Mostrando postagens com marcador Riquezas da Terra. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Riquezas da Terra. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Favoritos dos últimos tempos | Cosméticos Veganos



Resenha express rapidinha de cada produto que eu tenho usado e gostado ultimamente. Todos são veganos (cruelty free e sem ingredientes de origem animal).


Bronzer Bahama Mama da The Balm
Já estou na terceira paletinha desse bronzer e é o que uso todos os dias. Ele é opaco, esfuma bem e tem subtom acinzentado, ideal pra quem não gosta de bronzer alaranjado. Tem resenha dele aqui.


Máscara de cílios Super Lashes da Vult
Certamente é a minha máscara nacional favorita. Deixa os cílios volumosos, pretinhos e alongados. Com duas camadas eles ficam enormes. Não é a prova d'água, mas dura o dia todo. Pode borrar, por isso tem que tomar cuidado! Custou cerca de R$35


Máscara de Murumuru da Riquezas da Terra
O que mais me chamou atenção nessa máscara foi o perfume delicioso de baunilha que fixa no cabelo depois de seco! Dá vontade de comer! Além do cheiro, a máscara hidrata muito bem e deixa o cabelo macio e brilhoso. Infelizmente ela não derrete os fios no banho e parece que não vai dar certo, mas o resultado final vale muito a pena. Custou cerca de R$40


Perfume corporal/Body Splash Oliver da La Vie Vegan
Quando experimentei ele numa loja em São Paulo, não achei tanta graça. Depois de algumas horas, tive que voltar pra comprar! Amei o drydown na minha pele. Lembrou o CK Be (que não é cruelty free). Uso em dias quentes porque ele é super fresquinho. Custou cerca de R$30 e dá pra encontrá-los no @lavieveganbr


Pincel de pó STB01 da Studio KV
O pincel é de cerdas sintéticas, muito macio, denso na medida certa para aplicar pó e base compacta. Estou usando há quase um ano e ele continua perfeito. A qualidade me surpreendeu pelo preço, que foi algo em torno de R$20.


Perfume Mira da Korres
É um floral fresco de rosas brancas e jasmim. É suave para o dia a dia e acho mais adequado em tempo frio devido à presença do musk. A duração não é das melhores, mas como é um spray de bolsa, dá para reaplicar quando quiser. Lembra bastante o Tommy Girl (que não é cruelty free). O preço é bem amigo - R$29 para 7 ml. 


Esmalte Na mira 3D da Impala
A cor é muito linda! É holográfico com glitter multicolorido e fica sensacional por cima de esmalte preto. Ele pertence a uma coleção bem antiga e sempre acabo comprando quando encontro.


Desodorante da Boni Natural
É a base de alúmen de potássio, possui melaleuca, aloe vera e não contém alumínio nem triclosan. Funciona muito bem no verão e para fazer atividades físicas. O cheiro é bem natureba mesmo. Custou cerca de R$14.


Delineador em caneta da Koloss
Já estou na minha terceira caneta delineadora e não pretendo parar de comprar. É o melhor delineador em caneta que já usei. Tem resenha dele aqui.


Batom Studded Kiss Lovecraft da Kat Von D
O preço dele aqui no Brasil é absurdamente caro, mas esse batom valeu muito a pena. Consegui comprar no final do ano passado em uma promoção e tenho usado quase todos os dias. A cor combina muito comigo e é o meu preferido de todos os tempos. É um rosa queimado frio, tem acabamento matte mas não fica seco na boca. A fórmula é excelente e dura horas. A Sephora podia melhorar os preços e começar a vender mais produtos da marca! 


Néctar de Banho Simpática da Feito Brasil
Hidratante corporal para preguiçosas. Você passa depois do banho, com a pele molhada, no corpo todo em menos de 30 segundos e pronto. Pele hidratada, levemente perfumada e nada melecada. Além disso, a combinação de óleos essenciais dá uma animada. O preço é um pouco salgado, R$99 por 300 ml, mas a quantidade usada é mínima.


Lip Balm Hurraw! com FPS15
Muito hidratante, fixa nos lábios e não deixa um rastro branco devido ao fator de proteção solar. Aroma delicioso de tangerina! Dá um brilho bonito e transparente nos lábios, sem a sensação pegajosa. Totalmente natural e sem filtro solar químico. Tem resenha dele aqui.


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Produtos veganos para cabelos loiros


No final do ano passado resolvi fazer luzes e pesquisei bastante sobre produtos veganos para descoloração, tintura e manutenção. Não é das coisas mais fáceis de se encontrar, mas estes são os produtos que tenho usado e gostado atualmente:






1. Água oxigenada e pó descolorante da Inoar (Color System).

Os 2 não contém ingredientes de origem animal (mas a tintura contém queratina) e são bem acessíveis. O pote de água oxigenada com 80 ml custou cerca de R$4 e o pó descolorante com 300 g custou R$25. 

Composição da água oxigenada

Composição do pó descolorante


2. Olaplex - passos 1 e 2.

Para garantir que meu cabelo não ficasse detonado com a descoloração, resolvi investir nos passos 1 e 2 de Olaplex. Comprei fracionado pelo Mercado Livre por cerca de R$160, que dura mais ou menos 5 aplicações dependendo de quanto pó descolorante será usado (o valor do kit full size é bem mais caro) e levei no salão para que a cabeleireira misturasse com a ox e o pó descolorante. 

De acordo com o site e a resposta do SAC, eles não contém ingredientes de origem animal nem estão envolvidos com testes em animais. Para saber como se usa, o site do Brasil explica direitinho.

Gostei muito do resultado e a minha cabeleireira ficou impressionada como o meu cabelo ficou sedoso e não danificou após as luzes bem clarinhas. No entanto, o tempo de descoloração durou bem mais que o normal, segundo ela. 


Problemas típicos de quem tem gato carente em casa


1. Shampoo Bleach Blondes da Lee Stafford.

De acordo com a resposta do SAC da Lee Stafford, esse shampoo é vegano.

Eu já testei vários shampoos desamareladores e esse é de longe o melhor, na minha opinião. Ele deixa os fios mais branquinhos, não resseca e tem um cheiro ótimo. O preço não é muito convidativo (cerca de R$45 por 250 ml), mas eu uso 1 vez por semana.




2. Shampoo seco Light & Blonde da Batiste

O shampoo seco da Batiste para cabelos claros/loiros tem uma coloração amarelada e disfarça a raiz escura. Gosto muito de como ele segura a oleosidade até o dia seguinte. É só borrifar pequenos jatos na raiz e massagear com os dedos para espalhar.  

Tenho a raiz do cabelo super oleosa e se eu fico 2 dias sem lavar o cabelo, percebo um aspecto ensebado. Já testei o shampoo em pó da Lush e fiz um DIY com amido de milho e bicarbonato, mas não gostei do resíduo que deixa no couro cabeludo. Isso não ocorre com os shampoos da Batiste, que tem selo vegan & cruelty free. Custa cerca de R$35 por 200 ml.

Cabelo oleoso antes

Cabelo após usar shampoo seco da Batiste

Composição shampoo seco da Batiste


3. Violeta genciana da Farmax

Conforme a resposta do SAC da Farmax, a empresa não realiza testes em animais. 

A violeta genciana pode ser encontrada em farmácias por cerca de R$3 e se usa algumas gotinhas misturada em água ou creme branco hidratante para tirar o amarelado de cabelos loiros. A quantidade depende do quão acinzentado preferir mas precisa tomar cuidado para o cabelo não ficar roxo e não manchar as mãos ou as roupas. Geralmente uso 3 gotas em 1 litro de água de deixo agir por 3 minutos antes de lavar com shampoo e máscara. Como ela costuma ressecar o cabelo, também dá certo se misturar 2 gotas em 1 colher de chá de máscara e deixar agir por alguns minutos no cabelo antes de enxaguar. 

Obs: Eu fiz um furinho na tampa para deixar passar gotas ao invés de virar o portinho e acabar zuando tudo!


4. Queratina líquida da Riquezas da Terra

Essa queratina é obtida por cabelo humano e portanto é vegana. Comprei no site da Riquezas e paguei R$14,90 por 120 ml. 

A queratina é importante para reconstrução de cabelos descoloridos. A queratina vegetal geralmente é composta de proteína do trigo, milho e soja, mas nas concentrações encontradas em produtos mais baratos, nem sempre é capaz de reconstruir cabelos danificados.

Para usar é só diluir na água, máscara ou condionador neutro na concentração máxima de 2,5% (cerca de 0,75 ml de queratina para 30 ml de creme/água) e deixar agir por 10-15 minutos. O cabelo fica com um aspecto áspero no dia, mas na próxima lavagem volta ao normal. Tenho usado a cada 15 dias, mas a frequência depende do quanto o cabelo está danificado.

Obs: observe se a máscara já não possui queratina na composição e prefira uma máscara de hidratação ou nutrição, que contenha boa concentração de óleos vegetais..

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Ritual Box | Beleza Vegana


Adesivo fofo! 

A Ritual Box de abril "Beleza Vegana" teve a edição super especial com a minha participação na curadoria! Fui convidada para ajudar a escolher os produtos da caixa e eles foram selecionados com todo o meu cuidado e carinho pensando em atender as pessoas que querem consumir com consciência produtos veganos (isentos de ingredientes de origem animal e de empresas que não testam em animais). Confesso que foi um trabalhão por várias semanas tentando negociar com as empresas - sou muito perfeccionista e não queria incluir produtos apenas para compor a caixa. Gostei muito do resultado e fiquei satisfeita em poder divulgar a mensagem do veganismo e respeito aos animais. Quem quiser saber mais como funciona, visite o site: https://sublimerituais.com.br/

Eu tinha em mente escolher dois produtos curingas, que pudessem ser usados em várias receitinhas "faça você mesmo (DIY)" para pele e cabelo. Também queria um item de maquiagem acessível e hipoalergênica. Incluí um acessório que nos fizesse lembrar dos animais e um produto de limpeza eco-friendly. 

Por favor me falem nos comentários o que acharam da seleção dos produtos!



1. Óleo de Argan Puro, Riquezas da Terra


Acho que eu nunca comentei por aqui, mas apesar de amar o óleo de coco e usá-lo para diversas funções, ele me dá espinhas no rosto e nas costas (quando uso nas pontas do cabelo). Morro de inveja de quem não tem esse problema! 

No entanto, a minha pele oleosa se dá super bem com os óleos de jojoba e de argan. Além da pele, meu cabelo também ama! O óleo de argan é rico em vitamina E e faz um excelente trabalho de nutrição dos cabelos - faço umectação noturna e lavo com shampoo normalmente ao acordar. Por ser levinho, é um ótimo reparador de pontas para cabelos finos. Em mim os resultados são superiores a qualquer óleo que eu já testei até hoje. Quando usado na pele, uma gotinha já é suficiente para evitar o ressecamento e ajuda na hidratação se usado com um hidratante facial. Como ele não é considerado um óleo comedogênico, dificilmente irá causar cravos e espinhas.


 Até então, usava óleo de argan importado do iherb e quando vi que a Riquezas da Terra, uma marca que eu admiro muito, começou a oferecer o óleo de argan, tive que incluir na seleção! Eu acredito que nesse momento (outono e inverno) são bons para incluir óleos na rotina de cuidados com a pele e cabelo. E nada impede de misturá-lo a outros óleos, como o de jojoba, abacate, oliva etc.

2. Batom orgânico, Vymana/Nação Verde

Já comentei sobre a Vymana nesse post, lembram? Toda a linha de maquiagem é vegana e com ingredientes naturais a preços razoavelmente acessíveis. Ela é vendida pela Nação Verde, uma loja de produtos naturais espalhada por algumas cidades do Brasil.

O batom que eu escolhi foi a cor Chocolate, um marrom clarinho opaco, meio cara de outono e discreto para usar no dia a dia. Em peles mais escuras, ele fica nude na boca. O acabamento é acetinado e deixa a sensação de lábios hidratados. A duração não é tão grande e precisa ser retocado algumas vezes ao dia. 



3. Óleo Essencial de Tea Tree/Melaleuca


Quem acompanha o blog sabe que esse óleo essencial é multiuso - serve para cicatrizar espinhas, evitar proliferação de bactérias e fungos na pele etc. Para evitar que o post fique repetitivo, leia os meus posts anteriores sobre os benefícios e as diversas formas de usar o óleo de melaleuca no tônico adstringente, no desodorante, tratar micoses etc.

4. Carteira de patinhas, Artmanha


Conheci a marca Artmanha em uma feira de artesanato na UFMG há alguns anos e quando bati o olho na estampa de patinhas, achei a minha cara. Aliás, tem várias estampas bacanas. Os acessórios são produzidos com embalagens tetra pack recicladas e o material é bem resistente.

A carteira é super compacta e comporta até 5 documentos: cabe carteira de identidade, carteira de motorista, documento do carro etc. Outra ideia é usar como documento de vacinação de cachorros e gatos:



5. Multiuso Verbena, BioZ Organic (miniatura)


O multiuso de limpeza pode ser usado para limpar a superfície da penteadeira, escrivaninha, armários, prateleiras e mesas. A minha mesa costuma sujar horrores com maquiagem (principalmente maquiagem mineral)! Ele tem um cheirinho suave e muito agradável de verbena e limão siciliano. 


Revista, Sublime Mag

A revista contou com as minhas receitinhas preferidas e um texto com dicas para quem está interessado em se tornar vegano. Que quiser ler, é só visitar o site: 



Não recebo $ pela divulgação ou venda. Os produtos foram enviados para considerações voluntárias no blog. 

quarta-feira, 2 de março de 2016

Resenha | Sublime - Ritual Box de Janeiro


A Ritual Box é um serviço de assinatura mensal de cosméticos cruelty free, veganos e preferencialmente naturais e orgânicos. Cada mês uma caixa é enviada à assinante obedecendo a um ritual de cuidados ou um tema determinado. É uma ótima oportunidade de conhecer novos cosméticos, principalmente quem embarcou na vida vegana/natureba e anda perdida. Para mais informações, visite o site da Sublime.

No mês de janeiro a Sublime Rituais selecionou produtos com o tema "Sol de Verão". A escolha foi pensada em um ritual de cuidados intensivos com a pele e cabelos, que costumam pedir atenção especial nessa época. 


Lip Balm FPS 15 (Hurraw!) sabor Tangerina e Camomila R$28.50


A Hurraw! é uma marca especializada em bálsamos labiais dos Estados Unidos. Todos são veganos, feitos com ingredientes naturais, orgânicos e crus (o nome faz referência ao termo "raw").

O Sun Balm contém 10% de óxido de zinco não-nano (sem partículas nanométricas) que garante fator 15 de proteção solar. O impressionante é que geralmente com essa quantidade de óxido de zinco, não fica esbranquiçado. Nos lábios, fica transparente. O cheiro de tangerina é uma delícia! Outra característica é o formato não circular, que na minha opinião, é um pouco mais fácil de aplicar. Tomei sol algumas vezes com ele e adorei a sensação de lábios hidratados. É claro que ele pode ser usado em outras situações, devido ao seu alto poder de hidratação e proteção. 

Eu já tinha o lip balm da Hurraw! de cereja (blackcherry) com corzinha vermelha que comprei fora do Brasil, mas em termos de hidratação, esse é o melhor.

Selos da Certified Vegan e da Leaping Bunny

Ingredientes: Prunus amygdalus dulcis (sweet almond) oil, Euphorbia cerifera (candelilla) wax, Theobroma cacao (cocoa) seed butter, Cocos nucifera (coconut) oil, Citrus aurantium dulcis (orange) peel wax, Ricinus communis (castor) seed oil, Olea europaea (olive) fruit oil, Rubus idaeus (raspberry) seed, Hippophae rhamnoides (seabuckthorn) seed oil, Punica granatum (pomegranate) seed oil, Tocopherols (sunflower), Citrus reticulata (tangerine) peel oil, Anthemis nobilis (chamomile) flower extract, Vanilla planifolia (vanilla) bean


Sabonete de Argila Dourada da Bioart (R$33)


Eu já tinha lido elogios de algumas pessoas e estava curiosa para testar o sabonete de argila da Bioart. A apresentação dele é muito bonita, tem uns selinhos fofos no rótulo, a caixa é linda e o sabonete possui desenhos de flores em alto relevo. 

A argila dourada é indicada para iluminar o rosto e dar aquela sensação de pele mais viçosa. Geralmente é adequada para pessoas com peles normais. 

Na minha opinião, o cheiro deixou um pouco a desejar. É rico em extratos vegetais, mas não há óleos essenciais na composição e não me pareceu um sabonete cheiroso. Ele limpa direitinho e remove as impurezas sem ressecar o rosto. Mas não achei que o desempenho dele se destacou dos outros sabonetes de argila. E com um preço tão acima da média, esperava um pouco mais dele. 

Ingredientes: Sodium palmate/ sodium kernelate/ sodium stearete/ aqua/ glycerin/sodium chloride/ sodium hydroxide/ disodium distyrylbipheny disulfonate/ argilamontmorllionite/ sodium astrocaryum murumuruate/ cocos nucifera (coconut) oil (and) plumeria rubra flower extract (and) gardenia tahitensis flower/ leaf/ steam armeniaca (apricot) fruit extract (and) lavandula angustifolia (lavender) flower/ leaf/ steam extract (and) pyrus malus (apple) fruit extract (and) vanila planofolia frut extract (and) jasminum officinale (jasmine) flower/ leaf extract (and) polianthes tuberosa extract (and) citrus aurantium dulcis (orange) peel extract (and) citrus aurantium dulcis (orange) fruit extract (and) ziniber officinale (ginger) root extract (and) elettaria cardamomum seed extract/ kaolin/ sucrose/ polyethylene glycol 400.





Eu já tinha comentado por aqui o quanto eu gosto do sérum leave in da Riquezas e acabei sugerindo a inclusão dele em uma das Ritual Box. Pelo que eu fiquei sabendo, muita gente também aprovou! Ele é um pouco diferente do que eu fiz a resenha (o de Murumuru, Cupuaçu, Pracaxi e Coco). Além da diferença de cheiros, senti que esse é um pouco mais pesado, indicado para cabelos mais secos e danificados. Ainda assim, ele não deixa o cabelo pesado. 

Logo após lavar o cabelo e secá-lo com a toalha, uso 1 pump e 1/2 do leave in e distribuo nas pontas. Quando o cabelo seca, percebo redução de frizz e cabelo mais brilhoso e macio. 

Ele é indicado para quem faz no e low poo por não conter derivados de petróleo nem silicones.



A máscara iluminadora de argila dourada é indicada para todos os tipos de pele, tem textura cremosa e é composta por agentes hidratantes. Diferente da máscara de argila em pó, essa remove impurezas, ativa a circulação sanguínea e hidrata ao mesmo tempo.

Espalho uma camada generosa no rosto inteiro e deixo agir por 15-20 minutos. A sensação ao remover a máscara é de pele purificada, mais clara e super macia. Eu nem sinto a necessidade de hidratar depois. 


Percebi que nesse sachê não veio o ingrediente Resveratrol/Vitis vinifera (óleo de semente de uva) na composição, o qual estava presente na outra máscara mais antiga. É uma pena, porque ele também possui propriedades anti-aging (protege o colágeno e a elastina da pele).



Além destes, também vieram na Ritual Box:

Bandana de algodão com tema de marinheiro/navy 

Chá gelado Liv Tea (delícia!)

Sublime Mag Sol de Verão (com receitinhas legais de comidas e drinks, descrição dos produtos e dicas de alongamentos)

Para saber mais:
Site: http://sublimerituais.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/sublimerituais
Instagram: https://www.instagram.com/sublime_rituais/



Box enviada para considerações voluntárias no blog. As opiniões do post são 100% sinceras e refletem as minhas experiências pessoais.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

Repelentes de insetos



Aqui em Belo Horizonte está tendo a maior epidemia de dengue de todos os tempos e a melhor forma de prevenir a picada de insetos é usar repelentes tanto no corpo como em casa. Infelizmente muitas vezes tomamos todas as medidas de precaução, como não deixar água parada etc, mas basta um vizinho descuidado para que haja uma infestação de pernilongos. Me parece que é isso o que acontece por aqui, porque aparecem muitos pernilongos nessa época.

A maioria dos repelentes vendidos em supermercados e farmácias são de marcas que testam em animais, como o Off (Johnsons). Além disso, alguns utilizam DEET, que é uma substância polêmica. Alguns estudos como esse sugerem substituí-lo por outro tipo de repelente devido à sua potencial toxicidade, principalmente em crianças.

A loja Lar Natural me enviou um kit de repelentes orgânicos e veganos da Preserva Mundi para testar. Testei por 2 meses e comparei com os que eu já tinha em casa.


Sachês Repel Neem


O que a marca diz:

"Os sachês vem em 5 em cada caixa, e são uma mistura de neem indiano e andiroba. Essa combinação tem alta ação de repelir insetos e uma longa duração: os sachês ficam ativos por até 3 meses."

O que eu notei:

Ele não possui cheiro e deve ser colocado em lugares baixos, como prateleiras baixas, embaixo da mesa, cantos de parede etc.

No primeiro dia que usei (retirei o lacre do sachê), coloquei um debaixo da mesa onde fica o meu computador e notei que os mosquitos diminuíram e os que entraram em casa permaneceram mais "bobões", meio desorientados. No entanto, depois de mais ou menos 1 semana, percebi que o "fluxo" de pernilongos aumentou e eles voltaram normalmente. Por isso não achei que foi eficaz. Talvez em locais onde haja menos pernilongos resistentes como os de cidades grandes, ele funcione melhor.

Testei também para espantar as formigas, colocando um sachê no caminho delas e infelizmente não funcionou.

Outra desvantagem é que ele funciona em ambientes de até 30 m². Ou seja, deve-se colocar um sachê em cada cômodo da casa. E se a sala for muito grande, tem que colocar 2.


Óleo essencial de citronela 

Usando um difusor elétrico, pinguei 3-5 gotas do óleo essencial de citronela com água e permaneci no ambiente por algumas horas. Notei que não apareceram pernilongos, mas tive algumas reações muito estranhas como muita dor de cabeça, ansiedade e insônia. Em outro dia que testei, tive as mesmas reações. Pelo que pesquisei, ele pode mesmo causar essas reações em certas pessoas e eu prefiro não usá-lo.


Repelente líquido Repel-Neem para animais e Sabonete de Neem para animais



Temos 4 cachorros que passeiam na rua diariamente e eventualmente eles pegam pulgas e carrapatos. Além disso, Belo Horizonte é uma cidade com incidência altíssima de leishmaniose canina, a qual é transmitida por mosquitos (ex: mosquito palha). Uma das formas de se evitar picada de mosquitos é utilizando repelentes, já que esses mosquitos podem picar na rua.

A vantagem do sabonete e repelente líquido da Preserva Mundi é que eles possuem composição mais natural e perfume quase imperceptível. O sabonete limpa direitinho e faz espuma normalmente. Senti necessidade de usar um condicionador na minha cachorrinha que tem pelo comprido e embola fácil. 



Infelizmente apareceram pulgas e carrapatos em duas cachorrinhas que passearam em locais onde passam cavalos. Tentei borrifar o repelente, mas eles continuaram. Depois do banho com o sabonete, as pulgas sumiram. Talvez tenha sido a forma ou a frequência de aplicação inadequadas, mas o fabricante não orienta bem como devem ser feitas.

Gostei muito do sabonete, principalmente por ser natural, adequado a cães com pele sensível e não possui cheiro forte, o qual pode irritar o olfato dos cães. O repelente líquido tem um cheiro um pouco mais forte, mas acredito que não chega a incomodar. Eu ainda tenho dúvidas quanto à sua eficácia em espantar pulgas e carrapatos e espero que ele espante mosquitos como os que transmitem Leishmaniose.


Repelente caseiro de cravo-da-índia 



Basta misturar 50 gramas de cravo, 30 ml de óleo vegetal (amêndoas, jojoba, girassol etc) em 1 litro de álcool, conforme essa receita.

Eu considero um repelente simples, barato e muito eficaz para espantar pernilongos. O que pode incomodar em algumas pessoas é o cheiro bem forte de cravos e a pele levemente melequenta do óleo vegetal. Ele também precisa ser reaplicado ao longo do dia porque o cheiro some com o tempo.


Hidratante Corporal Repelente da Riquezas da Terra



O hidratante e repelente corporal da Riquezas da Terra contém óleos orgânicos de andiroba e copaíba, que são considerados óleos repelentes. A composição é mais natural e o perfume é suave, mas lembra a cheiro de repelente. Como hidratante, senti que hidrata muito bem, rende bastante e é rapidamente absorvido pela pele. Notei que ele também foi eficaz em espantar pernilongos e fixa melhor na pele sem precisar reaplicar ao longo do dia.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Meus perfumes veganos / cruelty free



É uma luta comprar perfumes cruelty free e veganos! As opções no Brasil não são tão variadas e conseguir a combinação de fragrância agradável, boa fixação e fácil de encontrar a preços acessíveis pode ser um desafio, principalmente quando compramos no escuro.

Esses são os perfumes que eu comprei e tenho usado desde que me tornei vegana, em 2007. Não sou super fã de perfumes complexos, desses muito sintéticos e artificiais. Tenho a tendência de gostar de perfumes mais simples, principalmente os florais e frutados.


Pacifica - Island Vanilla e Indian Coconut Nectar

A Pacifica é uma marca vegana e tem várias opções de perfumes. Os ingredientes usados nos perfumes são naturais e contém óleos essenciais, com a vantagem de possuírem um maior poder de fixação.

O perfume Island Vanilla é a baunilha pura e simples. É docinho e confortável sem exageros. Devido à sua simplicidade, gosto de usá-lo combinado com outros perfumes. Em mim ele dura cerca de 5 horas. Ao longo do dia ele fica cada vez mais caramelizado.

O Indian Coconut Nectar tem a fixação menor que o Vanilla. Apesar de possuir notas de baunilha, o que predomina é o coco. Ele é mais docinho e pode ficar enjoativo, apesar de amar o cheiro de coco. Lembra o cheiro de manjar de coco, por isso pode não agradar tanto.

Ambos os perfumes eu tenho na versão roll-on. Diferente de outros perfumes em roll-on, este não deixa resíduo oleoso na pele e não tive problemas com vazamentos na bolsa. Mas eles podem ser encontrados também na versão spray e sólido. Comprei na loja iherb, que entrega no Brasil por US$12 (10 ml) cada.


Abercrombie & Fitch - 8

O 8 é o meu perfume preferido de todos os tempos, uso há cerca de 10 anos. É floral e levemente cítrico. Eu descreveria como um perfume "sexy sem fazer muito esforço". Ele possui base de baunilha, mas também tem jasmim, pêssego e sândalo. Eu costumo usar de noite no verão, apesar de preferir usá-lo durante o dia no inverno. A duração na pele depende bastante do tempo. No calor dura umas 4 horas, mas no frio a duração é muito maior.

A Abercrombie está na lista de marcas cruelty free da Peta. Ele pode ser comprado na loja da Abercrombie, mas me parece que a loja não envia perfumes para o Brasil. Uma outra forma é comprar pelo ebay ou em sites de compras como Mercado Livre ou o Enjoei.


Aquolina - Simply Pink

Ele lembra muito o cheirinho daquela bonequinha chamada Moranguinho (quem lembra?). Embora seja um perfume bem menininha adolescente, eu gosto de usar eventualmente. Aliás, ele me traz uma sensação boa e na pele o perfume é bem abaunilhado, dá pra reconhecer frutas vermelhas e é levemente cítrico. É um doce e azedinho ao mesmo tempo. E devido a isso, mesmo sendo doce, pode ser usado tranquilamente em dias quentes. Apesar de eu gostar, acho bastante provável que muitas pessoas não gostem dele e possam achar enjoativo por ser bem doce. Dura o dia todo na minha pele.

Custa cerca de R$60 por 30 ml em lojas como Americanas e Época Cosméticos.

A Aquolina é uma empresa italiana e não testa em animais nem é vendida na China, conforme resposta que eu recebi do SAC (usem o google tradutor):

"Gentile Eliana
la nostra politica aziendale è assolutamente contraria alla sperimentazione animale, pertanto nell’ottica di garantire comunque sui nostri prodotti  una corretta  valutazione della sicurezza e dell'efficacia, nel corso del progetto di  sviluppo delle nuove formulazioni,  vengono utilizzati protocolli di analisi alternativi con lo stesso obiettivo, garantire sicurezza e qualità per il consumatore.   A questo fine utilizziamo quindi le  più avanzate tecniche di valutazione in vitro affiancate da studi statistici dettagliati, appoggiandoci alle associazioni di categoria ed  alle principali Università italiane. Inoltre, la nostra R&D, lavora ricercando continuamente materie prime innovative nate da tecnologie avanzate che permettano attraverso lo studio della loro dettagliata bibliografia il supporto di  valutazioni sempre più precise ed efficaci in merito alla loro attività.
Tutto questo vuol dire che  cerchiamo di agire da protagonisti in merito alla lotta contro il problema della sperimentazione animale  garantendo il nostro contributo, dirottando cioè i test sul prodotto finito in direzioni diverse ovvero  formando una rete di collaborazione con università, laboratori e associazioni per divulgare e incoraggiare pratiche alternative alla  sperimentazione animale nel settore cosmetico locale e internazionale .
Cordiali saluti"
http://aquolina.it/eng/contatti


Lush - Vanillary

O Vanillary é tão querido que recebeu uma resenha para ele sozinho neste post: http://belezavegan.blogspot.com.br/2014/09/perfume-vanillary-da-lush.html

Lush - Sikkim Girls 

Este é um perfume marcante que eu adoro o cheiro na latinha, mas não em mim. Eu tenho a impressão de que ele deixa um rastro de perfume de mulher mais velha, meio perfume de vó! E não é só por causa do jasmim e da tuberosa. Tem também um musk amadeirado que lembra a incenso que não me agrada. Parece um perfume da Índia, oriental e bastante exótico, bem como diz a descrição. Acho que depende muito da pele e infelizmente não funcionou na minha. Mas não é um perfume ruim, pelo contrário. É um perfume rico e único. Eu consigo imaginar perfeitamente alguém amando ele. Ele dura muito na pele, assim como o Vanillary.

Eu tenho na versão sólida em lata, que é mais suave e eu achei a embalagem super prática. Não ocupa espaço para levar na bolsa. Como é uma cerinha, dá  aplicar nas pontinhas do cabelo para hidratar e perfumar.

A versão em latinha só é vendida na loja e custa cerca de R$60. Pela loja virtual da Lush é possível comprar o vidro (R$125 por 10 ml).


Herbia - Água Perfumada de Lavanda e Verbena

Apesar de não ser propriamente um perfume, ele poderia perfeitamente se transformar em um que eu ia amar. Eu uso para perfumar a roupa de cama e o quarto antes de dormir. O perfume é uma delícia e extremamente suave! É à base de álcool e óleos essenciais de lavanda e verbena branca.

Custa R$28 por 100 ml (nova versão) em lojas como a Lohas Store.

Riquezas da Terra - Lavanda e Mirra

Não é bem um perfume, eu diria que é um body splash natural. Ele é à base de álcool de cereais e contém óleos essenciais de lavanda e mirra. A fixação não é das melhores, já que se trata de um produto natural, sem substâncias fixadoras. No entanto, ele deixa um perfume muito agradável e é refrescante usar no calor. A mirra, para quem não conhece, tem um toque oriental, lembra um pouco alguns incensos, mas a presença da lavanda consegue contrabalancear bem. 

Eu estou usando antes de dormir ou para estudar em casa. Custa R$18 por 120 ml na loja virtual da empresa.


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Sublime Rituais | Ritual Box de Novembro


A Ritual Box da Sublime veio muito bacana esse mês e por isso resolvi falar das minhas primeiras impressões sobre os produtos que vieram. A curadoria foi feita pela Renata Esteves, responsável pela loja virtual Beleza Orgânica. Para quem quiser saber das edições anteriores e como funciona, veja aqui.



Shampoo de Cupuaçu Jason Gilbert (120 ml | R$27,90)


Este shampoo é indicado para cabelos ressecados e danificados. A composição é natural, não contém sulfato e pode ser usado para quem é adepto de low poo. Ele é fabricado pela Riquezas da Terra, empresa que já apareceu aqui no blog antes. A composição do shampoo é rica em nutrientes como pantenol, óleo orgânico de cupuaçu, aloe vera e arginina.

A textura do shampoo é bastante líquida, mas rende bastante e faz espuma. Em poucas lavagens já se percebe o cabelo mais saudável e mais hidratado sem ficar pesado. Quem tem cabelo oleoso pode revezá-lo com outro shampoo menos hidratante. Vi várias pessoas elogiando este shampoo e não é por menos! O preço não é muito convidativo, mas a qualidade do shampoo é realmente muito boa. Ele não contém ingredientes que mascaram resultados e nem ingredientes que "enchem linguiça" para baratear custos, como é comum de se ver.


Desodorante Arte dos Aromas (120 ml | R$19,90)


É um desodorante à base de solução aquosa de alúmen de potássio, a mesma substância dos desodorantes de cristal, com adição de óleos essenciais suaves. A eficácia desse desodorante em mim é a mesma que a do desodorante cristal: mais de 7 horas, dependendo do tempo. A vantagem dele é a praticidade e rapidez em aplicar, ao passo que os desodorantes em pedra demandam uns minutos para aplicação. A presença dos óleos essenciais também ajuda com as propriedades antifúngicas e antibacterianas. É um produto interessante para quem não se adaptou com a maneira de aplicação dos desodorantes de pedra de alúmen. Como todo desodorante natural, ele não bloqueia a transpiração.

Outros usos: ótimo para secar espinha e cicatrizar cortes, machucadinhos na cutícula e arranhões.


Água Biológica de Aloe Vera e Folha Santa Livealoe (120 ml | R$25,90)


Esse gel à base de aloe vera é muito levinho, similar ao gel de aloe vera puro, também comercializado pela Livealoe. Além de aloe vera, ele também contém gel de linhaça, extrato de folha santa, lavanda e ylang ylang. Ele não substitui o hidratante facial, mas para quem tem a pele oleosa/mista é interessante intercalar esse gel durante o dia e um hidratante facial à noite. Em peles secas, ele pode ser usado ao longo de um dia de calor, por exemplo. Pode ser usado no corpo, inclusive como pós sol.

Ele é absorvido rapidamente, mas não deixa a pele sequinha. Aliás, eu sinto a pele levemente pegajosa, mas não oleosa e acredito ser devido ao gel de linhaça. Outra coisa que poderia melhorar é a válvula de spray, que solta jatos ao invés de borrifar. Aí é preciso espalhar com a mão, quando seria melhor borrifar diretamente no rosto em cima da maquiagem. Não sei se todos vieram assim também.


Máscara Térmica (R$25,90)

A máscara térmica possui camomila e tem um cheirinho muito agradável. Ao manter na geladeira antes de usar, ela pode ajudar a reduzir olheiras inchadas.

Ainda não testei usar geladinha e não tenho problemas com olheiras, por isso não posso dizer se melhoram mesmo. Uma coisa que eu achei legal é que o elástico é ajustável.


A amostra que veio foi de um hidratante corporal da Live Aloe. Ele é bastante denso e achei que possui um cheiro que não é dos melhores na minha opinião, mas também não chega a ser desagradável.

---

Os produtos neste post foram enviados pela representante da Sublime para considerações voluntárias no blog. Todas as minhas opiniões são 100% honestas, baseadas nas minhas experiências e nenhum produto receberia uma avaliação favorável, a menos que tenha fornecido resultados favoráveis. 

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Resenha | Shampoo e Condicionador Riquezas da Terra


Para quem não conhece, a Riquezas da Terra é uma indústria de cosméticos voltada para os conceitos da aromaterapia, além de utilizar matérias primas mais naturais possíveis e ativos de procedência orgânica. Por se tratar de uma indústria, a Riquezas possui total controle sobre os insumos e fornecedores. Dessa forma, durante a produção dos ingredientes, não envolve nenhum tipo de testes em animais e há a garantia da procedência vegetal da maioria das linhas (nem tudo da marca é vegano, mas a linha "Nature Amazon", por exemplo, é toda vegana). As composições dos produtos são "limpas", a empresa tem uma abertura muito bacana para veganizar os produtos da marca e ainda há um incentivo em apoiar o desenvolvimento local (Carrancas - MG). Outra curiosidade é que a Riquezas também fabrica os cosméticos da marca Jason Gilbert.

Eu já comentei aqui antes sobre o sérum capilar, que é o melhor leave in que eu já usei! Ele é fantástico! Também estou encantada com o shampoo da Riquezas da Terra.


Meu cabelo atualmente não possui nenhum tipo de química, mas tem as pontas um pouco ressecadas e a raiz oleosa. Por essa razão, alguns shampoos para cabelos oleosos tendem a ressecar o cabelo como um todo e causar um efeito rebote (ressecar e em seguida fazer com que o couro cabeludo produza mais oleosidade que o normal). Quando vi que esse shampoo era perolado e não transparente como a maioria dos shampoos indicados para cabelos oleosos, achei estranho, mas com o tempo percebi que eu conseguia passar por mais de 2 dias sem lavar o cabelo (exceto quando transpiro demais).

O shampoo possui também a indicação para descamações no couro cabeludo. Há algum tempo eu vinha percebendo um aumento de descamações no couro cabeludo devido ao stress passado nesses últimos meses. E logo na primeira semana de uso, já notei uma melhora considerável tanto na oleosidade como nas descamações.

Dentre os ativos, estão:

  • Óleos de Andiroba e Copaíba: equilibram a oleosidade e possuem propriedades antifúngicas.
  • Arginina: um dos aminoácidos que compõem o cabelo. Fortalece e estimula o crescimento de novos fios.
  • Aloe vera: propriedades hidratantes
  • Mentha Piperita (hortelã): refresca, estimula a circulação sanguínea, ajuda a desobstruir poros  e acelera o crescimento capilar.
  • Panthenol (Pro Vit. B5): hidrata, ajudar a desembaraçar e forma uma película de brilho nos fios. 
  • Sodium Laureth Nat: tensoativo suave derivado da cana-de-açúcar orgânica, importado pela Rhodia e aprovado pela ECOCERT. Ele é capaz de agir como o sulfato para a limpeza do cabelo, mas sem os aspectos negativos que ele acarreta.

Achei o shampoo de ótima qualidade e meu cabelo se adaptou muito bem a ele - fica extremamente brilhoso, macio e com aparência de saudável. Ele rende bastante, faz bastante espuma e espalha legal. Sem dúvida foi um dos melhores shampoos que já usei.


Composição do shampoo

O condicionador tem a consistência mais ralinha e não é muito emoliente, assim como a maioria dos condicionadores naturais/orgânicos que já testei. Para desembaraçar e deixar o cabelo "derretido" nas pontas, é preciso usar uma maior quantidade de produto.

Durante 2 semanas usei apenas esse shampoo, condicionador e sérum e não senti necessidade de usar máscaras de hidratação. Depois disso, achei que as minhas pontas estavam ressecadinhas e usei uma máscara. Acredito que em cabelos mais secos, o ideal seja usar o condicionador para cabelos secos e danificados ou apenas máscaras ao invés de condicionador.

O cheiro do shampoo e do condicionador é neutro, bem suave e não fixa no cabelo depois de seco.

Composição do condicionador


No geral, eu investiria no shampoo e no sérum, mas passaria o condicionador, que não fez tanta diferença no meu cabelo, e provavelmente se adaptaria melhor em cabelos mais curtos ou que não tenham as pontas ressecadas.

O shampoo com 240 ml custa R$36,40 e o condicionador R$35,30 e podem ser comprados na loja virtual da empresa. Obs: Na página de Facebook sempre são anunciadas as promoções: https://www.facebook.com/riquezasdaterra


A empresa me enviou os produtos para considerações no blog e a resenha foi feita de forma sincera e voluntária, levando em conta a minha experiência usando os produtos por mais de 1 mês.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Resenha | Serum capilar - Riquezas da Terra



A Riquezas da Terra é uma pequena indústria de cosméticos orgânicos e naturais localizada no sul de Minas (Carrancas, cidade cheia de cachoeiras!). A maioria dos produtos são livres de ingredientes de origem animal (deixa claro no rótulo a menção de vegan) e as sócias se mostraram super abertas a eliminar os ingredientes de origem animal de alguns produtos, como o leite e o mel, já que pode-se obter aminoácidos de origem sintética e proteínas vegetais tão eficazes quanto.

Uma das preocupações da empresa é tentar utilizar ingredientes mais naturais e que minimizam o impacto no meio ambiente. Por exemplo, nos shampoos é utilizado um tensoativo suave derivado da cana-de-açúcar orgânica, importado pela Rhodia e aprovado pela ECOCERT. Ele é capaz de agir como o sulfato para a limpeza do cabelo, mas sem os aspectos negativos que ele acarreta. Por enquanto os produtos não possuem um selo de certificação orgânica, mas existe a preocupação de obtê-lo no futuro. 

Estou usando o sérum de Murumuru, Cupuaçu, Coco e Pracaxi da linha Nature Amazon, que é uma das linhas veganas da empresa. Este sérum composto por óleos orgânicos da Amazônia é indicado para eliminar o frizz e hidratar o cabelo, além de oferecer proteção solar e térmica devido à presença dos óleos - ele não possui silicones, sulfatos ou petrolatos, sendo portanto também indicado para adeptos do no/low poo.



Apesar de ser rico em óleos vegetais, este sérum não pesou nem deixou oleoso. Na verdade ele deixou meu cabelo bastante maleável, muito macio e brilhoso. Tem cheiro muito suave.

Eu uso 1 pump e meio no comprimento e pontas do cabelo úmido. Acredito que quem possui cabelo muito ressecado, pode usar maior quantidade sem preocupar em deixar o cabelo pesado.



Um dos ativos principais é o pantenol (pró vitamina B5), o qual é conhecido por conferir ação hidratante e umectante sem apresentar aspecto oleoso. A propriedade de absorver água do pantenol acarreta em maciez e maleabilidade aos fios. Meu cabelo ama pantenol, mas nem todo pantenol é de origem vegetal. Além disso, o famoso bepantol (que contém pantenol) pertence à Bayer, que testa em animais.

Muito legal que os ingredientes vem indicados com a origem

Composição: Aqua (Água); Ceatryl Alcool (espessante derivado do óleo de coco); Metasulfato Berreniltrimônio (agente condicionante suave derivado do óleo de Canola C22); Acid Lactate (corretor de pH derivado da fermentação da cana de açúcar); Pantenol (Pró Vitamina D); Tocopherol (Vitamina E); Orbignya oleifera orgânico (óleo de coco babaçu orgânico); Astrocaryum Murumuru Seed Butter (Óleo Murumuru orgânico); Theobroma Grandflorum (óleo cupuaçu orgânico); Pentaclethera macroloba seed (Óleo pracaxi orgânico); Sodium Benzoate Potassium Sorbate; Benzyl Alcohol (conservantes autorizados pela ECOCERT).

Obs: segundo a sócia Andréa: "Como somos uma indústria, temos como rastrear todo o processo produtivo, desde a escolha dos fornecedores até o produto final." 



Recebi também o shampoo e o condicionador da mesma linha para cabelos oleosos e ultimamente eu tenho gostado MUITO do aspecto do meu cabelo.


Quem se interessou, a loja virtual é a http://www.lojariquezasdaterra.com.br/

O preço do sérum é R$26. Na página de Facebook sempre são anunciadas promoções de até 30%  https://www.facebook.com/riquezasdaterra