quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Máscara Hidratante Iluminadora da Farmaervas




A Farmaervas é uma marca mais acessível e pode ser encontrada facilmente em alguns supermercados, farmácias e perfumarias em todo o Brasil. A linha verde capilar é totalmente vegana e no rótulo dos produtos vem a informação de que não realizam testes em animais nem utiliza ingredientes derivados de animais. A linha corporal da Farmaervas e os lançamentos da linha facial da Tracta também incluíram essa informação nos rótulos.

Isso é muito legal e acho que mais empresas brasileiras deveriam aderir! E é aquela história: quanto mais comprarmos de empresas veganas ou as opções veganas, mais acessíveis elas se tornam. E ao invés de encontrar apenas produtos da L'Oreal, Pantene, Dove e outras marcas que testam em animais nas prateleiras dos supermercados e farmácias, veremos mais opções veganas e cruelty free. E eu acredito que elas acabam abrindo as portas para outras empresas seguindo a mesma proposta.

A máscara iluminadora contém camomila e óleo de amêndoas, ambos ingredientes conhecidos por clarear levemente o cabelo. E a proposta da linha iluminadora é justamente essa: clarear gradativamente os cabelos, deixando-os mais luminosos. Agora no verão, acho legal ter mechas mais claras nas pontas. Mas não espere um clareamento mais drástico. Somente a água oxigenada é capaz de clarear vários tons (a camomila não tem esse poder).


             Além de não conter ingredientes de origem animal, também não contém óleo mineral,                                              parafina, silicones insolúveis em água, parabenos e corantes. 


Deixo agir por cerca de 5 minutos na metade de baixo do cabelo e depois enxáguo. Para cabelos muito danificados (não é o meu caso atualmente), o tempo é de 15 minutos. Eu estou testando a máscara há algumas semanas e já notei que meu cabelo começou a clarear e está com reflexos na cor de mel nas pontas. Quem tem o cabelo mais escuro, provavelmente vai sentir o cabelo clareando para uma cor mais dourada e talvez alaranjada, dependendo se o cabelo tem subtom quente ou frio (ou seja, puxa para o alaranjado ou acinzentado).

Eu senti que essa máscara sozinha, apesar de hidratar e deixar o cabelo macio e sedoso, não é reparadora (e ela nem alega ser), por isso, não vá esperando que ela sozinha será capaz de reparar cabelos muito danificados. O que eu sempre faço é revezar umas 3 máscaras diferentes, usando uma a cada lavagem, algo como o cronograma capilar. Além da camomila e do óleo de amêndoas, tem também ativos como: óleo de semente de manga, óleo de camelina, proteína do trigo e até extrato de yacon.


O cheiro de camomila é bem pronunciado! Depois de seco, o cabelo continua com o cheiro de camomila e eu achei agradável.

A consistência é bastante densa e apenas uma pequena quantidade é o suficiente para deixar o cabelo mais emoliente:


Custa R$22,90 por 250 g na loja virtual da Farmaervas e eu achei um ótimo custo-benefício.


A máscara foi enviada pela assessoria da Farmaervas para considerações voluntárias no blog. Todas as minhas opiniões são 100% honestas, baseadas nas minhas experiências e nenhum produto receberia uma avaliação favorável, a menos que tenha fornecido resultados favoráveis.

9 comentários:

  1. adorei essa mascara parece ótima e melhor de tudo é o preço, bjos horasnoespelho.com

    ResponderExcluir
  2. oi Eliana (: fiquei feliz em encontrar seu blog, já que quero mudar os produtos que uso!
    será que essa mascara é liberada pra low-poo? vou testa-la depois :)
    Daniela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniela!
      É liberada pra low poo! Não contém óleo mineral, parafina, parabenos. Tem amodimethicone, que é um silicone que pode ser removido do cabelo utilizando-se shampoo com ou sem sulfato.

      Excluir
  3. Será que chega a dar uma clareada em cabelos castanho-escuros também? *-* eu estava louca pra usar o sun-in só pra clarear de leve, mas tem parafina pelo que sei :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Laís,
      Acho que clareia sim aos poucos, agora a questão é se ele não vai ficar ruivo ou alaranjado.
      Aff sério que a Phytoervas ainda usa parafina? Achei que eles tinham reformulado porque retiraram o sulfato.

      Excluir
    2. antigamente pelo menos tinha, mas espero que tenham tirado nessa nova fórmula :D

      Excluir
  4. Oii, Eliana,eu procurei informações sobre batons veganos aqui e não achei, tbm perguntei em un grupo e fiquei mais confusa ainda rs! Queria saber se os batons da contém 1g e Elk são veganos
    Grata, Paula✨🌻

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula,

      Procure pelas tags de batom da coluna na direita: http://belezavegan.blogspot.com.br/search/label/Batom

      O batom líquido da Elke me parece ser e somente os batons das linhas C1g e I'm Model da Contém são veganos.

      Excluir