Mostrando postagens com marcador DIY. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador DIY. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 9 de março de 2016

Receita | Sabonete líquido


Sabe aqueles restinhos de sabonete em barra que não ensaboam e ficam difíceis de usar? Ao invés de jogar fora, é possível reaproveitá-los. Eu descobri essa dica no blog "Moda Verde", mas ao invés de deixá-los no formato sólido, preferi fazer sabonete líquido a partir de sobras de sabonete em barra.

Há alguns meses eu comecei a juntar todos restinhos de sabonete em barra e coloquei em um pote de vidro no banheiro. Depois de mais ou menos 10 a 15 pedacinhos, enchi o pote com água filtrada (cerca de 3 vezes o volume de sabonete) e deixei por mais alguns dias até que derretesse um pouco.


Despejei o conteúdo em uma panela e aqueci em fogo baixo por cerca de 5 minutos. A consistência fica muito líquida mesmo, não se preocupe que depois que volta a temperatura ambiente, solidifica.



Eu acrescentei à mistura 1 colher de sopa de glicerina vegetal, algumas gotas de óleo essencial de tea tree e corante alimentício rosa (é totalmente opcional, só usei para fins estéticos).

Aproveitei a embalagem vazia de sabonete líquido e essa quantidade da receita me rendeu 500 ml.

A consistência final depende dos sabonetes usados, podendo ficar cremoso (sabonetes brancos mais hidratantes) ou mais pegajoso (sabonetes translúcidos glicerinados).



domingo, 28 de fevereiro de 2016

Repelentes de insetos



Aqui em Belo Horizonte está tendo a maior epidemia de dengue de todos os tempos e a melhor forma de prevenir a picada de insetos é usar repelentes tanto no corpo como em casa. Infelizmente muitas vezes tomamos todas as medidas de precaução, como não deixar água parada etc, mas basta um vizinho descuidado para que haja uma infestação de pernilongos. Me parece que é isso o que acontece por aqui, porque aparecem muitos pernilongos nessa época.

A maioria dos repelentes vendidos em supermercados e farmácias são de marcas que testam em animais, como o Off (Johnsons). Além disso, alguns utilizam DEET, que é uma substância polêmica. Alguns estudos como esse sugerem substituí-lo por outro tipo de repelente devido à sua potencial toxicidade, principalmente em crianças.

A loja Lar Natural me enviou um kit de repelentes orgânicos e veganos da Preserva Mundi para testar. Testei por 2 meses e comparei com os que eu já tinha em casa.


Sachês Repel Neem


O que a marca diz:

"Os sachês vem em 5 em cada caixa, e são uma mistura de neem indiano e andiroba. Essa combinação tem alta ação de repelir insetos e uma longa duração: os sachês ficam ativos por até 3 meses."

O que eu notei:

Ele não possui cheiro e deve ser colocado em lugares baixos, como prateleiras baixas, embaixo da mesa, cantos de parede etc.

No primeiro dia que usei (retirei o lacre do sachê), coloquei um debaixo da mesa onde fica o meu computador e notei que os mosquitos diminuíram e os que entraram em casa permaneceram mais "bobões", meio desorientados. No entanto, depois de mais ou menos 1 semana, percebi que o "fluxo" de pernilongos aumentou e eles voltaram normalmente. Por isso não achei que foi eficaz. Talvez em locais onde haja menos pernilongos resistentes como os de cidades grandes, ele funcione melhor.

Testei também para espantar as formigas, colocando um sachê no caminho delas e infelizmente não funcionou.

Outra desvantagem é que ele funciona em ambientes de até 30 m². Ou seja, deve-se colocar um sachê em cada cômodo da casa. E se a sala for muito grande, tem que colocar 2.


Óleo essencial de citronela 

Usando um difusor elétrico, pinguei 3-5 gotas do óleo essencial de citronela com água e permaneci no ambiente por algumas horas. Notei que não apareceram pernilongos, mas tive algumas reações muito estranhas como muita dor de cabeça, ansiedade e insônia. Em outro dia que testei, tive as mesmas reações. Pelo que pesquisei, ele pode mesmo causar essas reações em certas pessoas e eu prefiro não usá-lo.


Repelente líquido Repel-Neem para animais e Sabonete de Neem para animais



Temos 4 cachorros que passeiam na rua diariamente e eventualmente eles pegam pulgas e carrapatos. Além disso, Belo Horizonte é uma cidade com incidência altíssima de leishmaniose canina, a qual é transmitida por mosquitos (ex: mosquito palha). Uma das formas de se evitar picada de mosquitos é utilizando repelentes, já que esses mosquitos podem picar na rua.

A vantagem do sabonete e repelente líquido da Preserva Mundi é que eles possuem composição mais natural e perfume quase imperceptível. O sabonete limpa direitinho e faz espuma normalmente. Senti necessidade de usar um condicionador na minha cachorrinha que tem pelo comprido e embola fácil. 



Infelizmente apareceram pulgas e carrapatos em duas cachorrinhas que passearam em locais onde passam cavalos. Tentei borrifar o repelente, mas eles continuaram. Depois do banho com o sabonete, as pulgas sumiram. Talvez tenha sido a forma ou a frequência de aplicação inadequadas, mas o fabricante não orienta bem como devem ser feitas.

Gostei muito do sabonete, principalmente por ser natural, adequado a cães com pele sensível e não possui cheiro forte, o qual pode irritar o olfato dos cães. O repelente líquido tem um cheiro um pouco mais forte, mas acredito que não chega a incomodar. Eu ainda tenho dúvidas quanto à sua eficácia em espantar pulgas e carrapatos e espero que ele espante mosquitos como os que transmitem Leishmaniose.


Repelente caseiro de cravo-da-índia 



Basta misturar 50 gramas de cravo, 30 ml de óleo vegetal (amêndoas, jojoba, girassol etc) em 1 litro de álcool, conforme essa receita.

Eu considero um repelente simples, barato e muito eficaz para espantar pernilongos. O que pode incomodar em algumas pessoas é o cheiro bem forte de cravos e a pele levemente melequenta do óleo vegetal. Ele também precisa ser reaplicado ao longo do dia porque o cheiro some com o tempo.


Hidratante Corporal Repelente da Riquezas da Terra



O hidratante e repelente corporal da Riquezas da Terra contém óleos orgânicos de andiroba e copaíba, que são considerados óleos repelentes. A composição é mais natural e o perfume é suave, mas lembra a cheiro de repelente. Como hidratante, senti que hidrata muito bem, rende bastante e é rapidamente absorvido pela pele. Notei que ele também foi eficaz em espantar pernilongos e fixa melhor na pele sem precisar reaplicar ao longo do dia.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Receita | Desodorante líquido de pedra hume



Para mim o desodorante de cristal de alúmen de potássio, que também é chamado de pedra hume, funciona muito bem (tem resenha aqui e aqui) e dura o dia todo sem problemas. Sua eficácia se deve às propriedades anti-sépticas, adstringentes e cicatrizantes. Ele não mancha roupas, não escurece a pele, não arde e não possui cheiro. No entanto, ele é chatinho de aplicar e nem todo mundo tem paciência de ficar passando por 1 minuto em cada axila. Além disso, a pedra precisa de ser molhada. Eu também ouvi de algumas pessoas que estão tendo dificuldades de encontrar para comprar.

Outro problema que aconteceu comigo e outras pessoas também podem ter é que o cristal caiu no chão e espatifou em pedaços. Como o alúmen de potássio é solúvel em água, deixei as pedrinhas dissolverem em água quente e usei a solução como desodorante em frasco com spray. 

Caso você não tenha o desodorante de cristal, é possível comprar pedra hume em pó ou em barra em farmácias. O potinho de 50 g de pedra hume em pó custa cerca de R$3,00 e a barra de 130 g da marca Rapozo custa cerca de R$10,00 (essa contém parabeno). A barra pode ser quebrada com a ajuda de um pano e um martelo.



Receita (pode aumentar a quantidade mantendo as proporções):

- 5 g de pedra hume em pó ou em pedaços da barra
- 30 ml de água quente
- 3 gotas de óleo essencial de tea tree e lavandin ou lavanda (opcional, perfuma e aumenta o poder antibacteriano)
- 1/2 colher de chá de glicerina vegetal (opcional, hidrata a pele)

Modo de fazer:
Quebre a barra em pedaços pequenos ou dissolva a pedra hume em pó na água quente. Demora um pouquinho para dissolver completamente. Adicione glicerina e as gotas de óleo essencial. Com a ajuda de um funil despeje a água em um frasco com borrifador ou roll on. Agite antes de usar e aplique cerca de 3 borrifadas em cada axila limpa.



Obs. 1 - Resposta da Farmax (sac@farmax.com.br):

Prezada Eliana,
A Farmax não realiza testes em animais. Todas as análises dos nossos mais de 160 produtos feitas interna e externamente são aplicadas em humanos ou feitas pelos modernos equipamentos que a empresa possui.
A linha de medicamentos produzidos pela Farmax são os chamados simplificados (de acordo com a Resolução 199/2006 da ANVISA). Para estes produtos são necessário testes físico-químicos e microbiológicos de comprovação de qualidade. Estes testes são feitos em laboratórios internos da empresa. Os teste são realizados de acordo com as farmacopeias aceitas pela ANVISA.
Nossa linha de cosméticos é composta por produtos de registro grau 1 e registro grau 2. Nos de registro grau 1 são necessários somente testes físico-químicos e microbiológicos. Os de registro grau 2, além dos testes físico-químicos e microbiológicos, são necessários também testes clínicos para comprovação do estabelecido na rotulagem, como por exemplo, fator de proteção solar, não comedogênico, etc.. Estes testes clínicos são realizados em laboratórios externos aprovados pela ANVISA através de uma habilitação chamada REBLAS e todos feitos em humanos.

A empresa está de portas abertas caso alguém tenha interesse em conhecer todo nosso processo de análises e testes, bem como consultar todos os laudos de testes feitos externamente.

Atenciosamente,



Obs. 2 - Informação do site da Ideal:

"A empresa também apoia amplamente projetos ambientais e sociais, operando de forma sustentável em todas as suas etapas de trabalho e sendo absolutamente contra a realização de testes em animais. [...] Em respeito à vida e absolutamente contra os maus tratos a animais, a Ideal Cosméticos NÃO realiza testes nos mesmos."


sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Receitas caseiras de cosméticos (DIY) fail


Eu sou adepta de várias receitas caseiras de cosméticos e sempre que uma funciona bem, costumo postar as minhas experiências positivas aqui no blog. No entanto, abundam receitas caseiras de cosméticos na internet. Quais delas funcionam bem como alegam? Visando poupar tempo e recursos de quem lê, decidi mostrar as receitas que eu testei e não funcionaram.

1. Desodorante caseiro feito com bicarbonato de sódio

Tentei usar o bicarbonato de sódio de várias maneiras (puro, misturado com óleo de coco, óleos essenciais etc), mas nenhuma delas funcionou como desodorante e aplicar puro até irritou a pele. Além disso, muitas pessoas alegam ser um produto natural (fazendo a velha conexão equivocada: "natural é bom/artificial é ruim"), mas o bicarbonato de sódio em contato com a pele pode ser irritante, tóxico e desastroso, de acordo com esse documento (Material Safety Data Sheet).

Obs: leite de magnésia usado e citado por alguns como desodorante é testado em animais. A Phillips pertence à GSK que testa em animais. Sigo usando o desodorante de alúmen de potássio.

2. Bronzer facial de cacau em pó

A cor do cacau em pó é linda e fica muito interessante na pele bronzeada. Mas o cacau obstrui os poros do rosto de forma absurda e cria pontos pretos. Além disso, a duração dele na pele é baixíssima.

3. Óleo de coco no rosto

O óleo de coco é considerado um óleo comedogênico, ou seja, pode obstruir os poros. Se você possui pele com tendência a ter cravos e espinhas, passe longe do óleo de coco para qualquer tipo de receita caseira facial. A Nyle do blog Lookaholic mostrou uma tabela que informa quais óleos são comedogênicos e quais podem ser usados em peles oleosas. Argan, rícino, jojoba, babaçu e girassol são exemplos de óleos que podem ser usados nesse caso. Deixe para usar óleo de coco no corpo e no cabelo.

4. Creme dental feito com óleo de coco e bicarbonato de sódio.

Por exercer função abrasiva, o bicarbonato de sódio está presente em cremes dentais comerciais branqueadores de dente. Ele branqueia os dentes porque retira o esmalte, que é uma proteção do dente. Nenhum dentista sério recomendaria o uso prolongado do bicarbonato de sódio, principalmente em casos de dentes sensíveis.

5. Óleos e manteigas vegetais para marcas de estria

A hidratação adequada da pele por meio de óleos, cremes e manteigas vegetais (karité e cacau por exemplo) evitam o aparecimento de estrias e diminuem a aparência de estrias vermelhas, mas depois que elas ficaram brancas, nada aplicado topicamente pode fazê-las desaparecer. Alguns dermatologistas indicam ácidos e outros métodos dolorosos e dispendiosos, mas nenhum óleo é capaz de combater estrias brancas, simplesmente porque óleos não penetram nas camadas mais profundas da pele, onde ocorrem as estrias brancas.

6. Shampoo Seco a base de bicarbonato e amido de milho

Como a raiz do meu cabelo costuma ficar oleosa nos dias seguintes após lavar, sinto falta de produtos que melhorem a aparência de cabelo oleoso e "lambido". Para fazer essa receita de shampoo seco, misturei bicarbonato de sódio, amido de milho e cacau. O resultado não só não disfarçou a oleosidade, como deixou a sensação de resíduos no couro cabeludo.


terça-feira, 28 de julho de 2015

20 Formas de economizar em cosméticos

Não está sendo fácil. O preço dos produtos está cada vez mais alto e com a alta do dólar e aumento das taxas, a tendência é piorar cada vez mais. Além disso, publicaram um estudo recentemente mostrando que se alimentar de produtos industrializados está ficando mais barato que consumir alimentos básicos naturais como arroz, feijão, frutas e legumes (saúde pra que, né?).

Uma forma de continuar comprando um produto legal como uma base ou um creme para o rosto mais caro, por exemplo, é economizar em outros, que talvez não façam tanta diferença.

Nesse post eu dou algumas sugestões do que venho fazendo para economizar $ com cosméticos.


1) Faça seu próprio lip balm

Misture um pouquinho de batom que vc não usa ou não vai fazer diferença, com manteiga de karité derretida em banho maria e gotinhas de óleo essencial de menta (opcional). Transfira o líquido para um tubinho de lip balm ou batom vazio e coloque na geladeira para solidificar. Depois de sólido ele pode ser usado fora da geladeira. A manteiga de karité é um hidratante potente capaz de evitar que os lábios ressequem.

Aqui eu misturei apenas a manteiga de karité derretida com OE de menta.


2. Faça seu próprio esfoliante corporal

Eu já mostrei aqui receitas com açúcar ou borra de café misturados com óleo vegetal, como óleo de coco ou azeite. Faça a esfoliação durante o banho e enxágue para retirar o excesso de óleo.

3. Faça sua própria manteiga corporal perfumada

Misture manteiga de karité e/ou cacau e/ou manga com óleo vegetal e algumas gotinhas de óleo essencial da sua preferência ou perfume. Se achar necessário, derreta em banho maria antes de misturar e quando solidificar, bater na batedeira para criar uma textura de mousse. Essa manteiga pode ser usada para partes do corpo que merecem extra hidratação como pernas, joelhos, cotovelos etc. Se achar que ficou muito oleoso, misture amido de milho, que é capaz de absorver um pouco da oleosidade.

4. Use sombras de olho por cima do batom para criar cores

Ao misturar sombras por cima de batons, é possível alcançar diversas cores de batons, principalmente quando se quer uma cor exótica, que será usada poucas vezes.

Para saber se a sombra é segura para ser usada nos lábios, existe uma lista da Anvisa que mostra quais pigmentos são permitidos para todos os tipos de produtos:  http://www.anvisa.gov.br/cosmeticos/guia/html/79_2000.pdf

Aqui eu criei uma cor de batom a partir de sombra roxa:

Batom nude WnW - sombra roxa NYX - batom nude misturado com a sombra roxa

5. Use pó facial por cima de batons para criar efeito matte

A Melissa (do blog Maquiando sem Crueldade) publicou um post mostrando como ela matifica batons com o pó solto da ELF:



6. Crie cores novas misturando os seus batons

Além de usar sombra, outra maneira de criar cores é fazer uma misturinha com cores de batons diferentes.

7. Use óleo vegetal para remover maquiagem ao invés de demaquilante

Não faz o menor sentido pra mim comprar demaquilantes quando se pode usar óleo vegetal para remover qualquer tipo de maquiagem, inclusive rímel a prova d'água. Depois é só lavar o rosto com sabonete facial.

8. Use óleo de rícino nas sobrancelhas para estimular o crescimento de pelos

Minhas sobrancelhas começaram a crescer consideravelmente mais e em locais que eu pensava que elas não cresceriam, depois que comecei a usar óleo de rícino (ou castor oil). Aplico com os dedos e massageio por uns 30 segundos antes de dormir.

9. Restaure o delineador em gel que secou

Expliquei nesse post como fazer isso.


10. Lave os pincéis com sabonete - líquido ou em barra cremoso - e misture óleo vegetal para hidratação e maciez extra


11. Utilize toalhinhas de rosto ao invés de discos de algodão


12. Renove sua máscaras de cílios

Se o seu rímel não for à prova d’água, você pode colocar algumas gotinhas de soro fisiológico e misturar com a própria escovinha de passar o produto. Se a sua máscara for à prova d’água, substitua o soro por gotinhas de óleo de rícino para amolecer o rímel. Mas uma ressalva: é melhor não usar essas dicas se o seu rímel ressecou por ter passado do prazo de validade (geralmente até 6 meses depois de aberto). A máscara de cílios é um dos produtos que mais acumula bactérias entre os cosméticos que usamos. Como o rímel é aplicado na área dos olhos, é melhor não correr riscos.

13. Guarde embalagens vazias para guardar seus próprios cosméticos caseiros


14. Faça seu próprio repelente de insetos

Em uma garrafinha com borrifador, misture 2 copos de álcool e 10 gramas de cravo de índia. Agite diariamente a mistura por pelo menos 10 dias e coe os cravos. Adicione 100 ml de óleo vegetal. Agite antes de usar na pele.

15. Considere usar desodorante de cristal (pedra hume)

Há cerca de 2 anos que eu uso a mesma barra de cristal (Resenha aqui e aqui). Se eu fosse comprar um desodorante de por exemplo de 10 reais por mês, teria gastado 240 reais em 2 anos!
Vídeo explicativo de como usar: https://www.youtube.com/watch?v=2ZLUk04R_rw

16. Corte pedaços de sabonete em barra


Para evitar desperdiçar sabonetes durante o banho (sendo derretidos pela água), corte em barras menores.

17. Pesquise em vários blogs antes de comprar cosméticos


Quando estiver precisando de um produto, vasculhe a internet e procure por várias resenhas. Se for um produto importado, tente blogs em inglês e sites de avaliação como o Makeupalley. Essa pesquisa pode evitar comprar uma cor diferente do que imaginava ou um produto que pode não adaptar para a sua pele.

18. Dilua o shampoo em água antes de usar


Mantenha um potinho no box para encher com um pouco de água e misturar com o shampoo antes de aplicar no cabelo. Dessa forma, evita-se usar shampoo além do necessário.

19. Cancele todos os e-mails/subscriptions de lojas e/ou não abra e-mails de ofertas


Certamente alguns e-mails podem conter descontos interessantes, mas geralmente são itens que você não precisa e acabará comprando porque os preços são tentadores.

20. Considere comprar coisas fora do Brasil


Mesmo com o dólar lá nas alturas, por incrível que pareça, comprar fora ainda compensa mais que comprar aqui. Existem lojas como iherb.com e vitacost.com que oferecem itens mais baratos, mesmo se forem taxados. É preciso ter cartão internacional.

___

Obs: Onde comprar manteigas e óleos vegetais/essenciais:

- Sabão e Glicerina
- Engenharia das Essências
- e-Cosmetique 

terça-feira, 29 de julho de 2014

DIY | Hidratante facial para peles oleosas e sensíveis



Quem acompanha o blog há mais tempo já deve ter visto que eu sou fã do óleo de jojoba para hidratar a pele do rosto. Ele não é comedogênico e é considerado um óleo com toque seco, ao mesmo tempo que hidrata e ajuda a melhorar a acne. Ou seja, o óleo de jojoba é o óleo ideal para peles oleosas e/ou com tendência à acne. No entanto, por se tratar de um óleo, ele não deixa a pele totalmente sequinha. Quando se usa maquiagem após aplicá-lo no rosto, a duração da base diminui bastante.

Dessa forma, acabei descobrindo que o gel de aloe vera/babosa pode ser usado como hidratante facial. Já se sabe que a aloe vera possui vários benefícios para a pele, principalmente as peles sensíveis e com marcas de acne. Em cremes hidratantes, pós sol etc, a aloe vera já é largamente usada. Por isso, imaginei que a mistura de aloe vera com o óleo de jojoba daria um excelente hidratante facial, principalmente agora no frio, quando geralmente as peles mistas e oleosas ficam um caos (oleosa na zona T e ressecada no resto do rosto ¬¬).

Esse hidratante é líquido, mas é rapidamente absorvido pela pele. Depois de absorvido, tenho a impressão de que a pele fica mais esticadinha, hidratada e não fica nem um pouco oleosa, tampouco craquela. A duração da base aplicada sobre o hidratante não fica comprometida.

Na minha mistura eu costumo usar essa concentração, mas cada um pode dosar da forma que achar melhor:

  •  30 ml de Puro Gel de Aloe. Eu uso da marca Live Aloe, mas se tiver a planta (também chamada de babosa), basta retirar a polpa e bater no liquidificador. Comprei aqui
  • 10 ml de óleo de jojoba. Se certifique de que ele seja puro. Falei das opções aqui
  • 5 gotas de óleo essencial de tea tree (opcional, mas é ótimo para peles acneicas).

Agitar antes de usar e aplicar 2 ou 3 gotas no rosto, 2 vezes por dia.


terça-feira, 25 de março de 2014

Receita DIY: Álcool em gel/antisséptico vegano

Não sei quanto a vocês, mas eu fico com aflição quando vejo alguém dentro do ônibus ou metrô comendo salgadinho com a mão! Além de nada higiênico, existem estudos que mostram que o contato com o corrimão de transporte público aumenta o risco de transmitir doenças respiratórias, diarreia ou conjuntivite, já que as pessoas podem coçar o nariz, a boca ou os olhos depois de segurar nas barras, que são lotadas de bactérias.

Lavar as mãos com sabonete é a melhor forma de se livrar dessas bactérias, mas nem sempre é possível lavar a mão na rua. E a maioria dos produtos bactericidas de álcool em gel são de empresas que testam em animais ou não são veganos (contém glicerina de origem animal). Além disso, muitos não são tão eficazes como alegam ser. Sem falar na presença de triclosan, substância que aumenta a resistência de bactérias e pode causar problemas de saúde.

A sugestão é fazer o seu próprio ou andar na bolsa com um frasco pequeno com álcool em gel na concentração de 70%. Não precisa ser uma pessoa obsessiva, mas vale usar o bom senso antes de comer com as mãos sujas.
Existem vários estudos clínicos que mostram que concentrações de 1% de óleo essencial de melaleuca (tea tree) são capazes de matar bactérias. Esta tabela mostra exatamente a concentração a qual cada bactéria não resiste e as devidas referências científicas.

Descobri que a lojinha Sal da Terra possui um antisséptico vegano composto por óleo essencial de melaleuca, álcool e vitamina E.

Álcool gel Natural 60 mL

Para fazer o seu, você vai precisar de:

- 30 gotas de óleo essencial de melaleuca (tea tree)
- 1 colher de sopa de álcool em gel a 70% (sugestão: marca Carrefour. A marca Veja testa em animais.)
- 100 ml de suco de aloe vera ou glicerina vegetal (para evitar o ressecamento das mãos causado pelo álcool)
- 1/4 de colher de chá de vitamina E (para preservar e aumentar a vida útil)

Misturar tudo e guardar em um frasco pequeno. Agitar antes de usar. Fazer em pequenas quantidades de cada vez, por se tratar de uma receita natural e sem conservantes. Evitar a exposição do sol e calor.


OBS: Consulte seu médico caso esteja grávida.

Receita adaptada do site DIY Natural.

domingo, 22 de dezembro de 2013

Receita DIY: Lip tint de beterraba


A Benefit (que infelizmente não é cruelty free por fazer testes na China) tem um produto líquido vermelhinho chamado Benetint, que deixa os lábios e bochechas com um aspecto extremamente natural e com uma pigmentação avermelhada. Não encontrei um produto vegano similar, mas fiz algumas receitas e achei uma que tem efeito super parecido. Os ingredientes são naturais e não contém conservante, por isso tem validade reduzida e menor duração nos lábios.

Encontrei a receita nesse site.

Ingredientes:

- 1/2 beterraba grande ou 1 pequena
- 2 colheres de sopa de glicerina vegetal bidestilada (comprei aqui)
- 5 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta (peppermint)

A glicerina ajuda a grudar a pigmentação e ainda hidrata os lábios. A beterraba tem uma cor lindíssima. O óleo essencial de menta é responsável por dar um cheirinho e gostinho refrescante e age como preservativo.


Modo de fazer:

Corte a beterraba em cubinhos e cozinhe junto com a glicerina em banho-maria por aproximadamente 20 minutos. Deixe esfriar, coe e coloque em um frasco de sua preferência. Eu usei o frasco em roll-on da Bioessência, mas você pode usar também um frasco de gloss antigo.




A duração nos lábios é de 1-2 horas e depois tem que reaplicar. Nas bochechas a duração é de umas 3-4 horas. A validade é de 1 mês fora da geladeira e se guardada na geladeira dura um pouco mais. Quando a textura estiver ficando mais grossa ou com cheiro esquisito é hora de jogar fora!

Resultado nos lábios:




sábado, 30 de novembro de 2013

Receita DIY: Esfoliante corporal refrescante de menta

 

O óleo essencial de hortelã-pimenta (conhecido também por Menta piperita) tem várias propriedades além do cheiro delicioso de menta. No corpo ele tem sensação refrescante, ajuda a ativar a circulação sanguínea e a dar mais ânimo. É também descongestionante nasal e desodorizante.

Existem vários produtos caseiros com poder abrasivo que conseguem fazer boa esfoliação, como açúcar, café, fubá, aveia etc. O açúcar é o meu preferido para o corpo.

Os ingredientes para o esfoliante corporal de menta que eu fiz são:

- 2 partes de açúcar branco, de preferência orgânico. O açúcar demerara e o mascavo não são tão bons esfoliantes, mas também podem ser usados.
- 1 parte de óleo de coco (ou amêndoas)
- 10-15 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta (peppermint) para 200g de esfoliante
- 5 gotas de essência de baunilha (opcional)

Misturar todos os ingredientes em um pote de vidro ou plástico com tampa e guardar em local sem luminosidade do sol.

Não deixar entrar em contato com olhos e mucosas.


sábado, 16 de novembro de 2013

Produtos veganos para sobrancelhas e receita DIY

Depois que eu escureci o cabelo, tenho gostado de usar sobrancelhas mais marcadas. Eu sempre tive sobrancelhas super finas e estavam todas falhadas (tem fotos antigas aqui do blog que mostram como eram fininhas), mas percebi que depois que eu comecei a usar óleo de jojoba no rosto, inacreditavelmente elas começaram a crescer mais. Pelo que pesquisei, o de rícino é o mais potente para sobrancelhas.

Essa receita é para quem tem cabelos castanhos ou gosta dela com fundo marrom. Quem tem sobrancelha com tom acinzentado, é preferível usar uma sombra ou lápis marrom acinzentado (dicas de produtos no final do post).

Antes sem nada e depois com a solução de cacau em pó:


Usei:
- 1 gota de glicerina vegetal (comprei no site Sabão e Glicerina)
- 1 gota de água filtrada
- 1 tiquinho de cacau em pó sem açúcar (usei o da Mãe Terra)
- 1 pincel chanfrado (usei o da EcoTools)
- 1 pincel com escovinha para esfumar (usei o da EcoTools)
- 1 haste com algodãozinho para limpar o excesso ("cotonete" do Carrefour)





Produtos veganos para sobrancelhas:


1) Óleo de Rícino puro (vendido em farmácias) Antes de dormir eu passo um pouco na sobrancelha.
2) NYX - Highlight & Brow pencil (vende na Beauty Joint) Eu tenho e me gusta mucho!
3) Catrice -  Eyebrow Set (vende na Element Cosmetics)
4) E.L.F. - Brow kit (vende na Beauty Joint)
5) E.L.F. - Gel Lash & Brow clear mascara (vende na Beauty Joint)
6) Payot - Lápis de sobrancelha (vendido em perfumarias e lojas Renner) NÃO É MAIS CRUETY FREE

Alguém conhece mais algum produto bacana para sobrancelhas?

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Receita DIY: Spray anti-frizz vegano


Essa época de chuva é terrível para deixar o cabelo à la Capitão Caverna style! Os óleos vegetais podem tirar o frizz de certos cabelos, mas comigo qualquer gotinha de óleo usada nas pontas deixa o cabelo todo ensebado, parecendo que eu fritei batata o dia inteiro, mesmo tendo o cabelo ressecado na metade para baixo.

A forma que eu encontrei para diminuir o frizz de maneira totalmente natural, sem silicone e sem engordurar foi usar óleo vegetal puro diluído no cabelo. Segue a receita:

- 8 partes de água filtrada (ou a proporção que funcionar melhor para o seu tipo de cabelo)
- 1 parte de óleo puro (ex.: argan, jojoba, abacate, pracaxi, azeite, linhaça etc)
- gotinhas de óleo essencial de lavanda ou perfume para neutralizar o cheiro de óleo.
- 1 garrafinha com tampa de spray (se for de cor âmbar, melhor)

Agitar bem sempre antes de usar. Manter fora da luz solar.
Dou umas borrifadas no cabelo inteiro (seco ou molhado) antes de sair de casa ou sempre que achar necessário. O cabelo fica mais macio e brilhoso, as pontas ficam seladas e o frizz diminui muito!


Na minha mistura eu usei óleo de pracaxi e argan da Cativa (que infelizmente não funcionou como finalizador pra mim, tanto pelo cheiro que é uó, quanto por deixar oleoso demais), óleo de abacate da Força da Terra e gotinhas de óleo essencial de lavanda.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Receita DIY: Tônico vegano caseiro para peles oleosas


Estou usando há anos e amando esse tônico caseiro que eu fiz para pele mista ou oleosa, baseado em uma receita indicada por uma dermatologista. A pele fica limpa, refrescante, sequinha e cicatriza mais rapidamente cravos ou espinhas inflamadas.

Borrifo esse tônico em um algodãozinho ou toalhinha depois da limpeza da pele com sabonete, 2 vezes ao dia, para retirar oleosidade ou o resíduo de maquiagem que a limpeza não foi capaz de remover da pele. Depois hidrato a pele com um creme hidratante ou óleo de jojoba com aloe vera. Também é preciso usar um protetor solar durante o dia.

O vinagre de maçã e o chá verde agem como adstringentes e ajudam a reduzir a oleosidade e poros aparentes. Os óleos essenciais tem função antibacteriana, refrescam, melhoram a circulação e ajudam a diminuir a vermelhidão. Ajudam também a disfarçar o cheiro forte do vinagre (que eu não gosto).

Ingredientes:
  • 20 ml de água mineral ou filtrada. Para peles muito sensíveis, o suco/gel de aloe vera é uma excelente opção. Para peles problemáticas, use o chá verde no lugar da água.
  • 10 ml de vinagre de maçã.
  • 5 gotas de óleo essencial de melaleuca (tea tree).
  • 3 gotas de óleo essencial de hortelã (e/ou algum outro de sua preferência, como o Junípero, que é bom para peles oleosas)
Total: 30 ml.

Colocar em uma garrafinha com borrifador e manter em geladeira, se possível.

Guardei em um frasco escuro reutilizado. Caso não tenha, guarde em um frasco vazio de plástico ou vidro e use fita adesiva escura ao redor do frasco para evitar que a luz solar prejudique as propriedades dos óleos essenciais.

Fica a dica para as oleosas: super simples de fazer, barato e eficaz!

Onde comprar óleos essenciais:

- Loja e-Cosmetique (10% de desconto com o código BELEZAVEGANA)
- Loja Lar Natural

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

O que fazer quando o delineador em gel secar

Acredito que muitas pessoas já sabem o que fazer quando o delineador seca. Só que eu não sabia até pouco tempo atrás e acabei jogando um delineador que eu gostava no lixo, de raiva. Vergonhoso, eu sei.

Não são só os delineadores de marcas baratinhas que ressecam! Descobri que delineadores em gel de várias marcas caras também estão passíveis a isso. (ex: Bobbi Brown, MAC etc).

O meu da Yes e da Vult duraram uns 6 meses sem ressecar e esses dias ele ressecou. Deve ser o tempo frio e seco. O que eu fiz foi:

- Aquecer o potinho por alguns segundos (5-10 s) no microondas. Tome cuidado para não deixar por mais tempo e acabar queimando. Se preferir pode ser em banho maria ou até no sol.

- Colocar uma gotinha de óleo de coco (ou jojoba, azeite, óleo de rícino etc).

- Misturar um tiquinho de sombra preta opaca em pó, para ficar mais pigmentado (1/4 a 1/8 de colher de chá)

Tente usar uma espátula pequena de plástico, tipo essas de cafezinho ou um palitinho.

Repetir o processo sempre que necessário.

Obs: Não é necessário usar óleo. Só o aquecimento é o suficiente. Mas a frequência com que ele seca vai ser maior, por isso prefiro colocar o óleo.

 Obs 2: Vai fazer um pouco de bagunça!


segunda-feira, 22 de abril de 2013

Criando Cores de Esmaltes com Sombras



Ultimamente tenho gostado de combinar a sombra com o esmalte, só por diversão! Queria um esmalte duo cromático azul e marrom para usar com a sombra "Azul Marrom" da The Body Needs. A cor lembra a sombra Club da MAC e talvez uma versão menos pigmentada do pigmento Blue Brown.


Tá super mal passado! rs

Para criar o esmalte com a cor de sua preferência é só acrescentar um pouquinho da sombra em uma base incolor diretamente no vidrinho com a ajuda de um funil - usei 1/2 colher de chá para meio vidro de base. É importante misturar bastante e caso fique muito espesso, acrescentar óleo de banana ou uma gotinha de removedor de esmaltes. 

Caso não queira gastar um vidrinho de base para uma cor de esmalte - eu enjoo fácil de cores de esmalte -  é só fazer a mistura de base + sombra aos poucos em um pote de plástico. Se tiver secando rápido, acrescente mais base incolor, óleo de banana ou removedor de esmalte. Tente passar o esmalte rápido!

Usei a mica Aruban Coral Pearl da Coastal Scents.
Tá super mal passado. Não reparem por favor!

É possível usar sombras compactas também. É só raspar com uma colherzinha de plástico (de cafezinho) e triturar bem. Como é necessário só um pouquinho, ainda dá para continuar usando como sombra. Para quem tem aquelas paletas de 1 milhão de cores, tem sempre aquelas sombras intocáveis que serão ótimas cores para esmalte.

Algumas sombras são opacas, metálicas, brilhantes ou muito clarinhas na pele e assim ficarão no esmalte. Antes de  usar, teste na pele para ver se o acabamento é mesmo o que deseja. Quanto mais pigmentada, menos camadas de esmalte serão necessárias para uma cobertura legal das unhas.

Além de criar, é possível aumentar a pigmentação de alguns esmaltes adicionando uma sombra de cor similar no vidro do esmalte.

sexta-feira, 22 de março de 2013

DIY: Receita de Demaquilante


Acho que todo mundo deve conhecer essa receitinha, mas não custa relembrar. É fácil, barata e super funciona para remover a maquiagem dos olhos, boca e até do rosto.

- 1 parte de azeite de oliva
- 1 parte de água filtrada/mineral

Agitar e guardar em um potinho pequeno. O ideal é fazer aos poucos para não oxidar. E tá pronto o demaquilante bifásico! 

Agitar antes de usar, umedecer um algodão/toalhinha e passar nos olhos ou boca. Depois lavar o rosto com um sabonete.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Primer Facial DIY Para Peles Oleosas

Como estava precisando de um primer que ajudasse a controlar a oleosidade, resolvi testar uma receita que achei nesse site.

A receita do Primer Facial é:

- Aloe Vera em gel ou hidratante facial
- Kaolin Clay/Argila branca
- Araruta (tapioca) em pó
- Base mineral (opcional)
- Pote para armazenar

Misture 1/4 de colher de chá de argila branca e 1/4 de colher de chá de araruta.
Depois misture 2 a 3 colheres de chá de aloe vera em gel ou hidratante facial com a araruta e a argila.

Aplique uma camada fina com um pincel de base de forma uniforme no rosto. Guarde o que não usou para depois.
Deixe o primer ser totalmente absorvido pela pele antes de aplicar a base.
Caso queira uma corzinha, misturar um pouco de base mineral.
Em caso de usar aloe vera, o primer deve ser mantido em geladeira para aumentar a validade.

A araruta e a argila branca ajudam a absorver a oleosidade da pele.

Nunca vi vender aqui no Brasil aloe vera em gel 100% puro, então resolvi usar a receita com hidratante. Tenho um pote de argila que comprei na Coastal Scents, mas é muito fácil de achar aqui no Brasil pra comprar. A araruta em pó é vendida em mercado de produtos naturais, fácil de encontrar.

Esse primer deixou minha pele beeem menos oleosa. Percebi muita diferença, porém nada milagroso. Não notei diferenças quanto à duração da base.

E eu ainda estou usando sílica em pó que vende na TKB Trading e Coastal Scents, que é basicamente o mesmo que o pó HD da Make Up For Ever e chupa o óleo da pele e não adiciona cor. Realmente está valendo a pena!


Propriedades da Argila Branca / Kaolin
Possui um pH muito próximo da pele. Reduz as inflamações, tem propriedades purificantes, adstringentes e remineralizantes, é anti-séptica cicatrizante devido à elevada porcentagem de alumínio presente em sua composição. Clarreia manchas senis, é micro-esfoliante, equilibra a oleosidade da pele, combate cravos e espinhas, reduz rugas e sinais de expressão, adstringente, remineralizante etc etc.