domingo, 4 de agosto de 2013

"Fui convidada para um churrasco, e agora?"


Você não come carne. Uma situação bastante comum é quando um colega, amigo ou familiar faz um convite para um churrasco. Todo vegano e vegetariano já passou ou vai passar por essa situação constrangedora. Muitos tem dúvidas sobre como devem lidar com o convite. 

Deve dizer: "não, obrigada, não como carne"? Mas um churrasco não é apenas comida, é um evento social.

Apesar de eu achar a decisão pessoal, vou fazer uma abordagem a partir das situações prováveis de acontecer. Existem outras situações que merecem atenção e cuidado, como natal, ir a restaurantes com a família, colegas ou amigos, viagens, mas abordarei esses temas especificamente no futuro. 

O que fazer quando nós somos convidados a ir a um churrasco? A minha opinião pessoal é: não ir. Eu não me sinto a vontade participando de um evento 100% baseado em pessoas se divertindo às custas de pedaços de animais, se divertindo às custas da tortura alheia. Nesse caso, há duas saídas: uma é dizer na cara que você é vegano e que não tolera esse tipo de festa que faz apologia à carne. Outra é inventar uma desculpa esfarrapada, tipo "não estou me sentindo bem hoje".

Infelizmente, eventualmente não há como não ir (situações profissionais, por exemplo). Ou então, pode haver um desejo muito grande de participar do evento social, como um encontro de uma antiga turma de escola ou aniversário da avó idosa.

Caso a escolha seja por participar, a principal preocupação do vegano deve ser: não queimar o filme! Não seja o bobo da festa que só come arroz com salada enquanto todos se divertem comendo as mais diversas comidas saborosas. 

O vegano será o centro das atenções. Todos os presentes, ao saberem que vc é vegano, farão a pergunta: mas o que vc come? E, por terem pouco conhecimento sobre como é a vida e alimentação de um vegano, ficarão te observando. Preconceitos virão à tona, como "tem uma saladinha ali de alface com azeitona que vai te agradar. Enquanto isso eu vou me deliciar nessa picanha!". Como poucas pessoas conhecem e simpatizam com o veganismo, as suas atitudes serão fundamentais para diminuir o peso negativo que existe sobre o tema, ou então vc irá apenas reforçar estereótipos negativos e, com isso, afastará ainda mais as pessoas.

O que fazer pra não queimar o filme? 

Existem 2 tipos de churrasco: o churrascão na casa de alguém ou em uma churrascaria. Como a ideia é evitar situações que queimem o filme do veganismo, ir em churrascaria não vai ajudar muito. Vc não vai poder levar lanche de casa. Resultado: só vai sobrar aquele bufê com azeitona a palito e palmito em conserva, o que reforçará o estereótipo negativo de que a alimentação vegana é restritiva, só resta salada pra comer, que veganos se contentam em almoçar palmito com tomatinho cereja... Como não há nada que o vegano possa fazer para evitar essa situação embaraçosa, o melhor a fazer é não ir! Evite a todo custo se colocar nesse tipo de situação!



Mas por outro lado, caso decida ir num churrasco na casa de alguém, aí já dá pra fazer algo (preparar rangos em casa e levar).

Sugestões de comidas para se levar em um churrasco: 

- Espetinhos vegs (o Flavio do Vegetari Rango fez um vídeo super divertido com receita de espetinhos)
- Espetinhos de PVT (receita do Cantinho Vegetariano)
- Tempeh (outro vídeo divertido, agora do Vegan Zombie em inglês, preparando tempeh)
- Dicas do Vista-se
- Mini Búrgueres de Soja e tofu defumado da Samurai
- Maionese vegana (Superbom)
- Farofa (Yoki ou farinha de mandioca)
- Pão de alho (receita do Cantinho Vegetariano)
- Cogumelos, pimentões, batata, abobrinha, milho, beterraba, aspargos, cebola, berinjela etc




Conclusão: o vegano é a maior propaganda do veganismo que existe. Não adianta falar da tortura de animais quando a solução apresentada é comer azeitona. O veganismo tem de ser atrativo e é aí que a atitude correta do vegano pode ajudar. Não adianta nada vc ser um vegano 100% puritano, de bem com a sua consciência, enquanto as suas atitudes no final das contas acabam afastando as pessoas do veganismo. O resultado será uma pessoa com a consciência tranquila e outras trilhares de pessoas se sentindo repelidas pelo veganismo e, consequentemente, mais animais sofrendo. Se o objetivo for salvar animais, é necessário mais pessoas veganas, e para isso precisamos da propaganda correta. Demonstrar a viabilidade do veganismo através das nossas ações é mais efetivo do que belos discursos seguidos de uma péssima propaganda. E eu não vejo propaganda pior que aceitar comer arroz com vinagrete em público, enquanto outros se divertem comendo animais.

Obs: Se for levar comida, prepare-se para dividir com os outros. Muitos se interessarão em experimentar a comida vegana.

17 comentários:

  1. Oi Eliana!

    Eu acho um saco essas situações e fujo como posso. Mas quando são situações em família eu vou e levo um super almoço. Sempre vem uns olhos gordos xeretar minha comida e perguntar o que eu estou comendo...haha. Aí sempre falam que a comida está com uma cara boa, mas que não vivem sem carne ¬¬. Bem que podiam variar as frases pra dar mais ânimo de responder.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi,
      É muito chato isso de todo evento social ser churrasco. Infelizmente temos que aprender a lidar!
      Conheço bem essa do "não vivem sem carne", mas adoram nossas comidinhas veganas.
      Já passei por situações onde toda a comida que eu levei acabou porque vários não veganos comeram e eu fiquei sem!

      Excluir
    2. Oi Eliana!

      Hahaha...também já me deixaram sem comida. Atualmente eu não deixo mais comerem tudo, só dou uma provinha..rs

      Excluir
  2. Nossa, situação péssima...nós só vamos se for coisa em família...de outros não vamos se nos convidam para churrasco...é claro que é difícil evitar lugares com carne, almoço em família, etc...mas quando podemos evitar sentir principalmente esse cheiro de churrasco, nós evitamos...mas em família eles sempre fazem algo pra gente...
    Eliana, você mora em BH? Então você pode procurar a Taís! Ela atende no Bairro Palmares! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cibele, tenho que esperar minhas sobrancelhas crescerem. Se é que elas vão crescer um dia. Do jeito que tá, não tem nada que ela possa fazer. Mas se ficarem cheias, vou procurar ela mesmo!
      Eu amo cheiro de churrasco, mas na mesma hora associo com os animais e começo a ficar mal. Minha família é super carnívora, nunca lembram de mim! E quando lembram fazem comidas com queijo... aff. Por isso evito ir em churrasco, mas se eu vou, levo a minha comida.

      Excluir
  3. Eu, sinceramente, fujo de todo jeito. Odeio ambiente de churrasco, eu não ia pra churrascaria nem quando eu comia carne, achava que aquilo extrapolava muito os limites, achava horrível. Eu só participaria de um evento desses se fosse pela família. Mas, graças a Deus, parte de nossa família, minha e do maridão, é vegetariana e ainda se esforça pra oferecer uma opção vegana pra gente! bom né? que sorte...
    Agora, como assim? você levou seu rango pro churrasco, o povo comeu e você ficou sem? que mundo injusto! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deise,
      Vc tem sorte de ter a família vegetariana e compreensiva! A minha não é muito não (só meus pais, que também não comem carne).
      Eu também evito ao máximo ir em churrasco, acho que veganos deveriam passar longe! Já aconteceu de comerem minhas comidas, sem saber que eram minhas. hahah aí fiquei sem... :/ e depois quem comeu ainda comeu carne. Mundo injusto mesmo!

      Excluir
  4. Oi Eliana!
    Muito legal a postagem, muitas vezes ficamos no impasse né? Acho muito boa a idéia de levar nossas próprias coisinhas pro churrasco, eu sempre faço isso e acaba no mesmo que você, as pessoas que comem carne devoram minha comida e fico sem, hahaha, é o fim né?

    Não só em churrasco, mas também acontece muito em eventos da faculdade e almoço em família! Mas isso é também um bom sinal né? Minha comida é apreciada por qualquer tipo de pessoa, haha.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jess,
      Obrigada :D
      Eu também acho bom que experimentem minhas comidas, por isso aprendi a levar sempre mais, principalmente se é algum doce, o pessoal devora mesmo!
      Beijos

      Excluir
  5. Depende muito, eu moro com pessoas que amam carne e sempre deixam aquela fumaça de cheiro pesada na cozinha ou até mesmo quando fazem churrasco. Eu não comia muita fruta, muito menos vegetais e etc... então acho que isso espanta um pouco meu pai, até mesmo quando ele experimentou uma pizza com brócolis bem gostosa. Em ocasiões como churrascos, eu participo pelas pessoas e acho que não é se excluindo do lugar que a gente dá uma boa impressão, eu quero mostrar pros amigos em comum que você pode ter suas escolhas e não virar uma cabeça fechada por causa disso. Quando o churrasco entre amigos é preciso levar carne ou coisa do gênero, apenas falo: Posso levar outra coisa? eu não como carne e pronto. Se eles não me respeitarem aí sim terei motivos suficientes de não querer compartilhar minha companhia com eles. E até quando me perguntam porque parei de comer carne eu não me estendo porque sei que vai gerar discussão apenas falo: porque quis (dependendo da pessoa). Eu acho que não devemos se excluir e nem evitar de ficar tentados se esse for o medo de algumas pessoas, você tem sua escolha independente do lugar. Sai com meu pai uma vez e na hora do almoço comi bem até num daqueles lugares que tem pratos combinados.. falei que não queria carne..e me trouxeram uma salada com cebola e beterraba, arroz, feijão.. tudo uma delícia. Bem vai de cada um, mas eu não quero me isolar por essa minha escolha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também concordo que não devemos nos isolar. Mas cada um deve analisar o convite e ver como se sente. Tem gente que se sente tão mal vendo tanta carne, tanto animal morto sendo banalizado, que prefere não ir. Pessoalmente eu não curto ir em churrascos, mas abro exceções dependendo da situação. Nesse caso, eu acho que os vegetarianos/veganos devem levar a comida de casa. Ao invés de ficar no suco de laranja enquanto todos comem picanha, devem levar comidas gostosas e surpreender os carnívoros. Se for pra ir à uma churrascaria, por exemplo, e comer o buffet de salada (palmito, milho e ervilha), eu acho o fim, acho a maior queimação do veganismo. Nesse caso, é melhor nem ir e passar como ET. Mas, é claro, a minha opinião.

      Excluir
  6. Menina.

    Amei este blog, principalmente a frase: "O vegano é a maior propaganda do veganismo que existe"
    Noto que existe um preconceito social contra vegetarianos e veganos, e este preconceito é reforçado pelo comportamento de alguns.
    Todo mundo pensa que o vegano é um alienada que come mal, veste-se mal, anda por aí sem sutiã e nem passa creme no rosto.
    A maior parte dos veganos é gente comum, só temos uma filosofia de vida na qual pensamos no bem estar de todos animais.
    E seu blog faz um trabalho excelente desmistificando a lenda do vegan.

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flora,

      Obrigada pela mensagem! :) Concordo com tudo que vc falou.

      Minha intenção com esse blog é desmitificar a imagem de vegano "kumbaya" que existe.. Nada contra quem é, mas é legal saber que veganos podem levar uma vida totalmente normal, tendo apenas que fazer algumas substituições. Quando as pessoas perceberem que dá pra continuar comendo hambúrguer, cachorro quente, pizza, doces etc, fica muito mais fácil convencer as pessoas. Não gosto de quem manda substituir carne por legumes. Tem milhares de alternativas gostosas veganas por aí!
      Quanto aos cosméticos, é a mesma coisa. Prova disso são os produtos que eu mostro aqui!
      Beijos

      Excluir
  7. Bacanas as dicas. Estou passando por isso agora,meu veganismo é recente! Bom compartilhar com as pessoas as nossas situações e sabermos que não estamos sozinhos! \o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Priscila! Boa sorte e parabéns pela decisão! Qualquer dúvida que eu puder ajudar, pode me perguntar!

      Excluir
  8. Saudaçoes!
    Tenho uma curiosidade sobre ser vegano.
    Vou citar o BOI. Dele se faz: cotantes, tintas, desivos, medicamentos,gelatina, escovas, doces, confeitaria, giz de cera, creme de barbear, shampoo, creme anti-idade,cordas de instrumentos, bola de tênis, filme de fotos e etc etc etc..
    Pergunto: Vcs. conseguem viver sem nenhum destes itens?!
    Ou...conseguem saber qual produto teve origem ANIMAL, para poderem não comprar?

    Att.
    J.Pereira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://veganagente.com.br/onde-esta-a-ilusao-resposta-a-imagem-produtos-a-base-de-gado/#.WJEG51MrK70

      Excluir