segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Top 6 sabonetes veganos para peles oleosas

Desde a minha adolescência eu tenho usado toneladas de produtos no rosto recomendados por dermatologistas ou comprados por conta própria porque me incomodo profundamente com a minha pele oleosa. Uma das coisas que eu aprendi nesse processo é: se possível, afastar dos produtos de farmácia, mesmo os considerados cruelty free e veganos voltados para peles acneicas e oleosas (a não ser que tenha um problema mais grave). Isso porque a maioria deles retira excessivamente a oleosidade da pele e contém substâncias agressivas para peles mais sensíveis, o que acaba piorando a situação, como ressecamento excessivo em certas áreas do rosto e efeito rebote em outras. Além disso, alguns sabonetes de farmácia contém triclosan e substâncias que podem gerar superbactérias resistentes a bactericidas. Veja mais aqui e aqui

Outra coisa que considero importante é aprender sobre a própria pele, o que agrava e o que funciona melhor. No meu caso, eu sei que a alimentação não interfere, mas passar por períodos estressantes aumenta consideravelmente a oleosidade e o aparecimento de cravos e espinhas. Como é praticamente impossível não passar por momentos estressantes, sinto que é possível contornar a piora da condição da pele com uso tópico de certos produtos.

O melhor tônico da vida para mim é o vinagre misturado com água e óleos essenciais de tea tree e hortelã (já falei aqui). Outra coisa que melhora a vida é a máscara de argila pelo menos 2 vezes por semana no verão. E claro, escolher um bom sabonete para limpeza diária também é super importante.

Todos esses sabonetes citados abaixo deram certo comigo. Eles não sugam a oleosidade da pele excessivamente, mas limpam com eficácia e possuem propriedades antibacterianas (devido à presença de óleos essenciais). Eu prefiro os sabonetes em barra porque são mais baratos e duram bem mais que os líquidos. 


1. Argila Verde da Arte dos Aromas





Apesar de estar indicado para ser usado no corpo, eu uso no rosto. Já usei antes algumas vezes no passado e como estamos no verão, tem sido meu preferido no momento. Uso 2 vezes por dia e tenho percebido que a minha pele mais regulada, tem aparecido menos cravos e ao mesmo tempo não está ressecada. Ele faz uma limpeza profunda, remove toda a maquiagem sem dar efeito rebote. O cheiro também é bem suave e agradável - ele possui óleos essenciais de hortelã, lavanda e capim limão. Outro aspecto positivo é que ele não derrete facilmente e dura uns dois meses em saboneteira que drena. Preço: R$14,00 na loja Capym Store


2. Coal Face da Lush

Esse sabonete é um best seller da Lush e não é à toa. A presença do carvão remove impurezas da pele e faz uma leve esfoliação. Ele também remove a oleosidade da pele sem ressecar. Eu noto que ele seca espinhas mais rapidamente. Dura meses se guardado em saboneteira que drena. Os pontos negativos são a presença de sulfato na composição (que pode causar alergia, irritação e ressecamento em certas pessoas) e o preço salgadinho. Tem resenha dele nesse post. Preço: R$41,80 por 100 g.



3. Antiacne da Granado


Ele não é exatamente o melhor em termos de composição, mas é um produto acessível e pode ser encontrado facilmente em caso de não ter acesso a algum desses outros sabonetes. O cheiro dele não é dos melhores (o enxofre é pronunciado), mas eu noto que seca espinhas e machucadinhos muito mais rápido. Por isso ele é mais indicado para quem sofre com espinhas. Ele faz uma limpeza profunda mas senti que resseca um pouco a pele, por isso não pode descuidar da hidratação depois da limpeza. Preço: R$9,50 na loja virtual ou em farmácias.


4. Parsley Porridge da Lush


Eu recebi uma amostra dele em uma compra no site da Lush e logo de cara já gostei da composição: não possui sulfato, contém aloe vera, glicerina, óleo essencial de tea tree (bactericida "do bem"), aveia, salsinha e mais vários extratos vegetais. O cheiro do tea tree, do grapefruit e ervas estão bem pronunciados nesse sabonete que não tem o melhor dos perfumes. Ele vem com umas bolotinhas brancas de aloe vera, óleo de coco e farelo de aveia que hidratam a pele. Dessa lista, este é o sabonete mais hidratante de todos. É provável que quem possui a pele mista e/ou sensível se adapte bem a ele. Preço: R$30 por 100 g.

Ingredientes: Tea Tree Infusion, Rapeseed Oil and Coconut Oil, Glycerine, Sorbitol, Fresh Aloe Gel, Water (Aqua), Fresh Parsley, Fine Ground Oatmeal, Thyme Oil, Sandalwood Oil, Grapefruit Oil, Tea Tree Oil, Titanium Dioxide, Sodium Chloride, Chlorophyllin, Limonene, Geraniol, Farnesol, Linalool, Perfume, EDTA, Tetrasodium Etidronate, Sodium Hydroxide.


5. Argila da Boa Saboaria



O sabonete de argila verde da Boa Saboaria tem o melhor perfume de todos esses da lista, devido aos vários óleos essenciais na composição (limão siciliano, eucalipto, petit grain e cedro). Ele pode ser usado tanto no corpo quanto no rosto e não provoca ressecamento da pele. Comentei mais sobre ele nessa resenha. Preço: R$20,90 na loja da Sublime ou na loja virtual da Boa Saboaria Natural.


6. Argila Vermelha da Reserva Folio




Geralmente os sabonetes com argila (procure na composição por "kaolin" ou "kaolin clay") são muito eficazes para remover impurezas, estimular a circulação sanguínea e regular a oleosidade da pele. As argilas mais eficazes para peles oleosas são a verde e a vermelha. No caso desse sabonete, que é bastante adstringente, além da argila vermelha, ele contém também aloe vera e óleos de macadâmia, palma e babaçu, que ajudam a evitar o ressecamento da pele. E o cheiro é muito bom! Algumas pessoas usam esse sabonete até no cabelo, como a Michele do blog Tantas Plantas. Eu ainda não criei coragem por medo de ressecar. Obs: o sabonete de argila verde da Reserva Folio não é vegano porque contém própolis. Preço: R$14,70 por 90 g (possui certificação de orgânico do IBD)


Posts úteis:
http://belezavegan.blogspot.com.br/2013/10/resenha-hidrolato-de-tea-tree-da-herbia.html
http://belezavegan.blogspot.com.br/2014/03/5-opcoes-veganas-de-secativos-de.html
http://belezavegan.blogspot.com.br/2014/07/diy-hidratante-facial-para-peles.html
http://belezavegan.blogspot.com.br/2013/09/receita-diy-tonico-vegano-caseiro-para.html

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Resenha | Nutritional Yeast da VeganWay


A loja Neo Kosmos me enviou esse pote de Nutritional Yeast da Vegan Way. Já comentei sobre a Neo Kosmos nesse post e para quem mora em São Paulo e quer fazer compras de cosméticos, suplementos e produtos de higiene e limpeza de várias marcas que não testam em animais (com várias opções veganas) em um lugar sem se preocupar se os produtos são cruelty free, é uma boa opção. Tem uma seleção muito legal de produtos!

Nutritional Yeast é uma levedura (um fungo) inativa (chamada Saccharomyces Cerevisiae)  bastante conhecida nos Estados Unidos. É similar, mas não se trata do levedo de cerveja vendido em supermercados. Ela contém:
  • 7 g de proteína por dose de 15 g
  • Todas as vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B6, B9 e B12)
  • B12 de origem confiável e procedência vegana
  • Fonte natural de Zinco, Selênio e Fibra Alimentar


O gosto é levemente amargo e azedinho, lembra o gosto de queijo. Nem toda levedura nutricional é igual. Fora do Brasil o Nutritional Yeast pode ser em flocos (como os das marcas Bragg e Red Star) e tem um gosto diferente ou melhor, na minha opinião.

A grande vantagem deste tipo de produto é poder adicionar nutrientes na comida, tornando qualquer prato mais rico em proteínas, minerais e vitaminas, principalmente a B12, sem comprometer as calorias. É bastante interessante para aqueles dias que comemos mal por algum motivo.


Eu testei adicionando em sopas de legumes, molho ao pesto, na massa do omelete de grão de bico, massa de hambúrguer, em molhos de saladas e no risoto. Deve ficar ótimo também em purê de batata, queijos veganos caseiros etc. Ele dá uma cremosidade a mais e um gostinho bom, na minha opinião.

Salada de brócolis e couve-flor com molho de tahine, limão e nutritional yeast

Risoto ao funghi com nutritional yeast

Macarrão e vegetais ao molho branco à base de castanha de caju e nutritional yeast  


O lado negativo é o preço: cerca de R$69 por 200g. Por outro lado, é bom saber que esse tipo de produto está sendo vendido no Brasil.

Página na Neo Kosmos:
https://www.facebook.com/Neo-Kosmos-Produtos-do-Bem-701868326517362/

Página da Vegan Way:
https://www.facebook.com/veganwaybrasil

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Sublime Rituais | Ritual Box de Dezembro


Para quem não conhece, a Ritual Box é uma caixa de produtos de beleza e higiene veganos, naturais e orgânicos por assinatura mensal que contém de 5 a 7 itens, incluindo tamanho full size, miniaturas e amostras grátis. O custo varia de acordo com o plano, que pode ser trimestral, semestral ou anual.

Esses foram os produtos que chegaram na Ritual Box de dezembro da Sublime - edição "Aromas de Natal":




Esse esfoliante facial de cristais de quartzo à base de sílica é genial! Os cristais possuem a granulometria ideal para fazer uma esfoliação eficaz, mas sem machucar ou irritar a pele do rosto. A grande vantagem dele é que você pode escolher misturar a quantidade que quiser no sabonete facial (líquido ou em barra). Se quiser uma esfoliação suave, é só colocar menos. E se quiser uma esfoliação mais hardcore, misture mais quantidade de cristais. A pele fica renovada e macia. Um sachê rende várias aplicações. Preço: R$9,40 (30 g).


Essa loção é à base de gel de aloe vera, extrato de moringa, funcho e óleo essencial de lavanda. A princípio, não parece ser muito eficaz em remover sujeira porque parece uma aguinha bem líquida e rala, mas eu coloco uma pequena quantidade no algodão, passo no rosto e o algodão sai sujo. A pele fica macia, limpa e levemente hidratada. Apesar de ser eficaz em remover resto de maquiagem e impurezas do rosto, eu gosto de uma limpeza mais profunda e essa loção é extremamente suave. Achei interessante usar quando não se tem acesso a água, como em viagens ou longos períodos fora de casa. No dia a dia, não achei tão bom para a minha pele, mas pode ser interessante para quem tem a pele seca ou muito sensível. Ah e se cair no olho vai arder! Preço: R$35,90 (210 ml)


O gel de banho gelado é refrescante durante o banho e ideal para o verão. Ele possui derivado de mentol na composição que é um agente responsável pela sensação geladinha, mas sem irritar a pele. Tem um cheirinho muito agradável de carambola, limpa bem a pele sem ressecar e faz uma espuma legal para o meu gosto. A embalagem é ideal para viagens e é super fofa! Acho que o lado negativo dele na minha opinião é o preço: R$18,50 (38 g) ouch!





Acho que necessaires são sempre bem vindas, principalmente em época de férias quando viajamos. Essa é uma necessaire de tecido, feito a mão pela estilista Gabriela Mazepa. Para a escolha do material, foram escolhidos tecidos que seriam descartados pela indústria da moda e iriam para o lixo. Dessa forma, além de reaproveitar material (conceito chamado de upcycling), existe uma preocupação de gerar menos lixo. Além de ter achado as cores lindas (bordô e preto), gostei do fato de ela ser molinha e maleável porque se adapta a bolsas pequenas e não ocupa muito espaço. Preço: R$38,50.

Quem quiser saber mais, existem oficinas de reaproveitamento chamadas de "Re-Roupa" oferecidas pela Gabriela, que é um projeto para dar cara nova a uma peça de roupa ou aproveitar o material de uma blusa para fazer uma saia, por exemplo. Achei muito interessante esse vídeo em parceria com a Farm.

A sombra já passou por aqui no blog algumas vezes. Ela tem cor champagne e é um item versátil. Pode ser usada não só como sombra, mas como iluminador de têmporas ou misturada na base para uma pele iluminada. Ela contém argila na composição que é um ingrediente ótimo para pele oleosa. Preço: R$42,50.


Aplicada sobre a pele, sobre uma base de lápis branco e base de lápis preto


Vieram também: pinha e sementes de moringa para plantar em casa ou na sua cidade. Acho que todos devem ter lido a reportagem que dizia que a moringa oleifera era uma planta que poderia acabar com a fome no mundo. Se não viu, é essa aqui ("Suas folhas verdes contêm mais cálcio que o leite de vaca e mais ferro que o espinafre").


Para saber mais sobre a Sublime e ficar por dentro dos descontos:

https://sublimerituais.com.br/

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Dica para ingerir mais nutrientes com o Cronometer


Por mais que a gente entenda um pouco de nutrição e dos alimentos ricos em certos nutrientes, sempre fica uma dúvida se estamos ingerindo o suficiente ou se nossa alimentação está deficiente. Em um mundo ideal, teríamos uma nutricionista acompanhando nossa dieta 365 dias por ano, mas enquanto isso não acontece$$, existem algumas ferramentas como o CRON-O-meter. É um guia que ajuda a contabilizar nutrientes, ingestão calórica e queima de energia por meio dos alimentos que ingerimos e atividades realizadas  no dia. 

A contagem dos nutrientes é feita baseada nas informações do RDA ("Recommended Dietary Allowances", que são as Recomendações Nutricionais para a população americana sadia, estabelecidas pela Food and Nutrition Board (FNB) dos EUA), baseando-se na idade, sexo, peso e altura.

É possível acessar o site e usar gratuitamente via web ou pelo aplicativo pago (plataformas Android e iOS). Só precisa cadastrar com um e-mail. Ele é todo em inglês, mas a interface é muito organizada e acredito que com a ajuda do google tradutor seja possível entender bem os alimentos e medidas, por exemplo: tbsp = table spoon = colher de sopa; tsp = tea spoon = colher de chá.

Basta clicar em "add food" e adicionar tudo o que consumir e a quantidade ingerida, inclusive de água para dar um detalhamento em percentual dos nutrientes ingeridos, assim como os aminoácidos essenciais e as calorias consumidas.

Como exemplo, eu inclui tudo o que eu comi em um dia. De acordo com o Cronometer, ultrapassei a quantidade recomendada de aminoácidos essenciais mas ficou faltando ingerir um pouco mais de vitamina E, B5, sódio e potássio. Como o meu objetivo era perder gordura, eu também ultrapassei a quantidade de calorias que eu deveria consumir.



Obs: Fiz algumas substituições porque se trata de um portal americano e não possui produtos brasileiros. Mas também é possível criar suas próprias comidas.

Infelizmente ele possui algumas limitações como:

- É importante ter em mente que não é porque ingerimos 2 g de cálcio que esses 2 g serão absorvidos. A absorção depende de fatores como: interação com outros alimentos (ex: café atrapalha a absorção de cálcio e vitamina C melhora a absorção de ferro), fatores anti-nutricionais presentes em certos alimentos (ex: fitatos) e do organismo de cada pessoa.
- Não contempla todos os alimentos, inclusive os produtos brasileiros.

O Cron-o-meter é interessante para nos ajudar a guiar onde devemos dar maior atenção e também ajuda para nos dar uma ideia sobre a ingestão calórica. Ele nos dá certa segurança de que uma alimentação vegana pode atender todos os nutrientes necessários. Mas não deve ser tomado como algo exato, nem substitui acompanhamento por nutricionista. É importante também fazer exames de sangue rotineiros para checar principalmente a vitamina B12.


domingo, 10 de janeiro de 2016

Resenha | Delineador e Rímel da Lush


Esses dias eu andei usando o rímel "Eyes Right" e o delineador líquido "Independent" da Lush, ambos na cor preta. Eles não contém nenhum ingrediente de origem animal e a composição deles é mais natural, contém poucos ingredientes e tem apenas um conservante sintético. Pode ser adequado a quem costuma ter irritação nos olhos quando usa delineadores ou máscaras de cílios convencionais. No entanto, por mais natural que um produto seja, há sempre a possibilidade de causar alergia caso a pessoa seja alérgica a algum dos componentes. 



A Lush tem uma política bastante enfática de combater e não financiar testes em animais e existe também uma preocupação ambiental que é muito respeitável. A embalagem é produzida a partir de plástico e vidro reciclados e o aplicador é bem pequeno, parece vidro de remédio com gotejador (ou a garrafinha da Alice no país das maravilhas com a etiquetinha "Drink me" haha). Infelizmente os pontos positivos terminam por aí. A princípio, eu achei o design dos vidrinhos fofos, mas ao aplicar  o delineador nos olhos, estranhei a falta de apoio e achei muito difícil fazer traços grossos sem que o traçado não possua falhas (eu gosto de traços mais grossos). É preciso aplicar várias camadas para preencher e, em uma dessas camadas, as chances de errar a linha ou borrar aumentam. 

A textura é muito líquida e dá a impressão de que não vai secar tão cedo. Nas minhas pálpebras oleosas, demorou cerca de 2 minutos para secar completamente (e se olhar pra cima antes de secar vai carimbar a pálpebra). E mesmo não borrando depois de seco, tanto o rímel quanto o delineador não são a prova d'água. A duração em mim foi boa, mais de 6 horas em dia de calor extremo. E para remover foi fácil.

Delineador é uma coisa que eu uso quase diariamente e, na minha humilde opinião, eu não me considero iniciante em fazer delineados, mas achei o Independent difícil de usar. As cerdas do pincel são muito fininhas e moles, dificultando fazer um traçado firme. Quem não tem habilidade em usar delineadores líquidos, dificilmente vai se adaptar com esse. O curioso é que o delineador Motivation (da cor azul) da Lush é muito mais pigmentado e fácil de aplicar, na minha opinião. A dica é: tente apoiar o cotovelo em uma mesa.

O acabamento não é opaco, é "glossy".

Ingredientes: Infusão de Eufrásia, Aqua, Talco, Glyceryl Stearate SE, Titanium Dioxide, PVP, Hydroxyethycellulose, Mica, CI77499, Methylparaben, Propylparaben. 

Fato curioso: a composição desse delineador na Lush inglesa e dos EUA é um pouco diferente. Veja aqui e aqui.


A máscara de cílios não dá muito volume como pode ser visto na foto abaixo, mas alonga e curva os cílios sutilmente. Eu achei que ela funciona melhor aplicando 2 ou 3 camadas e esperando secar uns 2 minutos entre elas. Se você gosta de cílios mais naturais e tem pavor de pelotinhas e cílios de patinhas de aranha, é provável que goste dessa máscara. Mas se a intenção é criar volume, eu não indicaria ela. 


O aplicador é bem pequeno e, a princípio, pode ser chatinho de aplicar, mas com um pouco de prática dá para aplicar direitinho. Dica: levante a cabeça e olhe para baixo para aplicar.

Como a textura é bem líquida, tem que esperar secar antes de olhar pra cima para evitar borrar.

Ingredientes: Infusão de Grama de Trigo Fresca, Aqua, Cera do Japão, Stearic Acid, Talco, 
Triethanolamine, Cera de Carnaúba, PVP, CI77499, Methylparaben.

O preço atual é de R$34,90 na promoção e R$69 no preço normal nas lojas físicas e na loja virtual da Lush.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Sombra mineral Dourada da Bioart x sombra Ouro da Koloss



A Carla da loja Veganita me enviou essas 2 sombras em pó e sugeriu que eu fizesse uma comparação. Ela disse que meu blog era democrático, já que abrangia produtos para diferentes bolsos e essas sombras eram bem parecidas, mas com a diferença de preço e composição.

(Aliás, o veganismo é assim democrático: você pode viver de orgânicos, gourmet e industrializados caros ou pode viver muito bem à base de alimentos in natura baratos da feira).

A sombra da Bioart é a Dourada, uma cor mais alaranjada, enquanto a Ouro da Koloss é um amarelo mais frio. Para comparação, apliquei sobre uma base preta (lápis de olho preto):

Comparação sem flash x com flash

A textura delas é muito parecida e ambas tem boa duração quando aplicadas sobre um primer de sombras. Aliás, o uso de um primer de olhos aqui é importantíssimo.

Eu uso maquiagem mineral em pó solto desde 2008 (é uma das melhores coisas para a minha pele) e não tenho problemas em usar e manusear. Mas por serem sombras em pó solto, elas podem fazer bastante sujeira e até vazar se transportadas sem cuidado na necessaire. Eu prefiro aplicá-las com o pincel de cerdas sintéticas umedecido e depois faço o acabamento com a sombra em pó seca dando batidinhas, sempre tomando o cuidado de não deixar cair no rosto.

Sombra Dourada da Bioart (com flash)


Comparação de sombras (sem flash)


  • Composição

Sombra Bioart:
**Argilla/Montmorillonite/Kaoli/Mica, *Tapioca Starch, ***Titanium Dioxide, CI 77019/CI 77891/CI77861, CI/77019/CI77491/2 (Iron Oxides), ***Mica/Titanium Dioxide/Iron Oxides.
* Ingredientes Naturais
** Ingredientes de processos orgânicos

Sombra Koloss: 
Talc, Methylparaben. Pode conter: CI 77891, CI 77019, CI 77492.

  • Preço
Sombra Bioart: R$40

Sombra Koloss: R$12


As cores são lindas e ambas tem desempenho muito similar. Se você prestar atenção, os minerais dos pigmentos usados são os mesmos (mica: CI 77019, óxido de ferro: CI 77492 e dióxido de titânio: CI 77891). A diferença no preço é expressiva, mas a sombra da Bioart é totalmente natural, indicadas para peles sensíveis, não contém parabenos e talco, que são ingredientes polêmicos e podem causar alergia a certas pessoas. Cabe a cada um colocar na balança o preço x composição.

Resposta do SAC | Guati Cosméticos




A Guati é uma indústria que produz cosméticos para diversas empresas, incluindo marcas como Carrefour, Dia, Orgânica e Renner. Há algum tempo a marca Carrefour (que não produz, apenas distribui os produtos da Guati) lançou uma linha de sabonetes vegetais e resolvi perguntar para o SAC (atendimento@guati.com.br):



Olá, bom dia!

Gostaria de saber se a GUATI realiza testes em animais ou os solicita a terceiros. 

Além disso, gostaria de saber se os sabonetes vegetais possuem algum tipo de ingrediente derivado de origem animal.

Obrigada, 
Eliana


E a resposta:


"Nossos sabonetes possuem massa base vegetal e aditivos minerais e químicos. A própria massa base vegetal contém uma parcela de glicerina vegetal, produto da reação de saponificação do óleo vegetal, caso o sabonete tenha aditivo de glicerina, será de glicerina sem procedência garantida de ser de origem animal ou vegetal.

De todos os sabonetes que eu conheço, ditos vegetais, na sua formulação é encontrado aditivos químicos e minerais, mesmo constando no rótulo serem vegetais.

Quanto a testes em animais, não compactuamos com isso também, porem, não certificamos fornecedores de matérias prima com essa exigência por não ser a nossa proposta de fornecer produtos veganos, 100% vegetais ou orgânicos."

_____

Com essa resposta, fica claro que a empresa não tem interesse em atender o público vegano e tanto os sabonetes vegetais da marca Carrefour quanto da marca Orgânica que, apesar de alegarem possuir base vegetal, não são veganos por conterem glicerina que pode ser de origem vegetal ou animal

É questionável que as informações do rótulo deixam a entender que se trata de um sabonete sem derivados animais, mas na verdade se trata apenas da ausência de sebo/gordura animal (ou tallowate).
  



Estou quase terminando de escrever um post com várias opções de sabonetes veganos, mas a minha sugestão é: escrevam para lá e peçam para que selecionem fornecedores de glicerina de origem vegetal.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Resposta do SAC | Amend


Eu não sou muito fã dos produtos da Amend, mas muitas pessoas gostam e me perguntam sobre os cosméticos. Questionei a Amend se existem produtos isentos de ingredientes de origem animal e essa foi a resposta:


Bom dia!

Primeiramente, queremos agradecer seu contato. Para nós da Amend, esta é uma oportunidade para estreitarmos o relacionamento com você.

Em resposta ao seu e-mail informamos que alguns produtos podem conter algum ingrediente de procedência animal, porém estamos buscando alternativas para desenvolver produtos que respeitem o meio ambiente e os animais.

Segue em anexo tabela com resumo de ingrediente de alguns produtos Amend. É possível consultar a composição de todos os nossos produto através de nosso site http://www.amend.com.br/

Informamos também, que não realizamos testes em animais ou em tecidos de animais criados exclusivamente para pesquisa, nem estimulamos estes tipos de testes. As avaliações de segurança de ingredientes são realizadas através de métodos cientificamente válidos em humanos voluntários, visando à comprovação da compatibilidade, aceitabilidade e benefício, sempre atendendo aos princípios de ética em pesquisa envolvendo seres humanos.


Permanecemos a sua disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

Cordialmente,

Siga Amend nas redes sociais:

http://www.facebook.com/AmendCosmeticos

Visite nossa loja virtual:

http://loja.amend.com.br/


Questionei também sobre as colorações. Essa foi a resposta:


Olá Eliana, boa tarde!

Em resposta ao seu e-mail informamos que a Coloração Creme Sem Amônia Supéria Color, não possuí em sua composição ingredientes de origem animal, assim como a Coloração Creme Magnific Color que também não composta por tais ingredientes.

Permanecemos a sua disposição para quaisquer outros esclarecimentos.


Segundo a resposta do SAC, somente essas duas não possuem ingredientes de origem animal.
Obs: As cores foram escolhidas aleatoriamente.

Além dessas colorações, o pó descolorante da embalagem vermelha também não contém ingredientes de origem animal:



Obs: Eu não tive a oportunidade de conferir o rótulo de todos os produtos da lista. Os que eu olhei me pareceram ok. Sugiro, portanto, dar uma lida no rótulo antes de comprar.