quarta-feira, 9 de julho de 2014

Cosméticos veganos vendidos em farmácia. Parte 1 - Cabelos

Fiz esse post pensando naquelas pessoas que não querem ou não podem comprar em lojas virtuais. Eu prefiro comprar tudo que posso pela internet por n motivos. Apesar da maioria esmagadora dos produtos vendidos em farmácias e supermercados pertencerem à empresas que testam, como Pantene, Elsève, Seda, Garnier, Tresemmé etc, é possível garimpar produtos veganos em farmácias ou perfumarias.

Obs: Pode ser que haja uma reformulação da composição, portanto sempre verifique o rótulo e procure por ingredientes como lanolina, queratina, colágeno etc.

Nessa primeira parte, citarei produtos para cabelos.


1. Vizcaya 
- Linha Botanique 
- Hydra Care (veja no rótulo se não possui "honey")
- Blonde Action 
- Brilho e vitaminas 
- Pro cachos



Resposta do SAC <sac@vizcaya.com.br>:

"Boa tarde Eliana,
De todas as linhas da Vizcaya, as únicas que possuem ingredientes de origem animal são: Pós Escova Progressiva, Keratina e o condicionador Silver Touch. Estes produtos contém colágeno e queratina hidrolisada.
Já as demais linhas da Vizcaya são isentas de ingredientes de origem animal.
Qualquer dúvida, estamos à disposição.
Att
Equipe Vizcaya"

2. Farmaervas 
- Linha Verde (e proteção térmica)



Resposta do SAC <consumidor@farmaervas.com.br>:

"[...] Não utilizamos ingredientes que para serem extraídos colocam em risco a vida dos animais.Temos algumas matérias-primas como por exemplo a cera de abelha, que é produzida pela abelha, mas não coloca em risco a sua existência. O mesmo se aplica a Lanolina, que é desenvolvida à partir da lã do carneiro. Trabalhamos com fornecedores que nos garantem a procedência das matérias-primas, todos são previamente certificados pelo nosso controle de qualidade.Assim esperamos atender a expectativas de consumidores como a Sra. que exigem produtos de qualidade e que não agridam a natureza e os animais.

Informamos que os compactados e Bases não usam produtos de origem animal, exceto a base cremosa que ainda possui lanolina, mas esta no processo para retirar. Delineador gel, Sabonetes liquidos, shampoos, condicionadores também não possui nenhum ingrediente de origem animal. Exceto a linha de Geléia Real e Quinoa da linha F.[...]"

3. Phytoervas 




O SAC <nasha@nasha.com.br> alega que os produtos não possuem ingredientes de origem animal, no entanto, alguns produtos levam queratina e aminoácidos da seda. Sei que podem ser de origem sintética, mas não há nenhuma menção sobre isso no rótulo.


4. Granado 
- Linha Terrapeutics 



- Linha Bebê



5. Bio Extratus 
- Linha: Pós Progressiva




- Linha: Botica



- Linha Noni




- Linha Antiqueda




- Linha Blond
- Linha Verão
- Linha Kids

Resposta do SAC <sac2@bioextratus.com.br>:


           "Possuímos cinco linhas e cinco produtos que utilizam ativos de origem animal:

* Linha Neutro com Proteínas do Leite (LEITE)
* Linha Tutano (TUTANO)
* Linha Queravit (QUERATINA)
* Linha Nutricachos (COLÁGENO)
* Linha Octol (PRÓPOLIS)
* Pomada Propomel (PRÓPOLIS , MEL e LANOLINA)
* Queratina Concentrada (QUERATINA)
* Biottano ( LANOLINA )
* Elixir de Nutrição Shitake Plus (LANOLINA)
* Finalizador Noite/Dia Shitake Plus (LANOLINA)

As nossas demais linhas são formuladas com ativos de origem vegetal, sem ingredientes de origem animal, com destaque para a Linha Botica e para o Mega Spray da Linha Queravit.

A Linha Botica da Bio Extratus foi elaborada com uma cuidadosa seleção de extratos naturais, aliada ao conhecimento científico e à delicadeza de fórmulas únicas e suaves. A Linha é green, livre de corantes, parabenos e petroquímicos.

A Linha Botica zela pelos seus cabelos com a Tecnologia Natural Matriz 3 D, uma associação harmoniosa do extrato de bambu com a Caesalpinina spinosa.

A Tecnologia Natural Matriz 3 D trata dos cabelos de forma prolongada e na medida certa da necessidade dos fios. Através desta tecnologia, os ativos atuam por mais tempo, oferecendo benefícios no ato da aplicação e continuando a promover o tratamento durante todo o intervalo entre as lavagens.
Além de cuidar dos cabelos de forma natural e suave, a Linha Botica é aroma e fitoterápica, capaz de proporcionar equilíbrio e harmonia entre a mente e o corpo que, como sabemos, contribui muito para a nossa beleza natural.

O Mega Spray da Linha Queravit (***verifique se não há lanolina no rótulo)  foi desenvolvido para o cuidado intensivo dos cabelos. Pode ser usado para cauterização ou finalização. Durante o processo de cauterização, restaura profundamente a fibra capilar. Ao ser aplicado para finalizar, desembaraça e disciplina os cabelos, facilita o processo de escovação e protege os fios do calor do secador. Deixa um toque sedoso e um brilho incomparável. A sua composição não possui ingredientes de origem animal, com destaque para: 
QUERATINA VEGETAL - retirada do milho, do arroz, do trigo e da soja, possui alguns benefícios em relação à queratina animal, pois proporciona mais brilho, mais maleabilidade e mais condicionamento.

ÓLEO DE ARGAN - é antioxidante, fornece emoliência sem peso, favorece a proteção e a saúde dos fios

ÁCIDO GLICÓLICO – nivela as cutículas capilares e oferece brilho."

6. Payot NÃO É MAIS CRUELTY FREE
- Linha Botânico



Com exceção dos shampoos e condicionadores com mel/cera de abelha, todos os outros da linha Botânico são veganos. A Payot afirma utilizar lanolina e cera de abelha de origem animal


7. Yamá
- Linha Yamasterol
Os cremes de pentear amarelo e branco são veganos, mas nem todos os produtos da marca são. O rosa contém queratina de origem animal, por exemplo.

8. Est


A Est alega no site que todos os seus produtos são isentos de ingredientes de origem animal.


9. Haskell



Resposta do SAC: <contato@haskellcosmeticos.com.br>

"[...] alguns dos nossos produtos contêm matérias-primas de origem animal, por oferecerem um resultado diferenciado nos cabelos e por ainda não haver no mercado matéria-prima vegetal que as substituam.

Para orientá-la de acordo com sua dúvida, segue abaixo a lista de produtos que não utilizam em sua formulação matérias-primas de origem animal:

Linha Ervas
Para cabelos oleosos: Jaborandi (shampoo, condicionador e máscara (jaborandi e hortelã)
Para cabelos normais: Erva-Doce (shampoo e condicionador)
Para cabelos mistos: Alecrim (shampoo e condicionador)

Linha Nutritiva
Para cabelos danificados: Quina Rosa (shampoo e condicionador)

Linha Terra
Para cabelos quebradiços: Manteiga de Karité & Cupuaçu (shampoo, condicionador e máscara)
Para cabelos opacos: Mandioca (shampoo, condicionador, Express Dose Danificados e Defrizante)
Para cabelos afro: Mandioca Afro (shampoo, condicionador, lissdrat)

Para loiros e grisalhos: Ametista (shampoo, condicionador e leave in)

Tratamentos: Shampoo Argan, Shampoo Pós Progressiva, Condicionador Pós Progressiva

Para todos os tipos de cabelo: S.O.S Verão (shampoo e creme) / Shampoo Indicador

Finalizadores: Nectavita Jaborandi, Nectavita Bananeira, Óleo de Argan, Reparador de Pontas, Óleo de Argan, Sérum pós Progressiva, BB Cream e Express Mandioca 30 ml, Calda de Lichia (Linha Volume Control), Leite Resgat Total, Leave In Color Revive."

40 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Néa,
      Eu também adoro! Eles são bons cremes base e já me ajudaram a proteger o cabelo em piscina e água do mar.
      Beijos

      Excluir
  2. Sensacional!! Ótimo post, ajuda bastante, obrigada! <3 Você não sabe da Acquaflora ou da Haskell? Se eu não me engano, a Acquaflora não usa ingredientes de origem animal, mas não lembro bem porque nenhum produto deles é liberado pra low, daí eu desapeguei mentalmente dessa informação. rsrsrrs
    Espero ansiosa pelos próximo posts dessa série!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      O SAC da Acquaflora mente demais, não confio muito. E eles usam ingrediente de origem animal sim. A Haskell vende em farmácia? Aqui eu só vejo em perfumarias, mas já coloquei aqui caso venda em outra cidade. :)
      Beijos

      Excluir
    2. No interior do Rio vende em tudo quanto é farmácia, é infinitamente mais fácil de achar, inclusive, do que Payot, Phytoervas, Est, Farmaervas e essa linha da Granado. rsrsrsrsrs Às vezes a empresa é carioca, não sei. Beijos!

      Excluir
  3. O blogger tá boicotando meus comentários em todos os blogs affff.

    Achei o post excelente! Eu geralmente uso os da phytoervas porque são os mais baratos e fáceis de encontrar por aqui. Procurei em tudo que é lugar (físico) a linha botica, da bioextratus e não achei. Você já viu os da Origem, da Nazca?

    :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, algumas pessoas reclamam mesmo. Dá erro comigo de vez em quando no celular..
      Aqui é super fácil achar Bioextratus. Ainda não procurei saber sobre a Nazca, mas já mandei um e-mail pra eles questionando! É fácil de encontrar por aí?
      Beijos

      Excluir
    2. Era facílimo! Mas ultimamente sumiu das prateleiras. Achei a botica num supermercado aqui perto, mas achei bem carinho. Acabei comprando o amarelinho da linha botanique da Vizcaya, que é bem mais barato que o da Bioextratus. Diz que é pra cabelo fragilizado, sei lá, mas comprei porque gostei do cheiro. hehehehe

      Excluir
    3. Tipo, achei caro porque é cheio de quimica nociva e o preço é superior a grande parte dos shampoos orgânicos. Se é pra usar shampoo cheio de química, que seja pelo menos barato. haiusohdia

      Excluir
    4. Engraçado isso, porque os produtos Botica por aqui custam mais ou menos 14 reais, já os orgânicos costumam ser mais caros que isso. Eu cheguei a testar e não curti muito porque ressecou o meu cabelo, mas o cheiro é ótimo. Depois me conta se gostou do shampoo da Vizcaya. Estou curiosa pra saber se ele resseca ou não. Já sei a máscara Botanique e adorei!

      Excluir
    5. Aqui tava na faixa dos 26/28, juro! Se fosse 14 reais, teria comprado. O da Vizcaya foi nessa faixa. Eu ainda não tenho uma opinião sobre ele, mas quando eu tiver, te falo.

      Excluir
  4. Ameiii!! Irei anotar e colocar na bolsa para quando for à farmácia e lojas de cosméticos!! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Tinha que ter alguém pra fazer um aplicativo com essas informações, né? hahaha
      Beijos

      Excluir
  5. eu tava super empolgada com esse mega spray da bioextratus de queratina vegetal mas ouvi falar de uma vegana q contém lanolina, então é bom dar uma olhada na composição antes de comprar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena... também tava gostando da ideia. Obrigada pela informação! Já coloquei um aviso pra verificar o rótulo.

      Excluir
    2. Eu olhei na farmácia essa semana e achei lanolina nesse mega spray sim.

      Excluir
  6. Gostei muito da publicação! Só faltou OX e Vult, que pelo menos por aqui são facilmente encontrado em farmácias e mercados. Só fiquei com uma duvida, esse produtos além de não fazerem uso de composto animal, também são cruelty free?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anita, que bom que gostou!
      Eu não coloquei OX porque a empresa pertence à Friboi! E eu tenho uma antipatia com isso. Mas a marca não testa e possui alguns produtos sem ingredientes de origem animal. Já a Vult, eu não sei se os produtos para cabelos são veganos. Vc já procurou saber sobre eles?

      Um produto para ser vegano significa que ele não foi testado em animais nem possui ingredientes de origem animal. Logo, por se tratar de um blog vegano, eu jamais postaria qualquer marca que faça testes em animais.

      Excluir
    2. Só pelo fato da empresa pertencer a outra que é o inverso da politica... Já é motivo suficiente para descarta-la.
      Não adianta aderir parcialmente a causa. Não como empresa.
      Bom saber que a OX pertence a Friboi, já risquei da lista de possibilidades!

      Obrigada e excelente trabalho. Continue com o belo trabalho.

      Excluir
  7. Oi Eliana!
    Muito bom o post, bem instrutivo! :D

    Eu estou gostando bastante da nova reformulação da Phytoervas, agora sem sulfatos e tal.
    Só não entendi pq eles retiraram a informação sobre ser um produto sem ingredientes de origem animal, sendo que aparentemente não tem nada no rótulo que seja mesmo ué. :(

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jess, que bom que gostou! :)
      Pois é, também quis testar os produtos da Phytoervas, já que eles são acessíveis. Mas depois que eu vi que tiraram a informação de que eram isentos de ingredientes de origem animal, desanimei. Alguns levam queratina hidrolisada e aminoácidos da seda. :/
      Beijos

      Excluir
  8. Ola Eliana!
    Voce indica algum shampoo que não seja sem sal?
    Obrigada Bjs

    ResponderExcluir
  9. Mas que trabalho incrível esse seu! parabéns por tanta pesquisa e cuidado e carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lívia! Fico feliz que esteja gostando!

      Excluir
  10. Oi Eliana!
    Adoro vir no seu blog procurar por produtos por que sei que posso confiar! Mas tenho uma pergunta: A Haskell testa em animais? Há certo tempo li em algum lugar que a marca testava, mas agora que vi o seu post fiquei em dúvida.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Júlia! Obrigada :D
      Eles me disseram por e-mail que não testam em animais. Mas concordo que deveriam escrever isso no rótulo e ter o nome divulgado na lista do PEA.
      Pela página do facebook tem uma resposta deles: https://www.facebook.com/haskelloficial/posts/179418245476386
      E vc pode mandar um e-mail pro sac questionando isso: http://www.haskellcosmeticos.com.br/contato/fale-conosco/

      Nunca li sobre a marca fazer testes em animais. Vc consegue lembrar onde leu?
      Beijos

      Excluir
  11. Eliana,vc já testou o yamasterol? Sempre tive vontade pra saber se é bom. Adoro o shampoo antiqueda da phytoervas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana, todo mundo diz que o Yamasterol é ótimo, mas pra mim ele não faz efeito. Eu só uso como protetor antes de entrar na piscina ou mar.
      Então o antiqueda da Phytoervas faz efeito em vc? Muitas me perguntam a respeito de um shampoo antiqueda vegano, mas não sei recomendar porque não tenho problemas de queda. Bom saber! :)

      Excluir
  12. Olá, Eliana, tudo bem?
    Primeiro, gostaria de parabenizar pelo blog e, em especial, pela matéria.
    Você conhece a marca Vizeme? Uma atendente de uma loja de cosméticos me informou que eles não testam em animais, e confirmei pela lista da PEA. Além de ser bem acessível, é fácil de ser encontrada.
    Obrigada pelas informações que se dedica a nos passar, tem me ajudado muuito!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cíntia! Muito obrigada! :)
      Não conheço a Vizeme, mas vou procurar saber se são veganos. Vc já testou algum produto?
      Beijos

      Excluir
  13. Achei o blog ha pouco tempo, mas ja tem me ajudado muito!
    Acho só que falta complementar a informação sobre alguns produtos, no que diz respeito aos parabenos, sulfatos e afins. Baixei um app chamado "Think Dirty"e outro "deep skin". Em ambos tem informaçoes sobre ingredientes cancerígenos e tóxicos que estão presentes também em cosméticos veganos. Além de nos preocuparmos com ingredientes de origem animal e testes cruéis, preocupação com nosso bem estar também é fundamental.

    Procure saber sobre os aplicativos, tem cancerígenos onde a gente nem imagina!


    ResponderExcluir
  14. Oi Eliana,
    Adorei seu post me ajudou muito, mas olhando no site a linha Botica Cachos tem derivados de animais

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jessica,
      No site diz que NÃO tem derivados de animais:
      http://bioextratus.com.br/sublinhas/botica-cachos/

      "FÓRMULA LIVRE: sulfatos, parabenos, óleos minerais, parafinas, derivados animais, corantes e silicones (a máscara possui silicones solúveis sem build up e todos os outros produtos são totalmente livres de silicones solúveis e insolúveis)."

      Excluir
  15. Oi, Eliana! Parabéns por contribuir de modo tão significativo com o veganismo. Eu comprei o leave-in da Haskell de mandioca e lendo o rótulo dele ,consta q tem mel... Eu tô doida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Obrigada! :)
      Pelo que eu entendi da resposta, da linha de Mandioca, apenas o shampoo, o condicionador, o Express Dose Danificados e o Defrizante são veganos. A máscara e o leave in não são. Pena né? :/

      Excluir
    2. Os produtos da linha de mandioca são esses: http://www.haskellcosmeticos.com.br/produtos/mandioca/

      Excluir
  16. Obrigada pelas dicas, muito legal da sua parte <3

    ResponderExcluir
  17. Mas ainda sim não entendi, porque raios comprar qualquer produto dessas marcas que se dizem veganas, se ainda sim tem um ou outro produtinhos que não é vegano??? Não faz sentido isso gente! Não existe nenhuma marca que que TODOS OS PRODUTOS sejam 100% veganos?? Porque o que adianta, usar um produto que se diz vegano, mas uma outra linha daarca tal não é vegana?? Isso não ajuda em nada, o dinheiro vai pro mesmo jeito pro ralo, é difícil ser vegana nesse mundo cruel 😔😔

    ResponderExcluir