas.

 Pão árabe, hambúrguer de milho com cebola e canela, folhas de rúcula, salsa de tomate e nachos

Pão árabe, hambúrguer de grão de bico, alfafa, cogumelos paris, abobrinha grelhada, alface americana e molho pesto. 

Batatas sequinhas, douradas e crocantes.

Os hambúrgueres são grelhados em chapas separadas e não são fritos. Eles também não são "massudos" e são compostos basicamente por grão de bico, cenoura e tempero, e no caso do Machete: milho cozido, pitada de canela e cebola. O acompanhamento de nachos com salsa de tomate e batata frita fez a diferença.

Ambos os sanduíches são muito saborosos, com ingredientes de qualidade e leves. O sanduíche mais gostoso na minha opinião é o Na Natureza Selvagem. Achei o molho pesto maravilhoso e a combinação de cogumelo, abobrinha e pão árabe foi perfeita.

O preço de cada sanduíche é R$29,90. É importante lembrar que esses são sanduíches de altíssimo nível, feitos para serem saboreados. Achei eles muito saudáveis, matam a fome sem deixar peso na consciência.


O ambiente da Lucy é pequeno, aconchegante e tem decoração fofa.

Fomos muito bem atendidos pela Naiara e os sanduíches ficaram prontos em menos de 15 minutos. Certamente voltarei com os amigos e família.


Lucy Sanduicheria
Endereço: Av. Uruguai, 746 Loja 04 – Sion – Belo Horizonte
Telefone: (31) 2535-3344
Horário de funcionamento da cozinha: Seg a Qui: 10:30 às 22h / Sex e Sáb: 10:30 às 23h
Oferecem serviço de entrega em domicílio.

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Roliçando em São Paulo - parte 3

São Paulo é a cidade mais vegan friendly do Brasil e sempre que eu tenho a oportunidade de viajar pra lá, aproveito pra conhecer alguns restaurantes e lanchonetes veganas ou com opções veganas no menu. A cada dia surgem lugares novos adequando o cardápio ao público vegano e eu fico bastante emocionada de ver que o veganismo vem crescendo e conquistando seu espaço aos poucos, rumo ao objetivo de dominar o mundo.

Já mostrei alguns lugares em São Paulo nesse, nesse e nesse post, lembram? Estou longe de zerar a rota vegana da cidade e isso é muito bom. É importante para o veganismo que pessoas não-veganas tenham facilidade em encontrar rango vegano fora de casa, até para desmitificar a ideia de que é impossível comer bem fora de casa sendo vegano, seja na hora de almoço do trabalho ou no encontro com os amigos à noite.

Lá tem tanta opção que é exatamente assim que eu me sinto quando conheço um restaurante vegano ou com menu vegano:


Dancinha fofa de Ewok! Só que ao invés de Endor é a batalha contra o carnismo.

Essas foram as minhas últimas orgias aventuras gastronômicas por lá. Recomendo todos esses lugares. Amei tudo e voltarei neles com certeza!

1. Piolla no Jardins


É uma pizzaria italiana que possui filiais em algumas cidades do Brasil, mas apenas a unidade do bairro Jardins possui um menu totalmente vegano. É um lugar muito bacana para encontros e comemorações com amigos ou família.


Menu vegano:


Como eu amo crosta de pizza, não pude deixar de pedir uma porção de crostinis com 4 tipos de molhos: azeitona, pesto, tomate e rúcula. Os crostinis são crocantes e vem com azeite, sal e orégano.


A pizza escolhida foi metade Varzi / Rossa:


O recheio das pizzas é feito com Mandiokejo e a massa não contém ovos ou leite.

O preço é um pouco salgado, que acredito se dever principalmente à qualidade das pizzas, localização e infraestrutura. Achei tudo uma delícia e tive bom atendimento!

Endereço: Alameda Lorena, 1765 – Jardins – São Paulo-SP
Site: www.piola.it
Facebook: www.facebook.com/piola.jardins
Telefones: (11) 3064 6570 / Delivery: (11) 3061–2221

Horário de funcionamento:
De domingo a quinta-feira das 18 à 1 hora
Sexta e sábado das 18 às 2 horas
Delivery: das 18 horas às 23h59

2. Casa Elli


É uma gelateria italiana phyna e super agradável com várias opções de sorvetes e sorbets veganos maravilhosos, sem derivados de leite.





Avelã e Chocolate 70% cacau, ambos sem leite 

Detox (abacaxi, couve, água de coco)

Os sorvetes são super cremosos e saborosos mesmo. O de chocolate 70% tem gosto bem forte. Já o de avelã é suave. A mistura dos dois ficou bastante interessante, algo como um sorvete de nutella sem o açúcar excessivo.

Infelizmente não aguentei experimentar o de pistache que também tinha opção vegana, mas fica para uma próxima. 

É importante frisar também que as frutas usadas são orgânicas.

Ah, e o atendimento é ótimo. A atendente soube me explicar direitinho quais eram os sorvetes veganos.

Endereço: Alameda Tietê, 163 - Jardim Paulista, São Paulo
Tel: (11) 3063-4741
Horário: Domingo à Quinta - Feira: 12.00 - 24.00 | Sexta - Feira e Sábado: 12.00 - 01.00

Além da Casa Elli e a sorveteria Soroko (mostrada no post anterior), existem outras gelaterias que oferecem sorvetes veganos: Stuzzi e Padaria Bella Buarque.

3. Panda Express


O Panda Vegetariano é um restaurante de comida asiática/brasileira self service totalmente vegano localizado no centro de São Paulo, próximo da estação Anhangabaú. Também tem a opção de buffet livre por R$26.

Como se pode ver pelo prato, tem comidas saudáveis e outras nem tanto (várias frituras!):


O sorvete a base de leite de soja é cortesia da casa! Esse é de milho verde, mas tinha opção de chocolate também.

Muito, muito bom!

Os funcionários são solícitos e simpáticos.

Endereço: Rua Líbero Badaró, 137 - 1º andar – Centro
Facebook: https://www.facebook.com/Pandavegetariano
Seg - Sex: 11:30 - 15:00
Tel: (11) 3106-1720

Outra opção no Centro/República é o restaurante Apfel (ovo-lacto-com-opções-veganas).

Para mais dicas de onde comer em São Paulo, não deixe de visitar o http://rotaveg.com/, um blog maravilhoso!